Parceria · Resenha

[RESENHA] “Atroz: uma fuga inesquecível”, de Evilane Oliveira

Boa tarde!!!

Já vinha há um bom tempo com vontade de ler este livro, antes mesmo de fecharmos parceria com a autora.

Este é o primeiro livro da Evilane Oliveira que leio, e que livro minha gente! Uma história daquelas de prender a cada página e personagens marcantes.

Confiram logo abaixo a resenha completa de “Atroz: uma fuga inesquecível”.

ATROZ
Adj.
Feroz; muito cruel.
Tormentoso.

Luca não tem uma vida fácil. Cuidar dos irmãos mais novos, Valentina e Felipe, é sua maior prioridade e é por isso que na escuridão da noite ele corre em rachas ilegais. A grana é boa e ele pode cuidar deles sem tantos percalços no caminho. Porém na noite em que o racha é descoberto pelos policiais Luca precisa fugir rápido. Com o carro muito longe para pegar, ele corre pelas ruas tentando despistar os policiais.

E foi nessa hora que ele resolveu roubar o carro de uma patricinha.

Só que ela veio junto.

PUREZA 
P.metf. 
Virtude do que não tem maldade nem malícia; 
Candura, sinceridade.

Alicia está entrando para sua tão sonhada faculdade de arte, mesmo contra a vontade do pai, ela está radiante. Pintar é tudo que ela pode querer profissionalmente. Sua vida é simples e até bastante quieta, mas quando seu carro é roubado por um homem mal e cheio de arrogância, tudo de calmo é inundado pela parte escura do homem que ela denominou; Atroz.

Durante uma noite e um dia Luca conheceu a parte frágil e delicada de Alicia e ela conheceu o homem atroz, arrogante e idiota, mas também um homem carinhoso com os irmãos e a para sua agonia; cuidadoso com ela.

O mundo dos dois vai colidir e só um deles vai continuar de pé; com certeza não é o de Alicia.

Amazon

Um cara rouba meu carro, no processo, ele me rouba e depois eu tenho que ficar trancada em seu quarto durante a noite. Que história maluca é essa?

Uma das várias coisas que tenho aprendido com o blog é o tanto de autores nacionais excelentes que temos, e Evilane Oliveira com certeza faz parte deste grupo.

Aqui em “Atroz” nós conhecemos os protagonistas Alícia e Luca, duas pessoas que vivem realidades completamente diferentes, mas que de repente se encontram em uma história emocionante e de tirar o fôlego.

Luca é um rapaz humilde que após a morte dos pais ficou responsável pelos irmãos mais novos, Tina e Felipe. Trabalhando durante o dia como mecânico, a noite Luca além de ganhar um dinheiro extra ainda sente toda a adrenalina ao participar de rachas.

Alícia vem de uma família rica, e está prestes a realizar seu sonho de fazer faculdade de arte, mas seu pai é contra esta decisão. Decidida a dar um rumo em sua vida, Alícia acaba saindo de casa, trocando a vida luxuosa que tem para dividir apartamento com sua amiga, Beatriz.

Ela parece um anjo, ingênua, tímida e malditamente proibida. Isso é uma merda, já que eu gosto do proibido.

Em uma noite que tinha tudo para ser como outra qualquer, Alícia tem seu carro invadido por Luca, que está fugindo da polícia que acabou de ir até o local onde os rachas acontecem. Sendo obrigada a passar horas rodando de carro, Alícia passa a chamar Luca de Atroz, devido a seu temperamento. Já Luca vê nela apenas uma patricinha metida.

Quando Luca leva Alícia até a casa dele, ela acaba vendo que por trás daquele cara arrogante e mandão existe um cara responsável e até mesmo sensível. E é aí que Alícia começa a se apegar a Luca e seus irmãos, e vice-e-versa, fazendo com que ambos tenham que se encontrar mais vezes que apenas aquela noite.

Eu gosto de correr, pode ser errado, mas é uma das coisas que me faz feliz. A adrenalina domina meu corpo enquanto sinto o motor rugir, quando os pneus fazem poeira no chão ou apenas o cheiro do couro sendo desgastado pelo contato com o asfalto. Eu amo correr e claro, vencer. Ou eu sou somente um doente.

A atração entre os protagonistas é grande, e eles vão se dando conta que é inevitável negá-la. A forma como a autora conduziu tudo foi excelente, não tornando este romance forçado ou com que as coisas acontecessem num piscar de olhos, além de mostrar algumas das dificuldades que eles teriam de enfrentar.

Tanto Alícia quanto Luca mostram o quanto estavam enganados a respeito do outro, e tudo vai ocorrendo naturalmente.

Os personagens secundários também são bem construídos, entre eles os irmãos de Luca e Theo, que é o melhor amigo de Luca, e também Kieran, que se mostra um personagem intrigante.

Há algumas reviravoltas no decorrer da história, onde Luca acaba sendo vítima de suas próprias decisões, mesmo querendo proteger aqueles que ama. Ainda teve uma personagem que havia gostado, mas que estou até o presente momento com vontade de esganá-la.

O livro é escrito em primeira pessoa, sob os pontos de vista dos dois protagonistas. Gostei muito do ritmo da história, a autora não perde tempo descrevendo muitas coisas, tornando uma leitura bastante agradável.

A trama toda foi muito bem desenvolvida. Luca e Alícia se mostraram mais parecidos do que deixavam transparecer, e pude acompanhar o amadurecimento de ambos.

Este livro traz grandes ensinamentos, e um deles é que nem tudo é o que parece. Luca e Alícia nos provam que o amor pode estar nos lugares onde não imaginamos, e que nunca devemos julgar os outros.

Ação, romance e drama, uma história surpreendente e de tirar o fôlego.

Minha Barbie, minha Patrícia, minha, Sem explicação ou causa. Ela é minha.

Participe do “Comentário Premiado de Março” clicando aqui

Anúncios

9 comentários em “[RESENHA] “Atroz: uma fuga inesquecível”, de Evilane Oliveira

  1. Gente do céu tive uma pequena crise de riso com essa sinopse com certeza com certeza mesmo quero ler esse livro já estou caçando ele pela internet porque eu preciso comprar ele Achei bem interessante não tinha lido nada até agora parecido com isso e com certeza fiquei empolgada

  2. Renata!
    Gosto muito de poder conhecer novvas autoras e quando são boas, certeza que quero poder ler.
    Gostei deles não terem ‘se batido’ logo de primeira, mas sentiram uma atração forte.
    E ainda com personagens secundários bem elaborados, deve ser um romance imperdível.
    Bom final de semana!
    “Quando choramos abraçados e caminhamos lado a lado. Por favor amor me acredite, não há palavras para explicar o que eu sinto…” (Renato Russo)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MARÇO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    1. Boa tarde!!!
      Essa história é ótima! A autora soube construir muito bem os personagens e conduzir a história.
      Bj

    1. Boa noite!
      Evilane, é tão bom saber que o autor gostou do que escrevemos sobre o livro 🙂 E ainda vem comentar! Você é muito linda!
      Nós que agradecemos pela parceria.
      Bj

  3. Boa Noite Renata….
    Que História interessante…😍
    Adorei a resenha….😘
    Esse livro concerteza vai pra minha listinha de leitura💃❤😘
    A capa do ebook também achei bem legal👏😉.
    Bjs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s