Resenha

[MÊS DO ROMANCE] Resenha: “O Buquê”, de Silvio Antonio

Bom dia!!!

E chegamos ao último post do nosso Mês do Romance 😦

E pra fechar ele com chave de ouro, a resenha deste conto fofo e divertido do autor Silvio Antonio, que foi lançado recentemente.

Confira abaixo a resenha de “O Buquê”.

Esta não é a história de um casal que se conhece em um porão de luta clandestina, muito menos de um casal em uma cidade fria e chuvosa. Nem de longe é a história da secretária que vai procurar emprego… bem, vocês sabem onde.

A mocinha da nossa história é solteira, professora e é viciada em romances — principalmente os romances de época. Ela acredita tanto na fábula do príncipe encantado, que irá se inscrever em uma agência de relacionamentos, gastando a sua última tentativa de encontrar o par perfeito para o dia dos namorados.

Alguém avisa essa garota que isso só existe nos livros!

O mocinho da nossa história é solteiro, trabalha com eletrônicos e nunca conseguiu passar do primeiro encontro com as garotas que tentou namorar — as poucas garotas. Tímido e sofrendo de gagueira nervosa, ele toma o último gole de coragem e tenta dar a cartada final para um encontro perfeito.

Eu falei que ele era meio cego quando não estava usando seus óculos? E tem o bendito buquê.

Ah, o buquê! Que vai se encarregar de juntar duas pessoas tão diferentes depois de ser entregue por… engano.

Quer saber como termina essa história? Vem conferir e clicar em muitos emojis com olhos de coração

Amazon (disponível também no Kindle Unlimited)

Quem diria que um buquê entregue errado nos traria até aqui.

Ri muito com a sinopse deste conto. Achei, além de muito engraçada, bastante original.

Aqui nós conhecemos Laura e Daniel. Ela é uma professora viciada em leitura. Ele um rapaz tímido que trabalha em meio a computadores.

Cansados de ficarem sozinhos, Laura e Daniel se inscrevem na agência de relacionamentos “O Amor Não Tem Limites – Encontre Já O Seu Par Perfeito”, para quem sabe encontrarem um amor. Mas, uma sucessão de trapalhadas de Daniel, põe um buquê diante de Laura, e o que era para ser um gesto romântico acaba se tornando uma tremenda confusão.

Quando Laura e Daniel se encontram após o incidente com o buquê, acabam se encantando um pelo outro.

Eu queria ficar mais tempo com ele. Era agradável e aconchegante a presença dele, e eu só tinha me sentido assim com os personagens dos livros. Ele estava quebrando os padrões que eu tanto construí para um homem perfeito. E eu estava gostando desse sentimento tão novo.

Laura é uma mulher decidida, e seu vício em leitura é algo que conduz parte da história. O autor inclusive cita alguns autores nacionais aqui (palmas pra ele!!!).

Daniel, não há como descrevê-lo a não ser “fofo”. O personagem acaba se tornando divertido devido a sua gagueira nervosa.

A Laura despertava algo dentro de mim que eu ainda estava descobrindo e gostando do que surgia. Os sentimentos se misturavam dentro de mim e , às vezes, eu precisava parar e respirar um pouco para entender bem o que estava sentindo. Na verdade, eu estava gostando muito de falar com Laura.

O conto é escrito em primeira pessoa, com Laura e Daniel narrando. Há um personagem secundário que roubou a cena, e ele é Joaquim, amigo e colega de trabalho de Daniel. Meu sonho de consumo no momento é um conto ou livro com o Joaquim como protagonista.

O conto é rápido de ler, é ideal pra ser lido ente um livro e outro, trazendo muita leveza até nós.

Não sei se essa história é mais fofa ou divertida, só sei que é muito dos dois. Estou apaixonada por Laura e Daniel!

Silvio Antonio tem uma escrita leve, que me fez rir e suspirar a cada página. Estou encantada com essa história e personagens.

Se você está com a pessoa certa, qualquer lugar é perfeito. Não é o espaço físico, é a companhia que faz a diferença.

Mas, Silvio é um daqueles autores que deviam ser proibidos de escreverem contos, pois escrevem tão bem, criam personagens tão perfeitos, que não nos contentamos com poucas páginas de leitura.

Só sei que vale muito a pena ler “O Buquê”. Tenho absoluta certeza de que irão se apaixonar por Laura e Daniel.

Gostaria de agradecer do fundo do coração a cada um que nos acompanhou nas aventuras deste mês ♥♥♥ Este especial foi feito com muito carinho a você que leu cada uma, ou pelo menos uma, de nossas postagens. tudo foi feito com muito carinho e amor a vocês. Obrigada de 

 

Participe do comentário premiado de junho clicando aqui

Anúncios

2 comentários em “[MÊS DO ROMANCE] Resenha: “O Buquê”, de Silvio Antonio

  1. Renata!
    Já gostei de ver que o autor é homem e consegue trazer a sensibilidade para um conto de amor, difícil encontrar.
    E saber que um engano faz com duas pessoas se encontrem e se encantem, deve mesmo ser muito fofo!
    Já anotei aqui porque quero ler, ainda mais que traz referência de outros autores nacionais.
    Bom domingo e mês de julho!
    “Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy

  2. Oii Renata!
    Que história mais fofa, não tinha conhecimento desse livro ainda, adorei, vai para os desejados!
    Bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s