Parceria · Resenha

[RESENHA] “Meu Playboy Ideal (Amores possíveis, casais ideais Livro 3)”, de Bernadete Estanini – @be_estanini

Boa tarde!!!

Hoje vou falar deste livro nacional que foi uma ótima leitura para mim.

Uma história com personagens que parecem opostos um do outro, mas que na verdade se completam.

Confiram a resenha completa logo abaixo.

Após sofrer uma desilusão amorosa, Arthur decide seguir em frente, levando consigo apenas fragmentos de dias felizes ao lado da mulher que tanto amava. Ele, cuja beleza e status fazem parte da sua arma de sedução, depara-se com Lis, uma moça simples, cheia de atitude e com um passado desconhecido até por ela mesma. 
Embora Lis seja o oposto de seu grande amor, ela o incita, abalando completamente as estruturas do rapaz. Estruturas essas que Arthur julgava intransponíveis, até que a impetuosa Flor de Lis resolve ultrapassá-las provando para o lindo playboy que na vida nem sempre dinheiro é sinônimo de felicidade.

Compre aqui

Depois de ler uns livros mais dramáticos, foi como um frescor poder ler este livro com um romance tão leve.

Aqui somos apresentados a Arthur, um homem acostumado a viver no luxo e ter todas as mulheres a seus pés. e sempre fazendo o possível para não criar laços. Mas, Arthur amou uma mulher, e ela acabou de se casar, deixando o nosso playboy de coração partido.

Lis é gerente de uma loja de calçados, e batalhou muito para chegar à esse cargo e concluir sua faculdade de Administração. Órfã, ela sempre teve que vencer sozinha suas batalhas, o que a fez ficar mais forte à cada dia, mas jamais esquecendo de ajudar como pode o orfanato em que cresceu.

Em uma manhã qualquer, as vidas de Lis e Arthur se cruzam, prometendo que nada mais será como antes para eles.

Algo nela me fascinava e eu gostava disso.

Lis não se parece nenhum pouco com as mulheres que Arthur está acostumado, e isso acaba o deixando ainda mais atraído. Pra vocês terem noção, Lis não faz a menor ideia da fortuna que a família de Arthur possui, afinal ela sempre teve muito mais o que fazer do que ficar lendo colunas de fofoca 😉

Adorava a companhia dela, seu sorriso simples, o jeito como conversava com as mãos, a maneira como encarava a vida e as adversidades impostas, uma mulher que mantinha o equilíbrio entre afabilidade e severidade, ministrava como ninguém pequenas doses de tempestade e de bonança o que a tornava simplesmente fascinante.

O início deste relacionamento não é nada legal, pois Arthur acaba agindo como o bom e velho playboy cafajeste que sempre foi, e por isso terá de suar a camisa para ter a confiança de Lis de volta. Nesta hora se eu pudesse entrava dentro do livro pra dar uns tabefes no Arthur, mas por sorte ele se redimiu a tempo e fez com que Lis o perdoasse.

O livro é escrito em primeira pessoa, com o casal de protagonistas narrando, o que faz com que consigamos entender melhor suas atitudes.

Às vezes, meu coração apertava e minha cabeça girava ao pensar em nossas distintas realidades. O maior dos meus problemas era estar me envolvendo cada vez mais. 

Uma coisa que gostei muito aqui, é que Arthur mesmo sendo rico, não é daqueles personagens que são donos até das pedras das ruas, o que é algo que me incomoda muito em livros onde o protagonista é tão rico quanto ele. Outra coisa, mesmo ele sendo descrito como um Deus grego, Lis não fica toda hora citando cada uma de suas maravilhosas qualidades físicas. Ou seja, só nessas duas coisas aí a autora já ganhou vários pontos comigo.

O enredo pode parecer meio clichê, mas que atire a primeira pedra quem não ama um romance clichê! Se for bem escrito melhor ainda! Gostei muito da construção da história, dos diálogos e dos personagens, sem falar em algumas reviravoltas que aconteceram e deram ainda mais emoção a história.

Essa garota possuía algo que me intrigava e eu estava tentado a descobrir.

Não li os livros anteriores da série, e isso não foi nenhum empecilho para que eu mergulhasse de cabeça nessa história. Mas vou confessar que a curiosidade está falando alto aqui, e estou com vontade de ler os dois primeiros livros, pois seus casais de protagonistas participam desta história.

Gostei muito de tudo que encontrei aqui. Uma história leve, divertida, romântica, dramática e sensual, tudo na medida certa.

 

Participe do comentário premiado de outubro clicando aqui

 

 

Anúncios

5 comentários em “[RESENHA] “Meu Playboy Ideal (Amores possíveis, casais ideais Livro 3)”, de Bernadete Estanini – @be_estanini

  1. Oi Renata!
    Eu ainda não conhecia o livro, a autora conheço através de resenhas, a escrita parece ser linda tbm.
    Vou add nos desejados pois me chamou atenção a capa e a sinopse.
    Bjs!

  2. Olá!
    Sabe fiquei hipnotizada com essa capa, parecia que o homem estava me olhando..kkkk
    Quem não gosta de um bom clichê né???! eu amo, esse me deixou bem curiosa pela historia, tem uma trama ótima..

    Meu blog:
    Tempos Literários

  3. Um romance clichê de vez em quanto é muito bom 💕 Já gostei, só pela resenha parece realmente ser muito bem escrito e pensando 💓 Já quero conhecer a Lis 💞 Gosteiii demais dá resenha 😘

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s