Resenha

[RESENHA] “A Garota dos Olhos Azuis” (Flores Partidas – Livro 0) de Karin Slaughter – @HarperCollinsB @SlaughterKarin

Boa tarde!

Hoje começamos com tudo essa Mês do Horror. E para esse início tentei começar de um jeito light, mas tudo que eu consegui foi tomar uma cacetada com esse pequeno livro que contém uma grande história.

 

Uma linda garota caminha pela rua quando, de repente…

Julia Carroll sabe que muitas histórias começam assim. Bonita, inteligente, dezenove anos e recém-chegada à faculdade, ela deve tomar cuidado. Mas, mesmo com todo cuidado, ainda está apavorada, porque várias meninas estão desaparecendo.

Uma colega sua, Beatrice Oliver, desapareceu. Assim como uma moradora de rua chamada Mona-Sem-Nome. As duas sumiram no meio da rua, sem deixar vestígios.

Julia não quer ser a próxima… Sua única saída é descobrir as razões por trás desses mistérios.

A garota dos olhos azuis é um emocionante e inesquecível prequel do best-seller da autora Karin Slaughter, Flores partidas.

AMAZON – EBOOK GRÁTIS

Esse foi um ebook que já tinha no meu kindle há muito tempo visto que ele está grátis na Amazon, e foi o primeiro livro que pensei em colocar na TBR do Mês do Horror (veja o post de Introdução aqui), então ele veio muito a calhar para esse Mês do Horror.

A Garota dos Olhos Azuis é um prequel, ou seja, narra acontecimentos anteriores do livro Flores Partidas. E para quem não quer ir direto para o livro sem saber bem do que se trata, é um modo muito bom de começar a conhecer a escrita da autora Karin Slaughter.

Em apenas 118 páginas, passamos um dia completo com Julia Carroll nos anos 90. Ela trabalha para o jornal da Faculdade da Geórgia e que vê Beatrice Oliver ser notícia em todos os jornais quando a menina desaparece. Mas isso toma proporções gigantesca, pois ninguém viu ou sabe o que aconteceu. Ela simplesmente saiu, não voltou e ninguém na cidade sabe o que realmente aconteceu com Beatrice.

“Bonita. Marcante. Bela. Jovem.”

E no meio desse caso de desaparecimento, começamos a conhecer melhor Julia, que é uma menina que acabou de sair de casa para ir á faculdade, mas que ainda é bem achegada a família, conversa sempre que pode com as irmãs mais novas. Tomamos conhecimento dos seus amores e desamores. Assim como também, o que ela faz além da faculdade, que é ser voluntária em um abrigo.

“Todas aquelas meninas bonitas. Todas desaparecidas. Ou levadas. Ou mantidas em cativeiro. Ou, talvez, seus corpos simplesmente não tenham sido encontrados.”

Uma das minhas partes favoritas foi a parte onde a Julia contava sobre o que ela fazia no abrigo e lidava com mulheres que não tinham onde morar, ou nenhum contato com suas famílias. E também ao relatar problemas sociais que sabemos, mas não tomamos tanto conhecimento por falta de interesse ou qualquer outro motivo. Mas eu adorei a vida dessas mulheres… me senti cativada e emotiva.

Além disso, há o trabalho da Julia no jornal e como ela quer escrever coisas importantes. E ao tentar descobrir mais sobre Beatrice e outros acontecimentos na cidade que aos seus olhos são suspeitos, ela entra de cabeça nisso. E com certeza foi um dos momentos mais interessantes da leitura: o modo como Julia, Greg e Sr. Hannah discutem sobre as estatísticas.

“Não odeio vocês porque têm um pau. Odeio vocês porque são uns idiotas.”

E aqui chega ao fim, porque com um livro de um pouco mais de 100 páginas não dá pra contar e desenvolver muito uma resenha. Mas essas páginas foram o suficiente para me deixar muito ligada e terminar a leitura mais interessada ainda em pegar o Flores Partidas.

Participe do “Comentário Premiado de Julho” clicando aqui

Anúncios

5 comentários em “[RESENHA] “A Garota dos Olhos Azuis” (Flores Partidas – Livro 0) de Karin Slaughter – @HarperCollinsB @SlaughterKarin

  1. Clarisse!
    Como introdução, tanto do livro Flores partidas, como do mês do Halloween por aqui, foi uma boa escolha, porque na verdade não há muito terror, porém há comportamento suspeito dos moradores do lugar onde Beatrice desapareceu e é bom conhecer Julia antes de partir para o livro.
    Sensacional!
    Desejo uma ótima semana produtiva!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  2. Oi Clarisse, esse livro mais curto parece uma boa pedida pra o leitor começar a se adaptar a série e ao gênero e acho que você escolheu bem pra começar essa sua maratona. Como esse é um prequel já deu pra perceber como ele é bom por você terminar querendo ler o livro 😀 Júlia parece ser uma personagem interessante e fiquei curiosa pra saber como acompanhar um dia dela se encaixa no desaparecimento de uma menina (esse caso aliás me lembrou o de Madeleine que aconteceu muitos anos atrás e infelizmente acho que nunca a encontraram, triste e não tem tanto haver com a história mas me lembrei e comentei :/ ). A capa chama a atenção e espero que você tenha a oportunidade de ler Flores Partidas e nos faça um resenha futuramente 😉

    1. Oie Lili.
      Menina, eu tbm fiquei pensando em como conhecê-la seria importante para o próximo livro. E acredite, faz toda a diferença.
      Tomara que você tenha oportunidade de ler. Bjks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s