Resenha

[RESENHA]”Pegando fogo”, de Abbi Glines por Editora Arqueiro – @AbbiGlines @editoraarqueiro

Boa tarde!!!

E vamos a resenha do último livro da série Rosemary Beach.

Infelizmente chegou a hora de dizermos adeus 😦

Nan Dillon, a bad girl de Rosemary Beach, é uma garota imatura e egoísta que não tem outra preocupação na vida a não ser manter o corpinho perfeito. Só que Nan está longe de ser feliz: nunca teve o amor dos pais, o irmão adorado não tem mais tempo para ela, e Grant, o único homem de quem gostou de verdade, resolveu trocá-la pela meia-irmã dela.

Então, quando Major Colt a convida para sair, ela não pensa duas vezes. Apesar de saber que esse texano charmoso e de fala mansa não quer nada sério, ficar com ele é melhor do que estar com as colegas fúteis ou passar as noites sozinha vendo televisão.

Mas logo Nan fica farta do comportamento descompromissado de Major e, depois que ele a deixa plantada em casa mais uma vez, decide ir a Las Vegas para um fim de semana sem regras e sem limites. Lá, conhece Gannon, um empresário sedutor e perigoso que sempre diz exatamente o que ela quer ouvir.

Quando Major vai atrás dela implorar por uma segunda chance e Gannon mostra que não é tão perfeito quanto ela pensava, Nan tem que decidir a quem entregar seu coração. O que ela não percebe é que os dois têm uma estratégia de longo prazo para ela – e já estão várias jogadas à sua frente.

É galera, Rosemary Beach chegou ao fim… Parece que foi ontem que devorei os três primeiros livros da série em menos de uma semana…

Neste livro aqui teremos como protagonista ela que atormentou a vida de muita gente ao longo da série, a ruiva  bitch malvada Nan.

Era a garota que todo mundo tinha deixado para trás. A que todo mundo odiava.

Um pouco do que seria tratado neste livro foi revelado em “O Último Adeus”. Vou tentar de tudo pra não dar nenhum spoiler master, mas o negócio é o seguinte: um tempo atrás Nan se envolveu com um homem bastante perigoso, e agora ela está sob investigação, e ela nem sonha com isso.

Major, primo de Mase, é um cara que sempre aproveitou de sua ótima aparência e charme para conseguir o que quer. Um conquistador nato, que não dispensa a chance de uma boa transa.

Nan e Major vivem no início do livro uma espécie de relacionamento aberto, com o porém que não existe nenhum relacionamento entre eles. Sentiram o problema né? Pois por Major ser extremamente vaidoso e não querer algo sério com Nan, ela decide espairecer e tentar esquecer Major em Las Vegas (podre de chique!).

Las Vegas acaba sendo cenário uma das maiores aventuras sexuais da vida de Nan a partir do momento em que ela conhece o misterioso Gannon.

O enredo deste livro é bom, e tem uma fórmula bem diferente dos demais livros da série. Mas sabe quando você sente que perdeu alguma coisa importante? Pois é, senti falta de ver como foi a aproximação de Nan e Major, pois o livro já começa com o dilema dela querendo algo mais e ele se mantendo distante.

A narrativa do livro é ótima, surpreendente em alguns momentos, mas a personagem aqui não parecia ser a Nan, e sim uma gêmea boa que assumiu o lugar dela. Ok que ela aprendeu da pior forma o quão solitária seria sua vida se continuasse sento a megera que sempre foi. Ma gente, eu esperava aquela bitch que até três livros atrás atormentava a vida de quem cruzasse seu caminho. Teve momentos que eu esperava (e torcia) pra que ela xingasse um velhinho e chutasse um bichinho (não me julguem!!). Sinceramente não estava preparada pra encontrar uma Nan tão carente assim…

Eu queria ser a Harlow de alguém. Ou a Blaire. Mas eu sempre seria a Nan. E ela não bastava. Nunca havia bastado, e definitivamente não ia mais tentar bastar.

Mas, no meio disso tudo foi legal ver Nan se dando conta do quanto errou com Blaire, e ver as duas se aproximando. Além disso, Nan ama de paixão seu sobrinho Nate.

Por ser o provável último livro de uma série, senti falta de saber como estão outros personagens que protagonizaram os livros ao longo da série. Outra coisa que acho que faltou foi uma aproximação entre Nan e seus irmãos, Mase e Harlow, já que neste livro ela mudou sua forma de agir e de pensar.

Depois de “O Último Adeus” (resenha aqui)que foi um tiro daqueles, eu estava com minhas expectativas altíssimas pra este livro, e sinceramente, me decepcionei por não ter encontrado a Nan bicth  rainha má de Rosemary Beatch. Me senti enganada 😦 Queria a redenção sim da personagem, mas este livro deveria ser maior e até mesmo dividido em dois pra acompanharmos isso…

Esta é minha opinião sobre este livro, mas como gosto é algo que não se discute, talvez você o leia e goste da Nan que encontre aqui. Pra quem gosta de livros com redenção de vilões, talvez goste deste livro.

