Resenha

[RESENHA] “O que sabe o coração”, de Jessi Kirby por Editora Rocco – @JessiKirby @editorarocco

Com certeza um dos melhores livros que já li esse ano! ❤

“Um livro sobre perdas e possibilidades de recuperação. Em o que sabe o coração, a norte-americana Jessi Kirby narra o impacto da trágica morte de Trent, atropelado na frente de casa, e o efeito devastador dessa perda para sua namorada adolescente, Quinn. Com dezessete anos, perdidamente apaixonada, Quin não pode imaginar que a vida vai lhe pregar esta peça. Mergulhada numa tristeza infinita, ela decide entrar em contato com os cinco receptores de órgãos de Quinn, acreditando que assim reconhecerá um pouco do namorado em cada um deles. Quatro deles respondem ao seu apelo, mas fica faltando o retorno do receptor do coração. Quinn burla o sistema oficial para chegar ao jovem Colton Thomas, 19 anos, premiado com o coração de um desconhecido. O que os jovens não imaginam é que esse encontro será capaz de alterar a vida de ambos para sempre.”

AMAZON

Quinn Sullivan perdeu o rumo da vida quando seu namorado morreu. Trent era seu amigo, confidente e amor, mas a tragédia foi tão repentina e avassaladora que após um ano nada voltou ao prumo. O ensino médio acabou, a faculdade não veio e os dias passam numa contagem crescente como se nada significasse, não tivesse cor ou valor.

A dor da perda não passou e nem tem como ser remediada, e saber que ainda há várias partes de Trent que foram transplantadas não lhe dá alívio. Alguns desses pacientes responderam ao seu contato por carta através do programa de transplante, mas não aquele que ganhou o coração que mais importa para Quinn: o coração de Trent.

“Dizem que o tempo cura todas as feridas, mas conhecer essas pessoas naquela tarde […] me curou mais do que todo esse tempo sem ele.”

Mas nossa protagonista não é de desistir fácil e muito menos de esquecer algo tão importante; e é assim que com alguns dados junto com o Google encontra Colton Thomas de 19 anos foi aquele que nunca respondeu. Após o transplante, Colton está tentando recuperar o tempo perdido, passando mais tempo com a família – sem ser dentro de de um hospital com diversos cuidados – como também no mar, que é seu maior prazer.

E num dia totalmente inesperado e impulsivo, Quinn vai até Shelter Cover atrás de Colton, realmente o encontrando, mas a coisa toda sai do controle por conta do nervosismo causando um acidente que os leva para o hospital da cidade. E isso torna ambos um pouco mais próximos e com uma ligação muito interessante, adentrando no mundo um do outro, mesmo que para Quinn esse momento não seja tão divertido.

“Não sei o que Trent pensaria se soubesse. O que ele diria se de algum modo pudesse ver. Mas já se passaram quatrocentos dias. Eu queria que ele entendesse. Por muito tempo, eu era a única que tinha seu coração. Só precisava ver onde estava agora.”

A família Sullivan é outra que mantém toda a história viva e em movimento. Uma vovó que parece ser mais nova e cheia de vida, uma irmã mais velha que faz o papel muito bem, e pais que são cuidadosos e amorosos. E no meio de isso tudo ainda há acontecimentos, falas e fluxos de pensamento sobre a espontaneidade da vida e dos imprevistos que nela há. Sério, esse livro é tocante.

Nem passa pela cabeça de Colton quem Quinn é, mas como a pessoa incrível que é, batalhador e com uma personalidade brilhante, o agora é tudo que importa. Essa segunda chance o torna mais cheio de vida e de sonhos, e para ele Quinn também. Ela é algo a mais, mais radiante e mais feliz. No entanto, cada encontro, cada conversa está em jogo quando a verdade vier á tona.

Basicamente, “O que sabe o coração” é uma leitura sobre perda e dor que envolve a morte. Quinn é alguém enlutada, triste e muitas vezes, até deprimida. Mas os sentimentos são tão verdadeiros, comuns á humanidade que sofre e tão crível que meu coração muitas vezes se compadeceu e espelhou a dor de algumas perdas que infelizmente já conheci – e talvez, você também.

“Passei os primeiros meses sob todo o peso desses arrependimentos, pensando em mil coisas que eu teria feito de outra forma, se soubesse as últimas.”

Os conflitos internos da personagem me comoveram e várias vezes me teletransportaram para dentro da cabeça dela, e eu fiquei tentando refletir se também agiria da mesma forma ou se tomaria as mesma decisões. Quinn é alguém para se ter um pouco de paciência e empatia, e finalmente eu entendi o que é isso porque quando o assunto abordado é algo que te toca é muito diferente.

Com mais de 6 títulos lançados em inglês, finalmente a autora Jessi Kirby chegou ao Brasil com os dois pés e espero que seja só o primeiro de muitos. A escrita em primeira pessoa lindamente poética e inspiradora me deixou completamente apaixonada e ansiosa por mais. Editora Rocco, ouviu né?

Participe do “Comentário Premiado de Outubro” clicando aqui

 

Anúncios

8 comentários em “[RESENHA] “O que sabe o coração”, de Jessi Kirby por Editora Rocco – @JessiKirby @editorarocco

  1. Oi Clarisse,
    Ao ler a resenha também fiquei me questionando se agiria como a protagonista, é engraçado como enredo nos fazem refletir na vida real não é?
    Sem dúvidas é uma história muito linda, com sei lado triste e tocante, mas o desenrolar do romamce me pareceu muito sincero.
    Já ouvi falar da autora, mas até então não tive oportunidade de ler seus livro, esse seria ótimo para começar!
    Beijos

  2. Oi Clarisse!
    Ainda não conhecia o livro, a historia parece ser bonita, gostaria de conhecer melhor assim como a escrita tbm.
    Vai para os desejados!
    Bjs!

  3. Olá!
    Mas que livro fofo..Tem uma historia bem interessante e avassaladora como você falou, mostra momentos e sentimentos dos personagens de uma perda..Adorei muito e com certeza quero ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    1. Lily, acredite que é tudo isso mesmo.
      Fiquei muito encantada com essa leitura. Favoritado!
      Bjks e ótimas leituras

  4. Clarisse!
    E já chegou, chegando com esse livro que parece ser fabuloso.
    Achei o enredo inovador, não tinha visto em livro ainda, embora já tenha assistido um filme ou dois com tema semelhante.
    Parece um livro dramático, dolorido e triste, porém com uma descoberta que nem a protagonista mesmo espera.
    Desejo um mês abençoado e uma semaninha de luz e paz!
    “A gratidão é o único tesouro dos humildes.” (William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA OUTUBRO – 5 GANHADORES –
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    1. Esse tema é muito diferente né? Quais foram os filmes que viu do tem? Se puder me indicar, vou adorar.
      Bjs e boa leitura

  5. Caraca fiquei muitoooo curiosa para conhecer esse livro parece ser muito emocionante 💓 Com toda certeza desse mundo entrou na minha wishlist 😁 Sério amei demais essa resenha 😍Espero que a Rocco traga mais livros dela pro Brasil adoraria conhecer os outros também 💞😘

    1. É lindo, Eduarda! Tomara que vc consiga ler logo.
      Siiimmm, eu quero muitos livros da Jessy Kirby por aqui ❤
      Beijos e ótima leitura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s