Resenha

[RESENHA] “Pule, Kim Joo So” de Gaby Brandalise por Verus Editora – @gabybranda @Verus_Editora

Boa tarde galera…

Simbora, falar de doramas? Ops, não, é um livro! Mas é um super nacional com cara de drama coreano. Se eu amo? CLARO!

“O que você faria se precisasse escapar da sua própria vida? Um história inspirada em dramas coreanos.

Marina vive em Curitiba, atormentada pelas agressões do ex-namorado. So vive em Seul, preso a uma culpa da qual não consegue se livrar. 
Em mundos tão distantes, mas carregando dores parecidas, a história dos dois vai se cruzar e fazer com que eles finalmente tomem o controle da própria vida, encontrando o ponto de virada que sempre buscaram. 
Pule, Kim Joo So é uma história ágil e original, que vai surpreender e divertir da primeira à última linha.”

AMAZON

Desde que conheço a Gaby lá pelo canal dela no Youtube e que fiquei sabendo que Pule, Kim Joo So seria lançado por uma editora, é que estou agitada. Muito obrigada, Verus. Então, só Deus para me ajudar! Aqui no blog já conferimos a linda resenha da Renata (leia aqui) e agora chegou minha vez.

Mesmo não estando mais em um relacionamento, Marina é vez após vez perseguida pelo seu ex-namorado e obrigada a aceitar maus tratos quando este arromba o portão da casa e invade a propriedade. Tal ação vem do fato desse homem estar constantemente bêbado e ser um ex-policial, e não conseguir se defender, nem mesmo com a justiça, pois ele e os amigos de farda são a justiça.

Apesar disso, Marina é um jornalista de mão cheia e que tem sonhos maiores além de escrever matérias para a redação de assessoria para o aeroporto de Curitiba. Mas é através desse emprego que ela conhece Kim Joo So, um sul coreano que encontra escondido em um banheiro feminino. Marina não sabe nada sobre ele, mas o ajuda fugindo do aeroporto e recebendo-o na sua própria casa, pois está ferido e amedrontado.

“Levantou o cabelo preto para avaliar o corte. E viu de perto os olhos puxados. Algo neles a algemou. Tinham lágrimas acumuladas e estavam exaustos, buscando os dela como se implorassem que Marina fosse um abrigo.”

Além de não saber nada um do outro e a língua ser uma barreira, isso não impede que nossa protagonista ajude Joo So, e estarem sob o mesmo teto faz com que a interação entre ambos cresça á medida que conseguem desenvolver uma rotina. E amei como isso acontece, porque Marina não fica esperando sentada compreendê-lo, ela corre atrás e procura saber mais sobre a cultura coreana e como o idioma se forma, e até mesmo usando a tecnologia a seu favor.

Enquanto ficam mais e mais achegados acontece algo que os tornam não só importantes um para o outro como também faz a leitura se tornar mágica e fantástica, revelando de onde Kim Joo So veio e quem ele é. E após isso, é um círculo louco de acontecimentos que me manteve entretida e totalmente louca querendo saber o que estava acontecendo.

“Os olhos dela estavam aflitos com a possibilidade de não ter So nunca mais, de tudo não ter passado de um efeito especial ou de pano de fundo para uma história que não fosse dos dois.”

Pule, Kim Joo So é um livro escrito em terceira pessoa que nos deixa á par de tudo o que acontece dentro da história e dentro da cabeça dos personagens. E não faz muito tempo que esse tipo de narrativa tornou-se minha preferida e a estreante Gaby Brandalise fez um excelente trabalho em criar um mundo tão cheio de significados e de magia. Se eu já tinha fé de que ela fosse incrível pelo jeito que se expressa no canal, agora minhas hipóteses foram confirmadas.

Mas preciso trazer á tona, pois de todas as resenhas que já li desse livro nenhuma fizeram menções sobre os personagens secundários, que são tão maravilhosos e cheios de personalidade como os principais. Lee Tan, Ji Hye e Irene tem as suas próprias histórias que me deixou muito emocionada e me arrancou muitas lágrimas (confesso!).  E eles foram responsáveis de por vezes eu me questionar qual história era a mais importante dentro do livro, e até agora ainda não sei…

“Ji Hye reconheceu o medo no rosto de [Lee] Tan, a fragilidade que ele nunca mais tinha mostrado, como se tivesse espiado pela cortina do trauma atrás da qual ele se escondia havia tantos anos. Suspirou de saudades da pessoa que ele tinha sido no passado. Quis abraçá-lo.”

