Resenha

[RESENHA] “Escândalo” de Molly Griffin

Olá pessoal!! Como vocês estão?

A resenha de hoje é um nacional que eu pensei ser uma leitura internacional.

Vamos ver o que eu achei?

35666059

 

Conheçam Kristanna Barton.
Detalhista. Dona de um coração frio. Rainha de Gelo.

Kristanna Barton é a garota que todos os caras tentam ter. O grande problema com isso? Ela é fria com qualquer um que tem coragem de se aproximar, motivo pelo qual ganhou o apelido de “Rainha de Gelo”. Kris trabalha em um clube para homens e mantém sua profissão guardada a sete chaves para que possa ter uma vida acadêmica longe de escândalos. O problema é que… ela não esperava ser descoberta.

Quando Aiden Blackwell descobre que a frígida e controlada Rainha de Gelo, na verdade, é uma stripper, ele fica perplexo. Aiden é um cobiçado bad boy camuflado sobre suas próprias máscaras, com um passado turbulento que o levou a se afastar da família. No entanto, ele precisa de um grande favor. E agora que sabe que a Rainha de Gelo é uma farsa, ele não perderá a oportunidade de chantageá-la até conseguir o que quer.

Uma vez que está nas mãos de Aiden, Kristanna terá de aceitar seus termos se não quiser ser desmascarada na frente de todos na universidade. Mesmo que isso signifique que ela tenha que ser a namorada temporária do forasteiro tatuado canadense…

AMAZON

 

 

Sabe quando uma capa pipoca na sua frente várias vezes? Do tipo “me leia, me leia”? Foi o que rolou comigo e com “Escândalo”.

Comecei a leitura achando que seria um baita de um livro hot, mas preciso acabar com a festa e dizer que não é nada disso. A capa condiz quase nada com o que a história realmente é.

Kristanna é uma jovem que está batalhando para se manter na universidade a todo custo, além de ter planos muito bem traçados para ter sua irmã de volta já que não tem condições de mantê-la. E sob toda essa confusão de sentimentos existe a Rainha do Gelo, a outra mulher que Kristanna precisa ser, dona de um coração frio e que mantem as pessoas afastadas.

“A faculdade é uma merda. Entramos achando que vamos nos tornar pessoas melhores, quando na verdade nos transformamos em pessoas piores a cada insulto e ofensa trocados entre as panelinhas.”

Ela trabalha como garçonete num clube de stripper e faz de tudo para que isso seja um segredo da sua colega de quarto e também das outras pessoas na universidade. Mas a vida de Kris vai sofrer uma reviravolta quando Aiden descobre o que ela tanto esconde. E num duelo de vontades vai precisar aceitar as chantagens dele.

E é aí que tudo desmoronou, porque apesar de ser dito na sinopse que Aiden é um playboy tatuado e que faria Kris ficar à mercê dele, eu já imaginei ele sendo um pessoa horrível que iria chantageá-la em situações horríveis e tal. Você pensaria o mesmo? Porque eu pensei! Mas a verdade é que Aiden é um cavalheiro, além de um sotaque canadense que eu acho fofo e que assim como Kris também tem um passado à esconder.

“Sou parte da família. Mas sabe quando você sente que não é tão necessário em um lugar com está sendo em outro? Há coisas que não se explicam, apenas fazemos.”

A vida de Kris e Aiden é uma loucura. Aiden é um homem que quer ter conquistar por seu próprio mérito e não por ter conseguido com o dinheiro dos pais, além de haver algumas coisas que passado por culpa do pai controlador que o fez tomar sérias decisões que o conduziram até onde estava. Já com Kris é um mistério pois aconteceu algo sete anos atrás que a fez se tornar a “Rainha do Gelo” e fica sendo um segredo por uma boa parte do livro.

Esse foi o motivo de eu ter dado 3 estrelas pra essa história. Apesar da leitura ser surpreendente em algumas situações, me senti sendo enganada. Porque também tem o fato da Kris odiar ser uma garçonete num clube, e com a passagem de tempo na história tudo ainda fica bem pior, tipo PIOR MESMO e eu fiquei angustiada.

