Parceria · Resenha

[RESENHA] “Amor & Melodia”

Bom dia!!!

Este foi um lindo lançamento desta semana.

Uma coletânea que reúne oito autoras nacionais, com contos inspirados em músicas. Tá muito lindo.

Tem romance, drama, comédia… Enfim, de tudo um pouco.

Foi ótimo poder conhecer a escrita de outras autoras através destes contos.

Confira a resenha dos contos de “Amor & Melodia” abaixo.

“Oito canções. Oito casais. Oito paixões.”
Toda história de amor tem uma melodia só sua, aquela canção única que sela os melhores momentos de um casal. Pensando nisso oito autoras se uniram para juntas transformarem oito canções distintas em histórias de amor para embalarem seus corações neste dia dos namorados e em todos os dias em que seu coração precisar de Amor e Melodia.
Amor e Melodia é uma coletânea de amor, música, perdão, paixão, saudade, sentimentos, som e amizade… 
É um presente para você que acredita como nós na força da música e do amor.

Amazon

“Tempestade de Outono”, de Nana Valenttine
Embora este não seja o primeiro conto da coletânea, li ele alguns dias antes do lançamento. Quem nos segue no Instagram, deve ter acompanhado o quão maravilhada fiquei com esse conto.
Para escrever este conto Nana se inspirou na música “#Song 3”, de Stone Tour.
Aqui nós conhecemos Dean, um adolescente que vive um grande amor com a música. Talentoso e apaixonado pela música, ele vê nela algo mais que um passa tempo.
Quando Dean conhece suas novas vizinhas Mary e April, ele descobre uma segunda paixão, mas é a música quem mostra o caminho que seu coração deverá percorrer.
Assim como as tempestades de outono, que chegam sem dar aviso, Dean vai vivendo momentos de tensão e dolorosos, mas a música e a garota que ele ama fazem dele alguém mais forte.
Uma história não só de amor, mas também de superação e encontros. Nana nos faz sentir todo amor de Dean neste conto.
Embora o final tenha sido tão lindo quanto eu esperava, estou na torcida para saber mais de Dean, sua garota e seu amor pela música.
Só havia lido os romances de época da Nana, e ao ler a história de Dean e todo amor que cabe dentro dele, posso dizer que ela está mais do que aprovada para escrever histórias assim.
A melodia escolhe o seu músico, você não pode fugir disso. Está em você.
“Amor, amor, amor”, de Natalia Oliveira
Natália Oliveira teve como inspiração a música “Anjo”, de Saulo Fernandes.
Um dos tipos de romances de que mais gosto é a de amigos que se descobrem apaixonados um pelo outro, e foi exatamente este o tema deste conto.
Léo se tornou bem sucedido em sua profissão, realizando todos os seus sonhos. Já sua melhor amiga Lívia vive de altos e baixos, principalmente nos assuntos relacionados ao coração.
Depois de sofrer mais uma desilusão, é Léo quem novamente junta e cola os caquinhos de Lívia, e é aí que ele se descobre apaixonado por ela.
Os protagonistas percorrem vários caminhos até terem seu final feliz.
Um conto que além de romântico é dramático, daquelas histórias que dá vontade de ficar abraçando os personagens, dizendo que tudo vai passar.
Se fosse para se afogar no amor novamente, ela queria estar transbordando dele, e não vazia. Ela queria oferecer, e não apenas tomar, queria o sentimento, e não o preenchimento.
“Devil”, de Loud Chaos
Achei muito divertido este conto. Ri muito com as brigas dos inimigos mortais Seven e Aidan.
Seven e sua amiga Liza vão passar uma temporada no apartamento do namorado de Liza, Brent. O único problema disso é que Brent divide o apartamento com Aidan, alguém que Seven não suporta, e aí meus amigos é que muitas trocas de farpas acontecem.
Como bem sabemos, amor e ódio podem muito bem ser faces da mesma moeda, e quando a paixão entre Seven e Aidan explode, não há quem os segure.
A música que embala este conto éDevil like you”, de Gareth Dunlop.
Adorei esta comédia romântica, e mais ainda a forma em que a autora conduziu a história do casal.
Ela é minha maior rival. E também a garota que tem a capacidade de dobrar a minha aceleração cardíaca com o simples ato de respirar.
“Fica”, de Jessica Miguel
A música inspiração da vez é “Fica”, de Anavitória.
Uma viagem para espairecer, um encontro com alguém que nem imagina ser um astro do rock, e um amor de não dar vontade de voltar para casa. Esta é a história de Leatrice e Gus.
Em sua viagem para Las Vegas, o que a escritora Leatrice menos esperava era encontrar alguém que a fizesse esquecer de todas as decepções já vividas.
Gus e Leatrice vivem dias de paixão intensa, mas só há um problema: ela precisa voltar para o Brasil.
