Parceria · Resenha

[RESENHA] “Lady Anne”, de A.J. Ventura

Boa tarde!!

Hoje vamos falar sobre o segundo livro da Série Single Ladies, uma série diferente de tudo que já li.

Aqui nós encontramos uma ladie que age sempre de cabeça erguida, e um lorde que não vê a hora de poder ajudar esta ladie 😉

Confira a resenha completa abaixo.

A trabalho na convenção de Época do hotel Eden, Anne Dallmeyer espera poder passar algum tempo com suas amigas e conhecer as autoras que tanto admira. Originalmente assessora de um senador, ela está prestes a ter sua primeira experiência auxiliando uma escritora.
Assessor da autora mais famosa da convenção, Simon Feller reconhece Anne de um trabalho da época em que ambos trabalhavam na política. A surpresa do reencontro aliada à descoberta de que ela não faz ideia de quem ele seja faz com que mudar a situação seja seu mais novo propósito.
Durante o fim de semana da convenção, os dois descobrirão que experiências podem ser superestimadas, que primeiras impressões podem ser enganadoras e que não há nada como uma segunda chance.

Amo quado isso acontece: um autor lançar a sequência de um livro em um curto espaço de tempo. Como uma boa ariana, ansiosa que só eu, estou me mordendo de curiosidade para saber o que cada uma dessas quatro amigas aprontou neste final de semana.

Recapitulando um pouquinho sobre essa série, ela conta a história de quatro amigas apaixonadas por literatura e que vão passar um final de semana em uma Convenção de Romances de Época, onde prometem agir como verdadeiras ladies, mas logo de cara já dá pra perceber que isto será um tanto difícil. A série terá um total de quatro livros, onde cada um irá contar o que uma dessas meninas aprontou.

 — As sempre comportadas são as piores. — E erguendo a taça continuou: — Se somos todas comportadas, não vai ser difícil manter o plano. Durante o fim de semana, seremos como as personagens dos livros que amamos. Seremos ladies até o último dia da convenção e não haverá lorde… — Depois de uma tossida de Lauren, adicionou… — … ou serviçal que nos tire o rumo. Estamos combinadas?

Anne Dallmeyer, nossa Lady Anne, trabalha como assessora de um político, mas acaba aceitando a missão de assessorar na convenção a irmã dele, a autora novata Evelyn St Claire. Anne, embora muito profissional e organizada ao trabalhar com um político, acaba se mostrando um tanto atrapalhada ao assessorar uma autora, mas tudo isso é devido a sua total falta de experiência para esta função.

Simon é assessor de Judith Quinn, a autora mais badalada e querida da convenção. Ele é bastante focado em seus trabalho, e candidato a um crush literário daqueles 😉

Logo de cara descobrimos que Anne e Simon já se conhecem, embora ela não se lembre disso, o deixando frustrado.

A atração entre os personagens é algo fácil de notar. Simon é um verdadeiro cavalheiro, se mostrando sempre pronto para auxiliar sua donzela em perigo, Anne. Já Anne faz aquele estilo que parece orgulhosa, mas na verdade morre de vergonha de pedir que alguém lhe ajude à consertar seus erros.

Além de todo o clima de romance e de receber dicas das aventuras das outras amigas, gostei muito de ver nascer a amizade entre Anne e Evelyn. Evelyn é bastante insegura, e foi ótimo ver Anne  a ajudando com isso e a vencer seus medos. Um verdadeiro exemplo de sororidade.

E gente: como eu gostaria que toda autora fosse como a Judith Quinn! Sempre fui muito bem tratada quando encontro pessoalmente as autoras de que gosto, mas Judith se mostra um ser fantástico e iluminado.

O livro é escrito em terceira pessoa, e mais uma vez a autora conseguiu expressar bem os sentimentos dos personagens. Os diálogos são ótimos, e não tenho elogios para descrever a condução da história.

Isso poderia significar várias coisas, mas a principal delas era que, com Simon, ela parecia outra pessoa.

Esta história traz algumas reviravoltas, onde tudo está indo muito bem e do nada algo acontece. AJ Ventura vai devagar que meu coração não aguenta. Mentira! Vai com tudo mesmo rsrsrs

Uma coisa que citei na resenha do primeiro livro, vale para este também: um romance contemporâneo com ares de romance de época, capaz de agradar aos apaixonados pelos dois gêneros.

AJ Ventura você está mais uma vez de parabéns!!! E a capa e diagramação também estão de parabéns!

Quem me conhece já deve imaginar que não vejo a hora de descobrir o que aconteceu com as duas outras meninas: Daphne e Yasmin 😉

 

Participe do comentário premiado de outubro clicando aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s