Pra finalizar gostaria de dizer: Abbi Glines, não sei se um dia irei te perdoar por ter arrancado de mim a minha Nan bitch rainha má de Rosemary Beach.

Participe do “Comentário Premiado de Agosto” clicando aqui

 

Anúncios

15 comentários em “[RESENHA]”Pegando fogo”, de Abbi Glines por Editora Arqueiro – @AbbiGlines @editoraarqueiro

  1. Olá!
    Não sabia que esse livro faria parte do livro O ultimo Adeus, pensei que seria uma serie diferente. A trama e bem interessante, tem um envolvimento nele muito maravilhoso, apesar de não ter lido nenhuma resenha sobres os livros anteriores exceto O ultimo adeus, deu para perceber que o livro tem uma historia muito ótima.

    1. Boa tarde!!!
      “O último adeus” traz outros protagonistas, mas a história de Nan e Major começa a ser citada lá.
      Amo essa série, e estou triste por ter de dizer adeus a ela 😦
      Bj

  2. Ainda não li todos os livros da série. Na verdade estou lendo o primeiro agora meso kkk!
    Eu estou adorando Atração Sem Limites e odiando a Nan!
    Ela realmente é bem chata e mal então deve ser meio decepcionante não encontrar essa garota nesse livro, já que é o livro dela.
    Vou tentar comprar todos da série e me jogar nesse mundo.

    1. Boa tarde!!!
      Essa série é viciante! Depois do primeiro livro não consegui parar até ler toda a série.
      E Nan é terrível desde o primeiro livro. Sinto em te informar, mas ela vai aprontar muito ainda ao longo da série.
      BJ

      1. Por que não faZer um final feliz para Emily e kiro EU gostaria muito que ela ficace Boa e tivesse um final feliz como os outros personagens

      2. Boa tarde!!!
        Também esperava um final feliz pra eles 😦
        Sei lá, a autora poderia criar um tratamento milagroso, em que ela ficaria ainda com algumas sequelas, mas que voltaria a ficar bem e consciente, pra que eles ficassem felizes juntos.

  3. Renata!
    Como não li ainda nenhum dos livros da autora, fico um pouco perdida quando leio uma resenha de continuação, mas vou apontar algumas coisas de sua resenha…
    Achei estranho também uma personagem como a Nan, que foi má durante todos os outros livros, chegar nesse de forma mais acanhada e até certo ponto depressiva, mostrando sua vulnerabilidade. Fácil demais, né? A Redenção deveria vir de outra forma mesmo…
    “…Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante…”(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    1. Boa tarde!!!
      Por isso acho que esse livro deveria ter sido dividido em dois e a primeira parte mostrar um pouco da Nan amadurecendo, ou que tivesse sido mostrado nos livros anteriores um pouco disso.
      Como disse: a história é boa, mas me decepcionei pela Nan já aparecendo assim não me convenceu.
      Mas gosto é gosto né :/
      Bj

  4. Oi Renata…..
    Ainda não terminei de ler o resto da serie….so li os primeiros livros……na verdade devorei eles…kkkk
    Desde o começo dos primeiros livros eu odiei a Nan……….
    Posso ate ler a historia dela para saber o que acontece…..mas não me vem aquela locura pra ler…..
    😏😉Bjs

    1. Boa tarde!!!
      Tava muito ansiosa por esse livro! Corri pra comprar assim que liberou a pré-venda, mas sei de muita gente que curti um monte a série e não quer saber de comprar esse livro.
      Bj

  5. Oi Renata, apesar de conhecer pouco dessa série e ter lido apenas 2 livros, sei que Nan até bem pouco tempo era uma super vilã e o fato da vilã virar mocinha e protagonista de um livro é bem interessante, mas assim como você eu não iria esperar uma mudança completa na personagem, afinal, a menos que ela tivesse perdido a memória e estivesse começando do zero haha, é dificil uma pessoa mudar completamente e acho que quando chegar na leitura desse livro (eu pretendo ler os outros livros da série) isso vai me incomodar também. Mas é o fim de uma série e assim imagino que a leitura deva valer a pena 😀

    1. Boa tarde!!!
      Axu que por estar com as expectativas muito altas em relação a esse livro me decepcionei tanto com ele:(
      Talvez se Nan continuasse com um pouco de sua essência como vilã eu teria gostado mais da leitura.
      Como disse, a história contada aqui é realmente boa, mas se fosse outra personagem que não a Nan eu teria curtido muito o livro. Mas é aquilo né, é minha opinião, e talvez você tenha outra diferente quando ler este livro.
      Bj

  6. Querida, leia: “`A sua espera e Ao seu encontro”, em que aparece o começo do relacionamento do charmoso Major, que não é o que diz ser, e você entenderá como começou.

    1. Boa tarde!!!
      Já li toda a série, e deu bem acompanhar o Major, mesmo ele sendo personagem secundário. O envolvimento dele com a Nan é citado em “O último adeus”.
      Mas senti que faltou algo mais, acho que a autora acelerou muito as coisas.
      Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s