Uma história daquele estilo “sessão da tarde”, em que tudo que queremos e torcemos é que os protagonistas encontrem uma forma de ficarem juntos.
Olharam-se por um instante mínimo mas que pareceu infinito.
“House of memories”, de Nana Simons
Uma história que começa de forma divertida, mas que aos poucos vai ganhando doses generosas de drama.
Esta é a história de Kena e Rhet, seu amor e seus desencontros.
Duas pessoas, que mesmo contra as circunstâncias, o destino vive tentando juntar. Uma história de perdas e recomeços, onde acompanhamos Kena e Rhet e seus Dias dos Namorados.
Os motivos dos desencontros foram realmente plausíveis, além de muito tristes. Torci muito para que o destino desse uma mãozinha para que Kena e Rhet ficassem juntos e tivessem seu final feliz, afinal eles mereciam depois de tantas coisas.
A música da vez é “House of memories”, de Panic! At The Disco.
Existem amores que levam dias, meses ou anos para serem sentidos.
Existem amores imediatos e instantâneos.
E existem aqueles que superavam a barreira do tempo.
“Meat to be”, de Evilane Oliveira
A música inspiração aqui foi “Meat to be”, de Reseha part Florida Georgia Line.
Uma história quente entre o cara mais popular da faculdade e a garota que quer se reerguer depois da traição de seu namorado, no caso ex agora né gente. E este é mais um estilo de história que amo ler.
Reece tem fama de pegador, fama esta que ele faz muito por merecer. Mas, a verdade é que ele sempre desejou Calie. E agora que Calie descobriu a traição do namorado e ela e Reece embarcam em uma viagem de carro, ele vê a chance de conquistá-la.
Aos poucos Calie  vai descobrindo muito sobre Reece, e também algo que ela não imaginava: a atração que sente por ele.
Evilane muda de cenário, e nos apresenta um casal com química explosiva, além de uma história de perder o fôlego.
Nesse momento eu só estou com raiva do destino por ter me privado do seu toque, do seu carinho.
“More than words”, de April Kroes
Quando li o título deste conto quase dei um grito. A música inspiração dele é umas das minhas músicas favoritas da vida: “More than words”, do Extreme.
Aqui nós vamos conhecer Cheryl e Evan.
Cheryl sempre achou irritante a mania de Evan estar sempre enfiado no apartamento que ela divide com o irmão, no qual Evan é o melhor amigo. E há um detalhe: Evan é completamente apaixonado por Cheryl!
Uma decepção amorosa faz com que Evan se aproxime de Chery, e uma ideia surge: fazer uma lista de coisas a fazer no Dia dos Namorados, que eles passam a chamar de Dia dos Amigorados.
Cheryl vai se dando conta de que Evan sempre esteve presente em sua vida, nos melhores e nos piores momentos, sempre pronto para ajudá-la no que fosse preciso.
Uma história em que palavras não precisam ser ditas, que as ações já mais que provam os sentimentos de Evan por Cheryl.
Se antes Cheryl Prinsloo já havia me arruinado para todas as outras garotas, agora ela havia me arruinado pelo resto da minha vida.
“When we were young”, de Elle Collins
E chegamos ao último conto, que teve como inspiração a música “When We Were young”, da Adele.
Aqui temos um romance fofo com os personagens Jaxon e Paris.
Paris acaba de descobrir que foi traída por seu namorado, além de ter sido demitida. Já Jaxon está bem resolvido com sua profissão e se mudando para outra cidade.
Paris e Jaxon foram na adolescência amigos que se apaixonaram e depois se afastaram, e através de alguns flashbacks vamos acompanhando como a amizade deles virou amor, e depois os motivos da separação deles.
Hoje, Paris e Jaxon ainda tem sentimentos um pelo outro, e esse reencontro pra lá de casual atinge aquela velha faísca que há entre eles.
Mais uma história gostosa de acompanhar, de ver a paixão nascendo e depois renascendo. Um conto bem romântico pra finalizar a coletânea.
Era uma coisa idiota de se pensar, mas estando com Paris eu tinha um sentimento de familiaridade que eu nunca teria com ninguém. Não era só a questão da nossa amizade desde a infância que era forte, tudo ia muito além disso.
De todas essas autoras, só havia lido livros da Nana e da Evilane. Foi ótimo poder conhecer a escrita das outras autoras, poder conhecer tantas histórias lindas de amor.
Ao conhecer a música de cada conto, era impossível não ler eles sem ficar pensando nas músicas. As autoras souberam criar um ótimo paralelo entre as músicas e os contos.
Foi uma delícia poder acompanhar estes oito casais rumo a seu Dia dos Namorados inesquecível.
Anúncios

