Resenha

[RESENHA] “Todas as suas (im)perfeições”, de Colleen Hoover por Galera Record – @galerarecord @colleenhoover

Boa noite!!!

Pra mim, um livro para ser bom, precisa fazer com que eu sinta pelo menos um pouco da emoção e sentimentos dos personagens, e isto é algo que sempre acontece quando leio livros da Colleen Hoover.

Foi difícil segurar a emoção, de querer entrar no livro e abraçar os protagonistas em alguns momentos, e dar uns tapas neles em outros.

Agora vem comigo pra saber o que achei de tudo que encontrei aqui, na resenha completa logo abaixo.

 

 

Uma história de amor perfeita é suficiente para manter vivo o casamento entre duas pessoas imperfeitas? Quando a dança começa, a sincronia é perfeita, os passos seguem o ritmo, as mãos não se soltam, os olhos jamais se deixam. Mas a música pode acabar a qualquer momento… É possível valsar no silêncio? Quinn e Graham se conhecem no pior dia de suas vidas; ela chega mais cedo de uma viagem para surpreender o noivo, ele testemunha a traição da namorada. E é assim que ambos acabam no corredor de um prédio, trocando confidências, biscoitos da sorte e palavras de conforto. Fim da dança… se o destino não tivesse outros planos para os dois. Meses mais tarde, os acordes tocam para o casal mais uma vez e eles se reencontram. Graham está convencido de que são almas gêmeas. Quinn jamais se sentiu dessa forma antes. A intensidade do sentimento os assusta, mas, ainda assim, eles mergulham de cabeça.O casamento é tudo o que sonhavam, a parceria perfeita. Mesmo nos momentos difíceis, sabem que podem contar com o outro. Nenhum deles desiste do amor que sentem. Até que a primeira nota dissonante abala a sinfonia do casal. Quinn parece estar disposta a trocar tudo o que é pela única coisa que não consegue ser: mãe.

Se você iluminar apenas as suas imperfeições, todas as suas qualidades ficarão na sombra.

Difícil encontrarmos livros que abordem o assunto de casais que estão tentando ter filhos e não conseguem, e principalmente que retratem todas as angústias e tristezas que a mulher passa a cada tentativa mal sucedida.

Quinn e Graham são  nosso casal de protagonistas, na verdade existem horas em que existem dois casais na história, pois o livro mostra o “antes“, com eles se conhecendo, e o “agora“, que é o casal que está se distanciando cada vez mais por não conseguirem ter filhos.

Quinn e Graham se conheceram em um péssimo momento: ela sendo traída pelo noivo, e ele pela namorada. Contra todas as probabilidades possíveis, este encontro deixa marcas bem mais profundas que as traições que ambos descobriram. Juntos, eles vivem situações únicas, se apaixonam e vivem um pelo outro.

Nos dias atuais, Quinn é uma mulher frustrada, porque não consegue engravidar, e acaba se afastando cada vez mais de Graham, que parece fazer o mesmo. Pra ela até mesmo o sexo se torna um martírio, pois a cada relação não consegue sentir prazer por imaginar que poderá estar engravidando naquele momento. Por isso, ela vai se deprimindo e se distanciando cada vez mais, por não aguentar sofrer a cada 28 dias.

As pessoas acreditam que um casamento só termina quando não há mais amor. Quando a raiva suplanta a felicidade. Quando o desdém substitui a alegria.

Pra completar, o casal não pode adotar, na verdade acabam nunca sendo escolhidos por algo do passado de Graham.

Vi muita gente que leu o livro falando que sentiu raiva da Quinn, não vou mentir porque senti também por ela estar colocando seu casamento e sua felicidade em risco. Mas quando se passa ou passou por algo parecido ao que ela passa, só dá vontade de abraçá-la, e dizer o quanto a entende.

Também senti raiva de Graham, porque ele precisava fazer alguma coisa, precisava sacudir Quinn e dizer “eu estou aqui“. Assim como Quinn, ele também erra no relacionamento deles, principalmente por deixar ela achar que o casamento deles acabou.

Enquanto no início de tudo o casal lidava com a mãe dela não aceitando muito bem eles juntos, no tempo presente eles vivem situações bem mais complicadas.

Devo dar um ponto extra para a amizade de Quinn com sua irmã, Ava. As duas se entendem perfeitamente bem, e Ava é uma espécie de porto seguro para a irmã.

É o tipo de história em que só lendo pra sentir toda sua carga dramática, toda sua emoção.

Dos livros que li de Colleen Hoover até o momento, este é o casal de protagonistas mais “maduro“, pelo menos em questão de idade.

Gostei dos temas abordados, de como a autora encaixou situações reais a vida dos protagonistas. Isso sem falar em como ela conseguiu dar um desfecho a todo o drama vivido na história.

A única coisa que senti falta foram de capítulos narrados por Graham.

 

 

Participe do comentário premiado de novembro clicando aqui

 

 

3 comentários em “[RESENHA] “Todas as suas (im)perfeições”, de Colleen Hoover por Galera Record – @galerarecord @colleenhoover

  1. Oiii ❤ Eu amo os livros da Colleen Hoover, exatamente por ela conseguir fazer a gente sentir o que os personagens estão sentindo.
    Achei bem original a forma como os personagens se conhecem.
    É muito triste que Quinn esteja mal por não conseguir engravidar e que sua relação com Graham esteja
    Espero que o casal possa superar as dificuldades no casamento e finalmente terem um bebê.
    Com certeza vou querer fazer essa leitura em breve.
    Beijos ❤

  2. Nossa Renata!
    Como me identifiquei muito com algumas partes desse enredo.
    Nunca pude ter filhos biológicos e isso mexe com a gente, ficamos frustradas, mas no meu caso, tive muito apoio do ex marido e acabei adotando o filho dele que hoje é um dos meus filhos queridos. Sem contar que minha irmã foi minha maior amiga, companheira e apoiadora, somos assim até hoje.
    Tenho certeza que vou me emocionar muito com esa leitura.
    cheirinhos
    Rudy

  3. ola RENATA ainda não li nada dessa autora tão bem elogiada mas tenho muita vontade
    Vi muitas resenhas positivas desse romance

    tive a oportunidade de comprar esse romance numa loja de departamento de minha cidade mas o preço estava caro
    ESPERO poder adquirir agora na BLACK FRIDAY pois gostei muito da premissa do livro
    gosto desse tipo de enredo
    bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s