Parceria · Resenha

[RESENHA] “Um dorama para chamar de meu”, de Marina Carvalho por Astral Cultural – @MariCarvalho_01 @AstralCultural

Boa noite!!!

Hoje vamos falar sobre o novo livro de Marina Carvalho. E que livro!

Uma história que me prendeu e me deixava mais intrigada a cada capítulo. Seus protagonistas são nada mais que maravilhosos.

Confiram abaixo a resenha completa.

“Mesmo se eu já não estivesse louca por Joaquim, terminaria apaixonada por ele…” Marina Pena orgulha-se de seu trabalho como assessora de comunicação e não é qualquer pancada da vida que a derruba, afinal, ela é uma mulher forte, independente e, além de tudo, lutadora de boxe. Nem mesmo a nova missão a que foi designada é capaz de fazê-la ser nocauteada: assessorar Joaquim Matos – ou Yoo Hwa-In –, o fotógrafo sul-coreano, autor de coletâneas de fotografias, durante a turnê de seu último lançamento. Em uma história cheia de romance, reviravoltas emocionantes e cenas dignas de novelas orientais, nasce um vínculo entre o artista e a assessora, Mariana e Joaquim precisarão não apenas aprender a lidar com as diferenças culturais como também com uma ameaça vinda diretamente do passado do fotógrafo, lá da Coreia do Sul. A vida e as tradições de Mariana e Joaquim nunca mais serão as mesmas.

Quem acompanha Marina Carvalho nas redes sociais há algum tempo já deve saber que ela se tornou uma dorameira, ou seja, uma viciada em doramas. Mas vamos ao que é dorama: são séries televisivas que se passam na Coréia, Japão ou China. E foi daí que Marina teve inspiração para escrever UDPCDM, que vem sendo bastante elogiado pelos dorameiros.

Aqui conhecemos Marina e Joaquim, em uma história que daria um belo de um dorama.

Mariana é uma mulher decidida e obstinada, que leva muito a sério sua profissão como assessora de comunicação. Além disso, quem a vê não imagina a ótima boxeadora que é, capaz de deixar no chão qualquer marmanjo.

Luto boxe há anos. Por isso, muitos acabam achando que gosto de encrenca, um estereótipo equivocado de quem aprecia esse esporte. Mas é justamente o contrário. Quando o clima começa a esquentar, prefiro bater no chão, avisando que estou me retirando da luta.

Joaquim, ou Yoo Hwa-In, é um coreano que veio ainda criança com os pais morar no Brasil. Hoje ele é um aclamado fotógrafo, tendo livros de sucesso publicados, e lotando cada uma de suas sessões de autógrafos.

Quando aceitou ser assessora de Joaquim, Mariana não tinha noção dos desafios que enfrentaria, desde achar Joaquim arrogante, até começar a achá-lo atraente.

Joaquim parece estar sempre de mau humor, e acaba muitas vezes deixando Mariana confusa com suas mudanças bruscas de humor e atitudes. E isso acaba a instigando a querer conhecer mais da cultura coreana, aprendendo (e nos ensinando) várias coisas e derrubando muitos estereótipos criados.

Como pode alguém ser carrancudo e doce ao mesmo tempo? Tímido e fofo? Totalmente imprevisível.

A medida em que a história vai avançando, e o romance entre os protagonistas tomando forma, vamos nos deliciando com expressões coreanas e significados de muitas delas, além de mergulharmos em um aprendizado sobre esse país.

O romance vai acontecendo aos poucos, de forma natural, mas capaz de nos fazer cair de amores por eles.. E como nem tudo é romance, alguns segredos de Joaquim são revelados, e isso pode colocar todos em perigo.

Além dos protagonistas, contamos com ótimos personagens secundários, como a irmã e amigas de Mari, inclusive há uma cena pra lá de engraçada lá no prólogo com todas elas 😉 Não sei se Marina pretende lançar algum spin-off, mas acredito que há grande potencial de histórias com essas garotas.

Vocês não imaginam a leitura prazerosa que este livro foi. Criei grandes expectativas com esta história, e Marina superou cada uma delas. Fiquei completamente encantada com Mari e Joaquim.

A vida me inspira. Minha câmera é meu terceiro olho. Então, faço a fusão desses elementos e me deixo levar.

Esta história me prendeu e me fez viver vários sentimentos, viajando a cada destino junto com os protagonistas.

Uma história fofa, divertida, romântica e dramática, uma receita que deu super certo aqui.

Um livro muito esperado, e com certeza favoritado.

 

Participe do comentário premiado de outubro clicando aqui

6 comentários em “[RESENHA] “Um dorama para chamar de meu”, de Marina Carvalho por Astral Cultural – @MariCarvalho_01 @AstralCultural

  1. Não conheço a escrita da Marina, mas tenha certeza que quando conhecer vou amar.
    Não li nada parecido com a temática dorama. Mas gostei da resenha e sobre o livro apresentar a história de forma natural, o que torna a leitura gostosa. Gosto quando o livro vai se desenvolvendo com calma e que não sai atropelando tudo.

  2. Oiii ❤ Eu estou muito ansiosa para fazer essa leitura, já que sou muito fã da Marina Carvalho e de sua escrita.
    Já gostei logo de cara de Mariana, achei o fato de ela ser assessora e lutar boxe, muito original. Além de que gostei da forma como os personagens se conhecerão.
    Gostei que além de ser uma boa leitura, esse livro quebra estereótipos e que podemos aprender mais sobre uma cultura tão diferente da nossa.
    Adoro quando o amor vai surgindo aos poucos entre os personagens, quando o romance é bem construído.
    Espero ler esse livro em breve.
    Beijos ❤

  3. Olá! ♡ Ahhh, eu estou apaixonada pela premissa deste livro. Eu amo a escrita da Marina Carvalho e fiquei muito animada quando soube que ela lançaria esse livro, pois eu amo doramas e já que o livro segue o estilo dos mesmos, tenho certeza que vou amar!
    Estou animada para acompanhar o romance entre Mariana e Joaquim ir se desenvolvendo. Eu gostei que o romance vai se construindo aos poucos, pois odeio quando o mesmo acontece rápido demais.
    A Marina sempre manda bem em seus livros, tenho certeza de que neste não foi diferente! Achei legal que ela se utilizou de expressões da cultura coreana, vou adorar conhecer cada uma delas.
    Essa capa está maravilhosa, já quero esse livro na estante kkkk ♡
    Obrigada pela indicação! Beijos!

  4. pla
    esse romance parece bem envolvente
    a sua resenha está otima
    PERCEBI QUE voce ficou bem apaixonada pelo romance
    E LEGAL é que o livro retrata cultura de um pais que raramente é mostrado em romances
    dica anotada

  5. Renata!
    Os doramas estão mesmo muito em moda e que bom ver que a Marina escreveu um livro baseado neles.
    Achei as personagens interessantes, mas essa mudança de humor do Joaquim, para mim é um tanto suspeita.
    Bom ver que as personagens secundárias também foram bem escritas.
    cheirinhos
    Rudy

  6. Ownt que fofos 💕 Ameiii a resenha e poder conhecer um pouco mais sobre esse dorama ❣ A capa super combina com a sinopse do livro 😻 Estou curiosa para desfrutar dessa história envolvente só de ler a sinopse 💓 Espero lê em breve, já está na minha wishlist ‼😊

Deixe uma resposta para Eduarda Silva Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s