E finalizei a leitura também me questionando se poderia colocar Pule, Kim Joo So na minha lista de doramas “visto” desse ano, pois como toda a ambientação entre Brasil e Coreia do Sul realmente me senti sentada no meu quarto vendo um dorama. E não é á toa que esse livro é uma história inspirada em dramas coreanos porque realmente senti a similaridade com alguns dramas que já vi.

Fico imensamente feliz em indicar esse livro nacional que orgulhosamente está entrando entre os meus preferidos. Amei a escrita da Gaby Brandalise porque ela não é aquele tipo de autora que mima o leitor, segurando a mão dele e dizendo o que é isso ou o que é aquilo, ou dando fatos demais sem necessidade. Ela simplesmente acredita que nós somos capazes e diz “Vai, você consegue!” e eu terminei Pule, Kim Joo So me sentindo realizada e com um sentimento de que ela fez o melhor para me entreter e fazer com que as histórias dos seus personagens fossem a melhor possível.

 

Participe do “Comentário Premiado de Janeiro” clicando aqui 

Anúncios

10 comentários em “[RESENHA] “Pule, Kim Joo So” de Gaby Brandalise por Verus Editora – @gabybranda @Verus_Editora

  1. Oi Clarisse!
    Infelizmente eu não conheço a Gaby, mas desde o lançamento do livro também fiquei interessada nele, principalmente quando vi que as ambientações seriam Curitiba e Coréia. O enredo que a autora criou parece bem original, despertou minha curiosidade sobre os motivos de Joo Soo estar com tanto medo, pela resenha já vi que vou me surpreender.
    Ah, amei, amei e amei essa capa ..
    Beijos

  2. Eu acho muito massa Quando você parar para perceber e ver que a cultura coreana está se aprofundando e se misturando com a cultura brasileira muitos jovens hoje em dia são apaixonados por k-pop e esse livro é uma prova viva a ideia da autora foi bem interessante mas confesso que eu não me sentia atraída pelo livro fiquei um pouco confuso ao desenvolver da história e sei que um dia eu vou ler esse livro mas não acho que essa seja a hora

    1. Carol, quando chegar a hora você vai olhar para ele e dizer É AGORA!
      Quando for a hora me conte ok?
      Tá lendo o que de bom? Bjks

  3. Clarisse!
    Gosto das leituras que acabam sendo um desafio por serem diferentes de tudo que já foi lido.
    Para mim seriam muitos desafios, afinal, nunca li ou assisti roteiros de dramas coreanos e como são frases curtas já que é um roteiro, mas ainda assim não perde no envolvimento dos sentimentos dos protagonistas, deve ser uma leitura diferente e muito boa de ser feita.
    Novo Ano repleto de realizações!!
    “Meta para o Ano Novo? Ser feliz!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    1. Rudy, Pule Kim é muito diferente. Ainda fico meio sem palavras para comentar sobre esse livro. Foi mega pessoal pra mim.
      Mas mesmo que você não tenha visto nenhum dorama é outro modo de entrar no mundo asiático, não tenha medo. A escrita da autora vai te deixar ligada e é muito explicativa.

      Bjks

  4. Oi Clarisse!
    Desde o lançamento tô namorando esse livro, confesso que não sou mto de ler o gênero mas esse enredo me prendeu a atenção, me despertou mta curiosidade em conhecer, a capa está bem bacana…
    Bjs!

    1. Ahhhhhh Aline, leia, leia, leia!! Sou suspeita de falar.
      O enredo e a escrita da Gaby é ótima.
      Bjks

  5. Então se Clarisse que parece gostar de um dorama gostou então a história deve ser boa mesmo rsr. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas as resenhas que vejo são animadoras e curti muito saber tua opinião assim como curti ler a resenha da Renata, é consenso que o livro é bom e agora só falta surgir a oportunidade pra eu me jogar na leitura que parece ser bem movimentada já que os personagens secundários também ganham participação e importância na história 😉

    1. Lili, eu amo doramas e sou mega suspeita em falar isso. Vc já assistiu algum??
      Tomara que você coloque Pule Kim na sua lista de leitura.
      Dedos cruzados aqui. Mas você está lendo o que de bom?
      Bjks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s