Resenha

[RESENHA] “Depois das Cinco” de Rossana Cantarelli Almeida

Estou nervosa? Talvez um pouco! AI MELDEUS!

É muito responsabilidade escrever resenha de um livro que ajudei a participar do processo de criação.

“Após a descoberta da traição de sua esposa como seu melhor amigo, Raul viaja para a Espanha por um ano depois de se divorciar. Quando retorna ao Brasil, está decidido a mergulhar no trabalho, bem como a concretizar seus projetos literários.
Isis é uma jovem advogada curtindo suas primeiras férias e cheia de planos para os próximos trinta dias: leituras, visitar seus pais, cantar com sua banda, baladas sem peso na consciência.
Enquanto ele tenta recomeçar sua vida do zero; ela tenta resgatar quem realmente é.
Uma noite. Um palco. Uma música. Uma aposta. Tudo pode mudar.
Isis, mulher de mente aberta, com voz potente e sensual, cheia de talentos, vira o mundo de Raul de cabeça para baixo.
Raul, bonito, inteligente e rico, desperta em Isis sensações desconhecidas e conflitantes.
Um romance entre o playboy e a cantora; entre o escritor e sua tradutora; entre o advogado chefe e sua subordinada. Tantas possibilidades de fracasso, teria como dar certo?
Só saberemos quando o relógio marcar depois das cinco.”

AMAZON

Nenhuma forma de começar a escrever sobre esse livro deu certo, então gostaria de mencionar a frase na capa: “A paixão não tem hora para acontecer”, e no caso de Ísis e Raul essa verdade é ainda mais exata. Dois personagens com uma bagagem de vida que preenchem cada página desse livro e vai além.

Após um período na Espanha, mais do que necessário para espairecer e se recompor após a traição da ex-esposa, é chegado o momento do regresso de Raul à Porto Alegre. Seu retorno trás a oportunidade de começar do zero com novos associados na empresa de advocacia que possui; no entanto, há mais rondando a cabeça desse personagem. Há novos planos. Novas facetas que quer explorar. E agora é a hora.

“Bom ser recebido com carinho. Muito bom estar de volta e renovado.”

E Raul ainda não sabe, mas vai precisar de Ísis para que seu plano de publicar um livro se torne realidade, pois ela domina bem a língua espanhola que é o idioma que Raul quer fazer a tradução de seus textos. Além disso, com um carisma juvenil num corpo de mulher, Ísis também se graduou em advocacia e um de seus hobbys favoritos é cantar. Que mulher multifacetada! Mas a realidade é: que mulher não é assim hoje em dia; com gostos diversos, experiências variadas e mais ânsia de conhecer muitos outros?

“Acho que faço tudo bem-feito, apesar do grande leque de atividades que sempre desenvolvi. […] Quando criança, pensava em ser artista. Vestia-me com as roupas da minha mãe e das minhas tias, e fingia que estava me apresentando.”

E é num momento de descanso e lazer para Ísis que os caminhos dela e Raul se cruzam, em meio á um bar, música, bebidas e no palco a melodia de uma doce voz mesclando olhares sedutores. E desse dia em diante, a casualidade dos encontros e do destino torna esses dois personagens e o interesse que os cerca ainda mais forte, fazendo com que Ísis seja a tradutora, cantora e a colega de trabalho. E tudo de forma tão natural que é bem característico da autora, que deixa a leitura mais dinâmica e empolgante.

“E de repente, um cara praticamente estranho, meu chefe, torna-se tão generoso comigo.”

Importante também é mencionar outros personagens, como a presença marcante da Magali com sua beleza e vitalidade devido á profissão, mas que em certos momentos me peguei pensando que aquele jeito possessivo e um tanto rude vestiria bem o papel de vilã nessa obra. Mas de fato, ela era apenas uma humana que comete erros. Todavia, Carolina e Paulo como bons amigos foram um sopro de felicidade tanto para mim como para o Raul que em meio á traição encontrou novos amigos em quem se apoiar e receber reconforto.

“A personalidade das pessoas não muda com a maturidade. Não perca seu jeito moleque, meu amor. É onde você encanta a todos.”

Com uma narrativa em primeira pessoa através de capítulos intercalados com dois pontos de vista, a autora Rossana Cantarelli nos leva numa viagem de auto descoberta, embelezamento da alma e o poder de colocar a si mesmo em primeiro lugar. Depois das Cinco contém assuntos relevantes que vai agradar á todos os gostos; desde traição, o poder da amizade, homossexualismo e a importância da constituição familiar na vida de uma pessoa.

Mas o que realmente me surpreendeu nessa obra foi o fato de ser um estilo que gosto muito: romance de escritório. Não sei se seria bom colocar esse rótulo no livro da Rossana, mas foi assim aos meus olhos. A autora tem uma escrita madura, rebuscada e sensual – que tanto curti no seu primeiro livro (resenha aqui) – ao criar um novo romance que foi muito sensual, bonito e que cresceu aos poucos dando gosto em acompanhar a trajetória do Raul e da Ísis em se conhecer, se importar e chegar ao entendimento de que faziam bem um ao outro.

Sou suspeita em dizer o quanto sou admiradora dessa autora que sempre me encanta a cada livro com histórias envolventes e personagens maduros. Já quero o próximo!

 

Participe do “Comentário Premiado” de abril clicando aqui

 

Anúncios

6 comentários em “[RESENHA] “Depois das Cinco” de Rossana Cantarelli Almeida

  1. Clarisse que lindo!
    O enredo parece ser maravilhoso, a capa já me ganhou antes de ler a resenha, agora mais ainda…
    A leitura parece fluir bem espero ler em breve e conhecer a escrita da autora tbm.
    Bjs!

    1. As capas da Rossana são muito lindonas.
      Depois procura a Duologia Rock & Perfume, outra lindonas tbm.

      Beijokas flor, ótimas leituras pra ti ❤

  2. Oi Clarisse,
    Adoro livros que contém narrativa intercalada, gosto de conhecer os dois lados do romance. A história fala bastante sobre a redescoberta do amor, acho isso tão lindo, principalmente para Raul que tinha motivos para não acreditar nisso de novo.
    Outra coisa que senti é que o romance entre eles foi bem construído, e de forma gradativa.
    Um dos motivos de amar acompanhar o blog é conhecer novos nacionais, e esse foi mais uma bela surpresa.
    Minha lista de desejados não acaba mais, já acrescentei Depois das cinco nela, rs.
    Beijos

    1. Vitória! Sim, o Raul é um exemplo lindo de superação no amor. E a Ísis tbm não fica atrás…
      O romance gradativo entre eles foi o que mais gostei.
      Essas nossas listas não tem fim né? Affff hahahaha Mas a gente ama!

      Beijão flor

  3. Você é uma mulher que me inspira em muitos momentos. Você é a amiga que me ouve e diz o que preciso ouvir. A parceira que está sempre a meu lado me incentivando. Muito obrigada, Lisse. O mundo da literatura precisa de mais pessoas como você.
    Beijos
    Ro

    1. Meldeus!! Aquele comentário que engrandece a alma!
      Muito obrigada por ser quem você é… amo você demais!
      Bjks e obg por me escolher como amiga e parceira ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s