11 comentários em “[RESENHA] “Amor & Melodia”

  1. Olá!!
    Como é bom ler opiniões diferentes obre um livro, eu tenho mto interesse em ler, acompanho resenhas desde o lançamento, confesso que a expectativa tá crescendo aqui, espero conseguir ler em breve.
    Bjs!

  2. Gritei com More than words tb hahaha
    Nem sei dizer qual amei mais! É uma coletânea realmente linda e digna de muitos dias dos namorados!
    Me emocionei e ri demais!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

  3. Renata!
    Amo livro de contos e com autores variados, ainda melhor, porque cada um dá seu prórpio tom ao conto e no ccaso aqui, giram em torno das músicas e do romance, duas coisas que amo demais.
    Desejo que a semana seja abençoado!
    “Nunca sei se quero descansar porque estou realmente cansada, ou se quero descansar para desistir. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO – 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

  4. Renata!
    Amo livro de contos e com autores variados, ainda melhor, porque cada um dá seu prórpio tom ao conto e no ccaso aqui, giram em torno das músicas e do romance, duas coisas que amo demais.
    Desejo que a semana seja abençoado!
    “Nunca sei se quero descansar porque estou realmente cansada, ou se quero descansar para desistir. “ (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO – 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

  5. Oi Rê,
    Ah, você não imagina como amo livros com playlist, e nesse caso é ainda melhor já que as autoras ligam a escrita com a música, simplesmente amei!
    Confesso que nem todas as músicas eu já havia escutado, mas fui dar uma pesquisada no YouTube e amei, minha preferida é a do Aerosmith, ela é bem representativa pra mim …
    Pela resenha já percebi que todos os contos são apaixonantes, já quero ler, infelizmente não conheço a escrita de nenhuma das autoras ..
    Beijos

  6. Aaaah! Todos os contos são maravilhosos! Amei as resenhas e ja catei pra mim ❤

    Obrigada pelo apoio! Beijos

  7. Obrigada pelo lindo trabalho Re!!!!
    As resenhas estão lindas!!!Muito feliz em saber que você gostou da leitura. Muito obrigada por se disponibilizar a ler e resenhar todos ❤❤❤❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s