Parceria · Resenha

[RESENHA] “Selvagem Moto Clube”, de Mari Sales – @autoramarisales

Boa tarde!!!

E hoje, véspera do lançamento do terceiro livro da Série Mulheres no Poder, de Mari Sales, venho com a resenha do primeiro livro da série.

Um moto clube que precisa eleger um presidente o quanto antes, uma mulher que não tem medo de cara feia e muita adrenalina marcam esta história.

Confiram a resenha completa abaixo.

O presidente do Selvagem Moto Clube está gravemente doente e um sucessor precisará ser escolhido antes que John morra. O vice-presidente deveria ser o herdeiro legítimo, mas seu mal caráter e negócios ilícitos fazem com que essa vaga seja disputada.
John nunca quis que sua família se envolvesse com seu Moto Clube, mas sua filha Valentine entra na disputa pela presidência e nada mudará sua decisão. No meio dessa disputa entre o comando do Selvagem, Doc é o único homem que ela poderá confiar para lutar pelo Moto Clube e quem sabe pelo seu coração, que há muito foi judiado por outro motociclista.
Entre a brutalidade e o preconceito, Doc e Valentine encontrarão muito mais do que resistência nos membros do Moto Clube, mas intrigas e traição.

Amazon

A pose de confiante e bem-sucedida não passava de uma grande fachada para minha insegurança e frustração em assuntos relacionados ao coração.

É protagonista forte e destemida que você quer? Pois saiba que foi exatamente isso que encontrei aqui.

Ainda não havia lido nenhum livro em que o cenário principal  fosse um moto clube, também chamado aqui por MC, com suas regras e tensões. Então foi muito bom poder mergulhar nesse universo totalmente novo pra mim.

A história é a seguinte, John, o presidente do Selvagem Moto Clube está a beira da morte, e todos tem de correr para que um novo presidente seja eleito o quanto antes, pois o vice-presidente, Lorenzo, é um homem corrupto que poderá levar o MC a ruína. E é aí que surge toda poderosa, de calça de couro e montada em sua moto a filha de John, Valentine, disposta a assumir o MC.

Ninguém imaginava que o presidente tivesse uma filha mulher, pois todos sempre imaginavam que John tivesse um filho homem, já que ele guardou segredo sobre a filha para protegê-la.

Valentine é aquele tipo de mulher forte e durona, que dona de uma baita personalidade se mostra pronta para assumir o Selvagem Moto Clube, nem que pra isso tenha que lutar contra o machismo de cada um dos membros.

Nossa forte motoqueira, viveu um relacionamento conturbado com Jack, que só a fez sofrer, e ela o amava e ele não estava disposto a assumir um relacionamento.

Brian, ou Doc, é um dos membros do MC, médico e braço direito de John. Ele e sua família foram salvos pelo Selvagem, e por isso ele parece ter uma dívida de honra. Ele é tão durão quanto Valentine, além de ser bastante protetor.

Logo no primeiro encontro entre Valentine e Doc, podemos sentir faíscas saindo deles. Um verdadeiro casal fogo e gasolina, que se mostra uma dupla perfeita no amor, sexo e na luta pelo bem-estar do Selvagem Moto Clube.

Não havia volta, essa mulher conseguiu despertar meus instintos adormecidos de posse e proteção anteriormente entorpecidos.

Ainda vamos conhecer uma personagem secundária tão fodona quanto Valentine, que é Nina, sua melhor amiga. Vamos conhecer também as vadias e as senhoras, que são respectivamente, as mulheres solteiras que rodeiam os homens do MC, e suas esposas.

Só que em meio a tudo, Valentine ao lado de Doc e Nina irão enfrentar não só o machismo para que ela assuma a presidência do MC, mas também perigos que eles nem imaginavam, capaz de colocar a vida de todos em risco.

O livro é escrito em primeira pessoa, com o casal de protagonista narrando tudo.

Achei incrível a construção da história, e mais ainda a personalidade fodona de Valentine, que é uma mulher destemida e disposta a provar o seu valor.

Minha postura estará pior e não me importo se isso incomoda alguém. Estou pronta para o desafio.

A história flui bem, e a escrita de Mari Sales é viciante. Esta é uma daquelas histórias que você não quer largar mais depois que começa.

Em breve irei me aventurar em um novo MC: o Aranhas Moto Clube.

Participe do “Comentário Premiado” de abril clicando aqui

Anúncios

7 comentários em “[RESENHA] “Selvagem Moto Clube”, de Mari Sales – @autoramarisales

  1. Oi Rê,
    Imagina o meu orgulho ao ler essa resenha? Aliás, quando descobri a série porque não a conhecia… Além de achar toda a ambientação e enredo bem originais, amei a protagonista que a Mari criou, que mulher que tem garra e luta pelo que quer.
    Confesso que apesar de amar romances, e claro, de curtir muito o que está nesse livro, o que mais me chama atenção foi a construção dos personagens, todos muito bem colocados, e não imagina como estou curiosa para saber como é dentro do Moto Clube. Amei!
    Beijos

    1. Boa tarde!!
      Esta série é ótima, porque foge da “mesmice”. A autora soube criar tudo muito bem.
      Corre lá pra ler.
      Bj

    1. Boa tarde!!!
      Em breve já vou ler o segundo da série. É tão bom ler um livro com uma mocinha destemida 🙂
      Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s