Parceria · Resenha

[RESENHA] “Confie em mim”, de Cinthia Freire

Boa noite!!!

Cinthia Freire mais uma vez me emocionando e fazendo com que eu quisesse entrar nas páginas do livro e roubasse seus personagens pra mim

Uma história diferente de tudo que já li, com dois protagonistas igualmente únicos.

Confiram abaixo a resenha completa.

Depois de quatro anos longe de casa, finalmente estou de volta, pronta para tomar as rédeas da minha vida e cumprir minhas promessas. Tudo estava sob controle, até que meu pai o encontrou na estrada, desacordado e muito machucado.

Prometi cuidar dos seus ferimentos até que esteja pronto para ir embora, mas no instante em que ele acordou eu soube que nada mais seria igual.

Ele é misterioso, quieto e muito observador. A forma como seus olhos sempre estão sobre mim me incomodam, mas também me atraem de um jeito assustador. Eu não confio nele, mas agora já não tenho certeza se quero que ele vá embora.

Durante toda a minha vida fui ensinado a respeitar as regras. Elas são importantes, fazem com que o certo seja claro como o dia e o errado seja escuro como a noite.

Elas existem para nos guiar.

Eu sempre segui as regras, até que algo terrível aconteceu e precisei tomar uma decisão: continuar como estava e permanecer na escuridão ou quebrá-las e seguir a luz.

Eu as quebrei.

Agora estou aqui sozinho, assustado e tão machucado como nunca estive, mas ainda estou vivo.

Graças a ela, a garota das mãos suaves e dos olhos acolhedores que sempre estão me analisando, mesmo quando sinto que tudo o que ela quer é fugir. Ela não confia em mim. O problema é que eu também não confio nela.

Compre aqui

Mas não devemos aceitar que a tristeza vire rotina, a tempestade é necessária para preparar o solo, mas precisa-se plantar para ter o que colher, ou seja, um dia triste nada mais é do que a preparação para uma nova fase.

Começo essa resenha morrendo de medo de soltar algum spoiler, porque a magia dessa história, além do lindo romance que ela traz, é descobrirmos seus mistérios.

Cinthia Freire é fera no quesito pisotear nossos coraçõezinhos e nos fazer ficar com a cara inchada de tanto chorar. Mas aqui, ela escreveu algo totalmente novo, sem deixar a emoção de lado, ao mesmo tempo em que há todo um tom de mistério no ar.

O silêncio às vezes é a melhor resposta quando não somos capazes de compreender o que está acontecendo dentro de nós.

Quando comecei a leitura, as perguntas em minha mente não paravam: “Quem é Ezra?” “De onde ele veio?” “O que aconteceu com ele?” Essas foram apenas algumas das várias perguntas que iam surgindo.

Ezra surge praticamente “pra morrer” na vida de Cora e seu pai, Neto. Mesmo não sabendo nada sobre o rapaz, eles acabam lhe abrigando e salvando sua vida.

Cora é o que a sociedade chamaria de fora dos padrões, e ela se sente muito bem exatamente por isso, por amar seu corpo. Algo que gostei nela foi isso: ela não ficava se martirizando pelo seu manequim.

Cora está de volta ao lugar onde cresceu, após passar quatro anos fora estudando. Agora, formada, ela quer poder retribuir tudo que o pai fez por ela, principalmente ajudando a salvar as terras de onde vem o sustento deles.

Neto é um homem que já passou por muitas perdas na vida, mas mesmo assim, procura sempre fazer o bem e acreditar no melhor das pessoas.

Ezra… meu coração se enche de tantos sentimentos ao me lembrar dele, de como foi encontrado por Neto. Um rapaz com uma visão diferente, a forma em que ele enxerga algumas coisas me tocaram fundo o coração. Foi impossível conter as lágrimas com seus relatos e lembranças.

Ezra e Cora vivem uma história única, tão linda e tão sofrida. Cora se mantém forte, vence seus próprios medos, e tudo isso para ajudar a manter Ezra de pé.

— Gosto de noites estreladas.

— Eu também gosto, são minhas favoritas.

— Elas sempre me fazem pensar que nem tudo aquilo que amamos podemos tocar.

Aqui não encontramos uma mocinha em perigo, e sim uma girl power com toda a força da palavra.

Embora eu já tivesse algumas desconfianças, foi um choque o desenrolar da história e desvendar os mistérios de Ezra. Sem falar, que quando achei que tudo estava resolvido, vieram mais surpresas à tona.

Não tenho palavras pra expressar o que é essa história, que é totalmente diferente de tudo que já li. Foi emoção, amor, raiva e alegria meus sentimentos ao longo da leitura.

Só posso parabenizar Cinthia Freire pela história fantástica que ela escreveu.

Amar é isso, é confiar, é dividir nossos segredos sem temer o julgamento porque ele não virá, amar é ficar sem comer se for preciso, é limpar feridas e segurar a mão, amar é ir contra tudo o que aprendeu porque, de repente, nada mais faz sentido além daquela pessoa.

 

Amar é se sentir completo na presença do outro.

 

 

Participe do comentário premiado de outubro clicando aqui

 

6 comentários em “[RESENHA] “Confie em mim”, de Cinthia Freire

  1. ola
    ainda nao conheço a escrita da autora e patece que ela co segue mexer muito com as nossas emoçoes
    a sua resenha me deixou muito curiosa para saber mais desses personagens

  2. Ahhh…. que livro fofo. Agora fiquei curiosa para saber de onde veio Ezra e o que aconteceu para ele estar no lado da estrada desacordado.
    Quero saber como a autora abordou o processo de confiança entre os personagens, já que nem ele nem ela confiavam um no outro.
    Certeza que esse livro foi para a minha lista de leitura, e espero me envolver nele como me envolvi na sinopse.

  3. Que resenha linda Re, muito obrigada por permitir que Ezra e Cora conquistassem o seu coração. ❤

  4. Oiii ❤ Só de ler a sinopse já sinto que preciso ler esse livro. Tudo sobre ele chamou a minha atenção. Eu adorei o fato da história ter uma mocinha girl power e que aceita o seu corpo como ele é e isso é algo que não se encontra em todas as mocinhas.
    Estou tão curiosa para saber o que aconteceu com Ezra para que ele quase morresse e saber mais sobre o seu passado. Já prevejo que será emocionante descobrir tudo isso.
    Quero tanto conhecer a história de Cora e Ezra, vou amar ler esse livro.
    Beijos ❤

  5. Olá! ♡ Eu adoro essa capa, já me deparei com esse livro mais de uma vez e continuo apaixonada por esse capa linda ♡
    Ainda não tive a oportunidade de ler algo da autora, mas conheço a fama dela de criar histórias de partir o coração.
    Logo de cara já adorei a Cora! Acho muito importante que os livros retratem personagens como a Cora, que se amam da maneira que são e que não se importam com os padrões da sociedade, para mostrar as pessoas a importância de nos amarmos e aprendermos não ligar para o que a sociedade dita.
    Estou curiosa para saber que mistérios são esses que envolvem o Ezra.
    Parece uma história repleta de emoção e segredos. Já quero conferir!
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

  6. Renata!
    Tão bom podermos ler um romance diferente diante de tantos livros no gênero que são mais do mesmo, concorda?
    Fiquei curiosa para saber sobre Ezra e toda sua história e para curtir esse romance diferenciado entre ele e Cora.
    cheirinhos
    Rudy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s