Resenha

[RESENHA] “Cretino abusado”, de Penelope Ward e Vi Keeland por Planeta de Livros Brasil – @ViKeeland @PenelopeAuthor @PlanetaLivrosBR

Boa tarde!!!

O encontro entre um motoqueiro sedutor e uma advogada atrás de um recomeço é o pano de fundo para o início dessa história.

Uma história que mistura romance, humor drama marca o primeiro livro que leio da parceria entre Penelope Ward e Vi Keeland.

Romance das autoras best-seller do The New York Times Após ser traída pelo ex-namorado – chefe da firma de advocacia em que trabalhava – Aubrey decide que precisa de um recomeço. Deixa tudo para trás e aceita um emprego em uma startup na Califórnia, Estados Unidos, e parte em uma viagem de carro que mudará toda a sua vida. Em uma parada na estrada, Aubrey conhece Chance, um homem atraente que viajava de moto. Com o corpo perfeito e sotaque australiano, o ex-jogador de futebol era bem convencido e arrogante. Quando sua moto quebra, Chance precisa da ajuda de Aubrey. Ele promete levá-la em segurança até seu destino em troca de uma carona, e os dois decidem seguir viagem juntos. Aubrey está traumatizada após seu último relacionamento, mas sente uma atração incontrolável por aquele cretino abusado. Apesar da ligação cada vez mais forte entre os dois, Chance guarda um segredo que poderá separá-los para sempre.

Já conhecia a narrativa das duas autoras, por isso não esperava menos que uma baita história quando soube que este livro foi escrito em parceria entre elas.

Em “Cretino abusado”, temos como protagonistas Aubrey e Chance, além de um terceiro personagem, mas este serei malvadinha e não irei falar quem é 🙂

O livro é dividido em duas partes, onde na primeira quem narra é Aubrey, e na segunda Chance.

Na primeira parte, Aubrey está viajando de carro para um recomeço na Califórnia logo após ser traída por seu namorado. Em uma parada durante a viagem ela conhece Chance, que se mostra um grande cretino abusado, ao mesmo tempo em que ela se sente atraída por ele.

Após um problema com a moto de Chance, ele acaba convencendo Aubrey a lhe dar uma carona, já que vão para cidades próximas, e é aí que começa uma verdadeira aventura, com direito a muita confusão e risadas.

Enquanto lia sentia que Chance sentia tanta atração por Aubrey quanto ela sentia por ele, e eu ficava tentando entender o porque dele ficar se esquivando toda vez que ela decidia ir pra cima.

Minha cabeça estava tentando lidar com o fato que ele tinha deixado implícito que essa viagem era o máximo que teríamos. De um jeito típico, sempre que Chance me dava um pouco de esperança de que algo estava rolando entre nós, ele a arruinava em seguida.

A viagem é cheia de altos e baixos, e vamos conhecendo aos poucos a história dos protagonistas.

Essa primeira parte terminou comigo pensando: “que po**a é essa que aconteceu?”. Ainda bem que as autoras foram boazinhas e fizeram um livro só explicando tudo que aconteceu.

Ao observar Aubrey, senti como se um enorme peso tivesse sido tirado de mim. Era a primeira vez que eu podia realmente estar com Aubrey sem apreensão e incerteza.

A segunda parte do livro, que é narrada por Chance, também começa com uma revelação onde tive que ler mais de uma vez pra ver se tinha entendido direito. Essa parte começa dois anos após o fim da primeira parte.

Agora nós temos um Chance determinado a reconquistar Aubrey, fazendo coisas insanas para se manter por perto. Por outro lado, temos uma Aubrey mais madura, com um novo relacionamento, e com medo de voltar a confiar em Chance.

E se ri na primeira parte, aqui acho que ri mais ainda, ao mesmo tempo em que ficava na torcida para Chance e Aubrey ficarem juntos.

As autoras conseguiram criar uma história divertida, romântica, dramática e com uma pitada de sensualidade, uma história que prende e anima o leitor.

Só sei que quero mais livros das autoras 😉

Participe do “Comentário Premiado de Outubro” clicando aqui 

 

 

 

Anúncios

7 comentários em “[RESENHA] “Cretino abusado”, de Penelope Ward e Vi Keeland por Planeta de Livros Brasil – @ViKeeland @PenelopeAuthor @PlanetaLivrosBR

  1. Oi Renata, tenho até medo dessa terceira perspectiva que as autoras incluíram, a última não me ganhou rsr. Mas a capa é linda e a história parece valer a pena, ser divertida e envolver o leitor. Fiquei imaginando o que aconteceu ao final da primeira parte pra eles se separarem, tomara que não seja muito grave pra ver se eu consigo perdoar Chance, porque se é ele que vai atrás imagino que ele que erre 😀 😀 Amei a resenha e espero poder ler essa história também futuramente 😉

    1. Boa tarde!!!
      Esse terceiro protagonista é alguém por quem você vai se apaixonar, e ele não vai separa o casal não 😉 vou ficar quieta se não vou acabar falando que ele é hahaha
      Sobre Chance, voccê vai acabar entendendo ele, e mais que isso: vai se apaixonar muito por ele 🙂
      Bj

  2. Renata!
    Que malvadeza não nos deixar saber quem é o terceiro personagem do livro…
    Aventura com muita confusão é bom demais, gosto de livros assim.
    Bom ver que Aubrrey e Chance tentam reconquistar um ao outro, mesmo com tantos altos e baixos.
    Deve ser uma leitura delicinha!
    “É melhor saber coisas inúteis do que não saber nada.” (Sêneca)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s