Resenha

[RESENHA] “Simplesmente Blue”, de Amy Harmon por Verus Editora – @aharmon_author @Verus_Editora

Boa noite!

Bem galera, hoje vamos falar sobre o novo livro de Amy Harmon que será lançado em breve por aqui.

Aqui encontramos uma mocinha totalmente perdida no que diz respeito a sua origem. E temos também um homem que só quer ajudar todos que estão a sua volta.

Uma história emocionante e linda.

Confiram a resenha completa logo abaixo.

Novo romance da autora do best-seller Beleza perdida. Blue Echohawk não sabe quem ela é. A garota, que desconhece seu nome verdadeiro e sua data de nascimento, foi criada por um estranho e não frequentou a escola até os dez anos. Aos dezenove, quando a maioria dos jovens vai à faculdade ou segue em frente com a vida, ela é apenas uma veterana no ensino médio. Sem mãe, sem pai, sem fé e sem futuro, Blue é uma estudante difícil, para dizer o mínimo. Durona e sexy, ela é o oposto do jovem professor britânico que decide que está pronto para o desafio de levar a encrenqueira para debaixo de suas asas. Simplesmente Blue narra a história de uma transformação e fala de uma amizade improvável em que a esperança promove a cura e a redenção se torna amor.

Compre aqui

Este é o segundo livro da Amy que leio. O primeiro foi “Beleza Perdida“, que na época eu não estava tão habituada a ler livros escritos em terceira pessoa, e mesmo assim me emocionei com a história e tive uma ressaca literária daquelas.

Simplesmente Blue” será lançado em outubro, mas eu recebi o livro na caixa de julho do Clube de Romance da Carina 🙂

Aqui nós vamos conhecer a história de Blue, uma garota que não sabe nada sobre sua origem, nem mesmo seu verdadeiro nome e sua data de nascimento.

A história já começa com um mistério, algo que me deixou aflita por respostas. E esse acontecimento é o pano de fundo da história de Blue.

A única família que nossa protagonista conheceu na infância foi Jimmy, um artesão que fez o que estava a seu alcance para criá-la. Com a perda de seu “pai”, ela acaba indo morar com a irmã dele, Cheryl, que mau podia cuidar de si mesma.

No ensino médio, Blue é uma garota que vive dentro de suas próprias regras, nunca deixando que se aproximem demais. E ela também não sabe seu lugar no mundo, sempre achando que não merece receber o carinho de ninguém.

Wilson é um jovem professor britânico de História, e tem um jeito bastante interessante de dar aulas. Suas aulas são tão legais que começam a despertar o interesse de Blue, que surpreende a todos ao se tornar mais participativa. E Wilson também fica interessado em conhecer a história de Blue, afinal para ele todos têm uma história.

Olhem para o papel diante de vocês. Está em branco. Não tem nada escrito na página. É uma lousa limpa. Mais ou menos como o restante da vida de vocês.

Ao passar por um momento complicado, que pode mudar para sempre sua vida, Blue que acreditava estar sozinha no mundo, recebe ajuda de Wilson e sua irmã, Tiffa.

A amizade entre Blue e Wilson começa aos poucos, com ela cheia de humor ácido, e ele com seu jeito protetor e de estar sempre disposto a ajudar. As coisas entre eles vão acontecendo tão naturalmente, que quando os dois se dão conta já não conseguem mais se afastarem.

Uma das formas que Blue encontra de extravasar seus sentimentos e pensamentos, é esculpindo em madeira, algo que aprendeu com Jimmy. O que sempre foi uma distração, acaba sendo mais uma fonte de renda para ela.

Sobre Wilson (acrescente suspiros aqui!!!), acho que não tem como alguém não se apaixonar por esse homem. Sem falar em suas aulas, que fizeram até eu ter vontade de participar! E ainda aprendi algumas coisas de história com essa leitura 😉

Blue é uma garota quieta, muitas vezes atrevida. A verdade é que ela esconde toda sua fragilidade atrás de sua fachada de durona. E ela tem medo de descobrir sua história, de como foi parar nas mãos de Jimmy.

Tem algo que acontece aqui, sobre uma decisão de Blue, que já vi acontecer em alguns livros, mas que me incomodou. Mas é difícil pra mim julgar, afinal não passei pela situação da personagem.

O livro é escrito em primeira pessoa, com Blue narrando ele, onde é possível perceber o quão perdida ela se sente por não saber nada de sua origem.

O romance entre os protagonistas demora bastante pra engrenar, mas a expectativa que fui criando foi ótima. Os dois cometem erros, pisam feio na bola, mas nada que fizesse com que sentisse raiva deles.

Amar alguém significa colocar as necessidades dessa pessoa acima das suas.

A capa do livro publicado pela Verus está muito mais bonita que a capa original, e aqui há uma composição de imagens que  traz vários elementos dessa história.

Forte. Dramático, Sensível. “Simplesmente Blue” é uma história que intriga, que em alguns momentos incomoda, e em muitos emociona. Temos aqui uma linda história de amizade e amor. Me vi conectada a essa protagonista, e me apaixonei por essa que é minha melhor leitura de 2019 sem sombra de dúvidas.

No choro havia poder. O poder de cura, de superar a dor e seguir em frente.

 

 

Participe do comentário premiado de agosto clicando aqui

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s