Parceria · Resenha

[RESENHA] “O Duque Mais Perigoso de Londres”, de Madeline Hunter por Editora Charme – @MadelineHunter @EditoraCharme

Boa tarde!!!

Hoje vamos falar sobre a história de um duque que volta à Londres em busca de respostas, e talvez até mesmo uma vingança. Só que em seu caminho surge uma moça tão durona quanto ele. E após o primeiro encontro deles, nada em suas vidas será como antes.

Confiram a resenha completa logo abaixo.

Capa do livro 1

O duque mais perigoso de Londres

sinopse-1

Adam Penrose, o Duque de Stratton, é o escandaloso, sombrio, manipulador e vingativo membro da Sociedade dos Duques Decadentes da elite de Londres, composta por três homens perigosamente belos, intensos, irresistíveis e que não desejam se apaixonar. Com uma reputação manchada e seu retorno à cidade, o Duque precisa encontrar uma esposa com qualidades ímpares e que não se importe em viver em negligente abandono. O que o Duque não espera é que o seu interesse e libido sejam despertados pela única mulher que não pode ter, e que não seria capaz de ignorar. Clara Cheswick fascina o Duque, mas tudo que ela não precisa neste momento é se casar. Está bem mais interessada em publicar seu jornal feminino — certamente muito melhor do que ser esposa de um homem com sede de vingança. No entanto, curiosa por uma história, Clara pensa se o desejo do Duque por justiça é sincero — junto com sua intenção incrivelmente irritante de ser seu marido. Se sua fraca reação ao beijo dele é alguma indicação, apaixonar-se por Adam claramente tem um preço. Mas quem diria que cortejar o perigo poderia ser tão divertido?

resenha-1

No primeiro livro da Série Decadent Dukes Society, conhecemos o casal Adam e Clara.

Adam Penrose, o Duque de Strantton, está de volta à Londres após alguns anos morando na França. Ele retorna em busca de respostas à respeito da morte do pai. E esse retorno de Adam não passa despercebido pela alta sociedade, afinal há várias histórias que fazem dele um homem perigoso.

Clara Cheswick é uma moça completamente diferente do que a sociedade espera, pois além de gostar de cavalgar e não ter papas na língua, ela passa longe quando o assunto é casamento. Além disso, ela e algumas amigas mantém em segredo um jornal.

As famílias de Adam e Clara não se dão bem, e isso é uma briga antiga. Pra tentar selar a paz entre as famílias, a avó de Clara propõe que Adam se case com Emília, irmã de Clara. Mas quando Adam se depara com Clara, ele tem a certeza de que é ela quem ele quer.

Aquele beijo a atordoou da melhor forma. Pequenas sensações maravilhosas se multiplicaram enquanto as observações vagas flutuavam em sua mente nebulosa. Maravilhou-se com a maciez surpreendente dos lábios dele, e como ele mal pressionou a boca, mas mordiscava e fazia movimentos que aumentavam o encanto.

Mesmo com sua postura de quem está disposto a travar um duelo em nome da honra de sua família, Adam ainda sofre por não saber nada à respeito do que levou seu pai à morte. Ele jura ir até o fim por respostas, e provar o que for preciso que sua família merece respeito.

Clara é o tipo de mocinha que amo nos romances de época: um furacão ambulante, capaz de deixar até os mais valentões de boca aberta e aos seus pés.

Em muitos momentos chega a ser engraçada a relação entre Clara e Adam. E é incrível perceber a química que há entre eles, e ter a certeza que eles formarão um baita casal!

Ela andava com passadas determinadas, como se estivesse em uma importante missão. Ele notara o brilho em seus olhos, os quais implicavam muito sobre ela. Inteligência. Personalidade. Paixão. Problema. Não se importava com a última qualidade. Raramente encontrava as três primeiras em uma mulher sem a quarta.

O livro é escrito em terceira pessoa, e a autora conseguiu me fazer sentir tudo que seus protagonistas viviam. Os diálogos são ótimos, além da autora nos dar ótimas descrições, sem pecar pelo excesso.

Este foi meu primeiro contato com Madeline Hunter, e gostei muito de tudo que encontrei aqui: história, personagens, cenários e principalmente o romance. A autora soube conduzir o romance entre Clara e Adam de uma ótima forma, me fazendo torcer e muito por seu final feliz.

Vale à pena também destacar o trabalho gráfico desta edição, com uma linda imagem de capa, fonte e cores, além de ter uma imagem ao fundo de cada início de capítulo. Mais uma vez a Editora Charme não deixou nadinha a desejar.

Agora, ficarei aqui roendo as unhas para saber mais sobre os próximos duques da série. Já pude conhecê-los aqui, mas não vejo a hora de conhecer a história deles.

 

O duque mais perigoso de Londres.JPG

 

Participe do comentário premiado de dezembro clicando aqui

renata

Anúncios

3 comentários em “[RESENHA] “O Duque Mais Perigoso de Londres”, de Madeline Hunter por Editora Charme – @MadelineHunter @EditoraCharme

  1. COMO amo romances de epoca esse é mais um que vai para a minha lista de desejados ~já está na minha lista ainda mais sabendo que a mocinha não tem papas na lingua
    PARABENS PELA RESENHA

  2. Eu querooo mt ler esse livro, já coloquei na minha listaa 💜Adoreiii a resenha 😻E a ft tá maravilhosa ❣

  3. Uma protagonista que não tem papas na língua e que não segui as regras da sociedade?! Já fiquei interessada! Esse tipo de personagem feminino é o meu preferido nos romances de época.
    Bom saber que a autora não exagera nas descrições, confesso que não curto narrativas muito descritiva…
    Enfim, já estou adicionando O Duque Mais Perigoso de Londres na minha lista de leitura, estou ansiosissima para conhecer a história de Adam e Clara. Valeu pela dica! Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s