Parceria · Resenha

[RESENHA] “Minha Garota Ideal (Amores possíveis, casais ideais Livro 4) “, de Bernadete Estanini

Boa tarde!!!

Hoje vamos falar de um romance em que a mocinha é um verdadeiro caso a parte. Pra quem curte romances de tirar o fôlego com uma mocinha empoderada, com certeza esta é a história certa.

Confira abaixo a resenha completa.

Alex é um médico cardiologista de quarenta anos, bon vivant e bem sucedido. Sempre amou a forma como a vida se apresentou a ele, regadas a noites de farras e nenhum compromisso, e mesmo sendo o único no seu grupo de amigos solteiro e descomprometido isso de forma alguma chegou a afetá-lo, pelo menos não até ocorrer um pequeno acidente de trânsito e uma jovem assustada surgir diante de seus olhos.
Gabriela uma garota meiga de vinte e três anos, apaixonada por futebol e dança. Dona de uma meiguice genuína e de um enorme coração. Numa manhã corriqueira protagonizam um encontro nada convencional e os dois sentem que além da colisão dos veículos algo dentro deles também colidiu. A amizade acontece naturalmente e com ela outros sentimentos brotam. Porém junto com eles surgem uma avalanche de problemas, no qual a diferença de idade é o menos significante. Alex terá a oportunidade de mostrar que amadureceu quando o assunto em questão é o amor e Gabi precisará muito de seu carinho e afeto para superar um doloroso golpe do destino.
Será que o doutor coração saberá acalentá-la? Ou por medo da responsabilidade ele irá deixá-la.

Compre aqui

Conheça os demais livros da série clicando aqui

A Série Amores Possíveis, Casais Ideais sempre nos apresenta histórias de tirar o fôlego, além de mocinhas empoderadas, e a mais empoderada delas até o momento é Gabriela.

Gabriela sempre pôde contar com o amor e o apoio do pai e dos avós, algo que nunca pôde com a mãe e a irmã, Graziela.

Alex é um cardiologista que só quer curtir a vida e passar longe de compromissos. Só que tudo muda com um pequeno acidente de transito, onde uma garota acaba mudando sua forma de enxergar a vida.

Apesar do susto inicial, é inegável a atração entre Gabriela e Alex. Tudo poderia ter iniciado muito bem, não fosse por um equívoco de Alex, em que acaba ficando logo com a irmã víbora de Gabriela.

Gabi é uma verdadeira caixinha de surpresas, pois é uma fera no futebol e também uma ótima bailarina. Seu sonho era poder ter seguido carreira no futebol, mas teve de deixar seus sonhos para trás graças aos caprichos de outras pessoas.

Alex acaba vendo sua vida dar uma guinada, pois nunca se imaginou apaixonado e tendo crises de ciúmes, muito menos por uma garota tão mais nova de idade, mas tão madura na forma de enxergar a vida.

Caramba, como esse homem tem presença, charme e beleza! Fora ter dezessete anos a mais e te achar uma fedelha. Disfarcei a frustração dos meus pensamentos e empertiguei-me no assento.

Nossos protagonistas enfrentam uma árdua batalha para ficarem juntos, e quem parece sofrer mais com isso é Gabi, mas Alex faz de tudo para protegê-la e vê-la feliz.

Detestei a irmã e a mãe de Gabi. Graziela é mimada e fútil, e não perde a oportunidade de soltar todo seu veneno na direção da irmã. E não consigo entender como podem existir mães como a de Gabi! E o pior é que existem aos montes…

A relação de Gabi e do pai não poderia ser melhor! O que ela não recebeu de carinho da mãe, recebe do pai, numa relação de pura cumplicidade. Sem falar nos avós dela, que fazem de tudo para vê-la bem.

Os personagens que protagonizaram os outros livros da série, estão bastante presentes aqui, formando um animado núcleo de amigos de nossos protagonistas.

Algo que gosto nas histórias da Bernadete, é que ela cria personagens fortes e marcantes, e aqui com certeza é a mocinha quem rouba a cena. Uma garota forte, decidida,que vai atrás daquilo que acredita.

Uma história romântica, dramática, sensual, com protagonistas que nos cativam logo nas primeiras páginas.

A capa do livro está simplesmente LINDA! Ela remete bem ao que a história e Gabi representa. Sei que é a história de um casal, mas fiquei encantada com Gabi. Outra coisa, é a diagramação, que está muito linda também.

No final, veio o primeiro capítulo do próximo livro da série: “Meu casal ideal”, e mal posso esperar pra mergulhar de cabela em mais uma história desse universo.

 

 

Participe do comentário premiado de setembro clicando aqui

 

Anúncios

5 comentários em “[RESENHA] “Minha Garota Ideal (Amores possíveis, casais ideais Livro 4) “, de Bernadete Estanini

  1. Pobre Gabi, quem tem uma mãe e irmã tão ruins, pelo menos o pai salva. O Alex faz de tudo para vê-la feliz, achei fofo. Não tinha ideia sobre o livro, mas ja me sinto cativada pelo casal. Principalmente a Gabi, que sabe futebol e balé (invejinha dela rs) .

  2. ola tudo bem
    como romantica incuravel que sou já estou aqui suspirando do sua resenha
    MOCINHA forte determinada que vai atras do que que acredita re um mpcimho que não gosta de se envolver deve resultar num delicioso romance
    vai para a lista de desejados
    bjs

  3. Renata!
    A série parece mesmo muito boa, ainda mais esse livro com um par que se entende bem de certa forma e conseguem enfrentar seus p´roprios conflitos para ficarem juntos.
    A capa é bem sensual!
    cheirinhos
    Rudy

  4. Renata!
    Chocada com essa irmã da Gabi, cruzes, com irmã irmã dessas, nem precisa ter inimigos, não é?
    Fiquei foi curiosa para conhecer esse médico e acompanhar o desenrolar dessa história de amor.
    cheirinhos
    Rudy

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s