“E não quero mostrar minha bunda em uma minúscula calcinha fio dental. Não é a minha vontade.”

Também senti muita falta de outros personagens mais dinâmicos dentro do enredo, pois Kristanna é muito solitária e não faz nenhuma interação com outras pessoas. Na sinopse diz que os homens a querem, e não há nenhum homem na turma dela da faculdade, do prédio onde mora ou até mesmo no clube onde ela trabalha que a persiga ou queira ter um envolvimento. Até a amiga não é tão amiga assim…

“As garotas me perguntam sobre como foi o fim de semana na casa dos pais dele, mas tudo o que dou são respostas vagas.”

Pequenas lembranças aqui e ali não foram suficientes para que eu conseguisse me apegar profundamente ao que estava lendo. E com as diversas páginas de pensamentos não me senti muito conectada à personagem. Sinto que poderia ter sido melhor. A autora – Molly Griffin – tinha um baita de um enredo na mão que poderia ter sido melhor trabalhado.

Participe do “Comentário Premiado de Agosto” clicando aqui

Anúncios

12 comentários em “[RESENHA] “Escândalo” de Molly Griffin

  1. Olá!
    E triste quando lemos um livro que a capa e super sexy e no final a historia não tem nada haver, isso e meio chato. A historia me pareceu bem interessante, tem uma premissa muito boa, a historia do personagem deixa você curioso para conhecer e isso e super legal, não sabia nada dessa autora, mas gostei de conhecer.

  2. Descupa gente foi dois comentarios……
    A minha internet falhou e acabei pensando que não tinha enviado…..
    Mas vale o primeiro comentario…..ate por que eles tem o mesmo sentido.
    😊

  3. Oi clarisse gostei da história e me deu vontade de ler.😊
    É livro unico….?
    Como é isso vai se torna tao ruim que não tem final feliz.
    Por que eu não sei voçes mas adora finais felizes com um belo ponto final……..
    Bjs

  4. Oi Clarisse, ainda não conhecia essa história, mas realmente a capa e a sinopse me deram a impressão de um livro bem hot e apesar de ser positivo ele não ser tão sensual achei que os pontos que você levantou e que não te agradaram bem importantes, como por exemplo a ausência de bons personagens secundários, uma boa amiga por quem iriamos gostar tanto a ponto de querermos uma história pra ela com certeza faz falta :/ Ainda assim é uma sinopse interessante e pode ser que futuramente eu me arrisque 😉

    1. Lili, eu sempre fico com pé atrás quando a autora não trabalha muito bem outros personagens. Parece que a vida está centrada só no romance ou como tudo vai mal. É estranho né? Não conversar com ninguém? Estar numa faculdade com mais de mil pessoas e ficar muda, não interagir?
      Sim, se arrisque, o conteúdo é bom, pena que ela não conseguiu desenvolver muito bem.

      Bjks

  5. Até que parece ser um livro legal, mas não gosto de só romance!
    Gosto de um livro mais desenvolvido, onde tem personagens secundários que dão mais valor a história!
    Acho que não leria, pois não me apegaria nos personagens.

    1. Livros bem desenvolvido são tudo de bom!!
      Mas o carinha lá é muito fofo, eu gostei dele, mas a prota é uma chatinha rs

      Bjks e boas leituras

  6. Clarisse!
    Tudo no livro dá uma impressão errada, né? Começa pelo nome da autora que pensamos ser internacional e não é; pela capa e sinopses, pensamos que é um livro hot, e não é; a impressão de ser um romance diferenciado, e não é e por último, acreditamos que Aiden é mal caráter e não é…
    O que é verdadeiro no livro? Tremenda de uma propaganda enganosa…
    Boa semana!
    “…Aceite com sabedoria o fato de que o caminho está cheio de contradições. Há momentos de alegria e desespero, confiança e falta de fé, mas vale a pena seguir adiante…”(Paulo Coelho)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s