Resenha

[RESENHA] “Pule, Kim Joo So”, de Gaby Brandalise por Verus Editora – @Verus_Editora @gabybranda

Boa tarde!!!

Dessa vez me vi presa a um mundo novo, um mundo que ainda não conhecia, e que através da escrita da autora Gaby Brandalize me vi presa a ele. Este mundo é o mundo dos doramas coreanos.

Aqui nós vamos conhecer uma brasileira que se vê presa a uma vida que ela não gostaria de estar vivendo e um coreano misterioso que surge do nada na vida desta brasileira.

Confiram minha resenha de “Pule, Kim Joo So”.

Marina vive em Curitiba, atormentada pelas agressões do ex-namorado. So vive em Seul, preso a uma culpa da qual não consegue se livrar. 
Em mundos tão distantes, mas carregando dores parecidas, a história dos dois vai se cruzar e fazer com que eles finalmente tomem o controle da própria vida, encontrando o ponto de virada que sempre buscaram. 
Pule, Kim Joo So é uma história ágil e original, que vai surpreender e divertir da primeira à última linha.

“Pule, Kim Joo So” é um livro inspirado nos famosos doramas coreanos, e eu sou bastante leiga no assunto, pois a PHD aqui do blog no assunto é a Lisse. Eu, inclusive brinco que tenho medo de assistir um único episódio e dar adeus a tudo, pois pelo que sei os doramas são bem viciantes.

Recebi a prova do livro da Verus, e por isso acabei me aventurando por este mundo, até então desconhecido pra mim.

Bem gente, aqui nós somos apresentados a Marina, uma jovem de Curitiba que trabalha como jornalista no aeroporto, o que não é bem o emprego de seus sonhos, mas é algo com que ela tenta se contentar. Ela vive constantes brigas com o ex-namorado, que invade sua casa bêbado e lhe dá várias surras. Intencionalmente ou não, a autora já mostrou algo comum entre vítimas de violência: o medo de denunciar, pois no caso, o ex de Marina é um ex-policial, e são sempre os seus antigos colegas que o tiram da casa dela, e em um ponto da história Marina fala sobre o medo de denunciá-lo, pois tem medo do que aconteceria com ela depois disso.

Kim Joo So é um coreano de Seul, que surge no banheiro do aeroporto em que Marina trabalha, e ao ser encontrado por ela acaba indo viver em sua casa, onde a ligação entre eles cresce mais a cada dia.

Marina precisava se concentrar no que estava acontecendo. Tentava não prestar atenção nos olhos escuros entre os cabelos molhados, no tórax exposto, bem ao alcance dos dedos. Tentava não imaginar o gosto que a boca de So devia ter naquele momento, de água gelada e hortelã. Mas era como tentar correr no sentido contrário de uma escada rolante.

O mistério fica por conta de como Kim Joo So foi parar no banheiro do aeroporto, além de seu passado e o porque ele parece se culpar por algo que aconteceu em sua vida.

O livro é escrito em terceira pessoa, e tudo acontece rápido, as cenas mudam bastante, mas apesar deste ritmo bastante acelerado a autora deixa tudo bem explicado, sem margem para dúvidas. E conforme alguns segredos iam sendo revelados, fui criando mais e mais teorias, minha cabeça não parava de pensar enquanto lia, pois a história aqui contada faz nossa cabeça ir a milhão.

Gostei bastante da trama, dos cenários, dos personagens, e realmente foi ótimo poder conhecer um novo mundo, ter contato com um tipo de escrita totalmente novo para mim.

Não vou poder me aprofundar muito na história, pois corro o risco de dar algum spoiler, e realmente este é o tipo de leitura em que é melhor você ir descobrindo as coisas conforme vai lendo o livro.

Minha resenha foi de alguém leiga no assunto, mas talvez em breve vocês leiam aqui a  resenha de alguém que conhece muito bem o assunto, e que vai se aprofundar em tudo #ficaadica.

Participe do “Comentário Premiado de novembro” clicando aqui 

Anúncios

11 comentários em “[RESENHA] “Pule, Kim Joo So”, de Gaby Brandalise por Verus Editora – @Verus_Editora @gabybranda

  1. Boa tarde Renata.
    Não sou muito conhecedora de doramas…..mas vejo agora uma oportunidade de começar entrar nesse mundo.
    Para quem diz ser leiga mo assunto….apresentou bem a historia.
    Adorei a resenha…..parabêns.
    Bjs

    1. Boa tarde!!!
      Ownnn melhor coisa do meu dia isso! Obrigada! Fico muito feliz que tenha gostado da resenha.
      Bj

  2. Renata!
    Gosto das leituras que acabam sendo um desafio por serem diferentes de tudo que já foi lido.
    Para mim seriam muitos desafios, afinal, nunca li ou assisti roteiros de dramas coreanos e como são frases curtas já que é um roteiro, mas ainda assim não perde no envolvimento dos sentimentos dos protagonistas, deve ser uma leitura diferente e muito boa de ser feita.
    “A arte de ser sábio é a arte de saber o que ignorar.” (William James)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    1. Boa tarde!!!
      Só posso te dizer uma coisa: este livro é muito muito bom! Quero arranjar tempo pra começar a ver doramas haha
      Bj

  3. Assistir doramas é quase uma febre né?! são tantas pessoas que assistem e gostam, eu peguei uns dois pra ver, o primeiro não curti muito apesar de ter rido bastante e o segundo comecei a ver amei, mas o restante era pago e ainda não dei continuidade haha ❤ Mas em resumo, apesar de muito drama até que curti os tais doramas e achei a ideia da autora de fazer um livro interessante. Gostei muito da resenha e vou querer ver a resenha da Lisse sim 😉

    1. Boa tarde!!!
      Olha aí Lisse: tu vai ter que fazer essa resenha haha
      Eu ainda não assisti, falta de tempo mesmo, porque já peguei até umas dicas de doramas por aí haha
      Feliz que tenha gostado da resenha!
      Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s