Parceria · Resenha

[RESENHA] “Procura-se um novo amor”, de Debbie Macomber por Harlequin – @debbiemacomber @harlequinbrasil

Boa tarde!!!

Hoje vamos falar deste livro que conta a história de duas mulheres que estão tentando reconstruir suas vidas, e que uma está sempre pronta para apoiar a outra.

Uma história de recomeços e inspiradora.

Confira a resenha completa logo abaixo.

Quando Nichole descobre que seu marido, Jake, a traiu, sua vida perfeita é abalada. Enquanto se desdobra entre o filho, o novo emprego e o trabalho voluntário, Nichole conhece Rocco, que é o oposto de Jake em quase todos os aspetos. Apesar de ser grosseiro, Rocco se mostrou um pai dedicado e amigo atencioso. Mas, assim que sua relação começa a amadurecer, Jake coloca tudo em risco ― inclusive a felicidade de seu filho Owen ― ao tentar reconquistá-la. Nichole precisa, então, reunir a coragem necessária para seguir seu coração, apesar das consequências. Durante décadas, Leanne ignorou as traições de seu marido, mas é incentivada pela atitude de Nichole diante da mesma situação. Enquanto dá aulas voluntárias de inglês, Leanne conheceu Nikolai, um charmoso padeiro ucraniano, ao qual Leanne tenta resistir para evitar as dores de cabeça de um romance. Até que uma tragédia inesperada a faz questionar suas escolhas. Um romance inspirador sobre amizade, esperança e recomeços, Procura-se um novo amor, é um atestado da força que toda mulher tem para trilhar o próprio caminho, acreditar no amor e ser feliz.

Em “Procura-se um novo amor”, conhecemos as histórias de Nichole e Leanne, que são ex-nora e ex-sogra respectivamente.

Nichole acreditava ter uma vida perfeita ao lado do filho e do marido, até o momento em que descobre que vinha sendo traída. Ela não pensou duas vezes ao decidir se divorciar de Jake, e para isso teve todo o apoio de Leanne, mãe de Jake.

Leanne viveu por muitos anos um casamento de aparências, onde era constantemente traída pelo marido, Sean. Ao ver Nichole decidida a se divorciar, Leanne finalmente toma coragem e também pede o divórcio. E a amizade entre Nichole e Leanne é tão forte que as duas acabam indo morar no mesmo prédio, para que uma ampare a outra a qualquer momento, além de criarem juntas o “Guia para seguir em frente”.

O primeiro item dessa lista foi: Não se permita afundar na dor. Procure ajuda. Seja voluntária. Faça algo que você ama ou para ajudar os outros.

Em um momento um tanto inusitado, Nichole conhece Rocco, um homem aparentemente rude (no sentido de “ogro”), mas que só quer saber lidar melhor com a filha adolescente, Kaylene. E é ajudando Rocco a lidar melhor com a filha, que Nichole e ele vão ficando cada vez mais próximos.

Rocco parecia ter saído da floresta do Alasca. Ele tinha o físico de lenhador e as tatuagens de um motociclista. Em contraste, Jake era um homem de negócios elegante que se vestia como se estivesse saído das páginas da GQ. O contraste me fez sorrir.

Enquanto isso, Leanne começa a despertar o interesse de seu aluno na ong em que dá aula de inglês para imigrantes. Nikolai é um padeiro que também está em busca de um recomeço.

Entre idas e vindas, acompanhamos as vidas dessas mulheres que passaram por dolorosos fins de relacionamentos, mas não perderam a esperança de serem felizes, além de sempre buscarem ajudar ao próximo e fazerem a diferença. E são Nichole e Leanne quem nos narram este livro, nos contando o que aconteceu em seus casamentos, como está sendo para elas este recomeço, e como é voltar a amar.

Mas, quem pensa que os ex-maridos seguiram em frente se engana. Principalmente Jake, que usa o próprio filho para tentar separar Nichole e Rocco. E tem ainda Sean, que passa por um momento complicado e precisa da ajuda de Leanne, despertando o ciúme de Nicolai.

Ele disse que eu não estava mais sozinha e eu acreditei. Nikolai, por algum motivo me amava. Logo eu, que havia muitos anos me sentia completamente indigna do amor.

Gostei muito da escrita da autora, e a leitura flui muito bem. A história não traz grandes reviravoltas, mas consegue emocionar, trazendo drama e romance na medida certa. Além disso, temos aqui explosões de fofura com Owen, filho de Nichole e Jake.

Me encantei com a força dessas duas mulheres, com sua vontade de seguirem em frente e serem felizes, e a forma com que conseguiram encaixar suas vontades ao tentar ajudar outras pessoas. Este poderia ser só mais um romance, mas vai bem mais além, nos trazendo uma linda história de amizade, lealdade e perdão.

 

Participe do comentário premiado de abril clicando aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s