Primeiras Impressões

[PRIMEIRAS IMPRESSÕES] “Não Me Esqueças” de Babi A. Sette – por @Verus_Editora @BabiASette

Olá galerinha, como vocês estão?

Hoje teremos um post bem curtinho sobre um livro que estou mega ansiosa e já tive a oportunidade de ler um trechinho dele.

 

Em um cenário de contos de fadas, Babi A. Sette convida o leitor a mergulhar em um mundo novo, repleto do encantamento que somente um amor de almas gêmeas pode realizar. 

Aos vinte e um anos, Lizzie deveria estar empenhada em fisgar um noivo e finalmente se casar. Entretanto, após uma decepção amorosa, o coração da jovem só palpita por sua grande paixão — os estudos sobre o povo e a cultura celtas. Esse interesse faz com que ela troque os concorridos salões de baile de Londres pelas estradas desertas e sinuosas das Highlands escocesas. 
Ali, ela conhecerá Gareth, o enigmático líder do clã que vive no local mais remoto e bucólico da Escócia. Envolto em uma aura de mistério, ele luta para manter suas tradições, seus segredos e, principalmente, seu povo em segurança. 
Enquanto o austero Gareth tem a vida toda sob controle e resiste a mudanças, Lizzie está muito entusiasmada com suas explorações e descobertas. Porém a vida de ambos é alterada de maneira inexorável quando uma fatalidade transforma a tão sonhada aventura de Lizzie em pesadelo. 
Vindos de mundos tão diferentes, mas unidos por uma atração irresistível, Lizzie e Gareth vivem uma paixão proibida e desafiadora, sem saber que finalmente poderão encontrar aquilo que só ousavam buscar em sonhos.

AMAZON

Primeiras Impressões 

Quando decidi ler essa pequena degustação achei que em apenas dois pequenos capítulos não teria muitas coisas para dizer, mas eu estava totalmente errada.

“Não Me Esqueças” além de ser um livro que todos estavam aguardando muito por ter como protagonista da filha do primeiro casal da série Flores da Temporada (Kathe & Artur), e no final do “O Despertar do Lírio” (resenha aqui) tivemos uma pequena prova do que a autora estava preparando para a gente.

Eu estava mega ansiosa, então poder ver que pessoa linda a Lizzie é foi mais que especial. O prólogo nos apresenta uma jovem determinada e cheia de sonhos. Sonhos esses que para uma jovem na época em que vive não deveria ser sua prioridade, mas sim conhecer um parceiro e constituir uma família, afinal Lizzie já tem vinte e um anos.

A jovem tem uma paixão muito grande pela cultura celta e estuda arduamente todos os livros que chegam ao seu poder, não importando os meios, pois até chantagear o irmão mais velho também serve aos seus objetivos. Adorei a Lizzie (novamente!). Além do livro “Entre A Culpa e o Desejo” da escritora Sarah MacLean (resenha aqui) foi um dos poucos livros em que encontrei uma jovem estudiosa e muito interessada em desvendar mistérios sejam científicos ou da arqueologia; pois geralmente as jovens em romances de época são inteligentes, mas nunca além da perspicácia natural ou sagacidade. Lizzie tem uma paixão intensa pela cultura que sonha com isso, é mais que um hobby, então consegui entendê-la muito bem.

Também gostei muito de conhecer os outros irmãos e irmãs da Lizzie. Temos a Ellie, a filha mais nova e que ainda não tem idade para conviver em sociedade, um tanto cética e que tem muito o que aprender. Além de Steve o primogênito (que já tem meu coração!) e possui uma afeição muito grande por Lizzie e são comparsas. Realmente adorei esses dois!

E as páginas finais foi um tiro no meu coração. A decepção que Lizzie passa é uma das piores que uma mulher pode passar, e se formos comparar ao que aconteceu com a mãe de Lizzie, Kathelyn, nem é tão ruim assim, mas talvez esteja no sangue né? No entanto, dessa vez acho que a Babi não nos fará sofrer tanto. Será? rs

A única coisa que sei que é esse livro está cheio de magia e fiquei encantada com isso. A mitologia, o mundo que a autora criou para esse início já me fisgou completamente, e quero muito que a mágica continue acontecendo durante a leitura. Quero saber mais sobre como a Lizzie lidará com a vida e a paixão pelos celtas, e conhecer esse mocinho Gareth. Será que vou me apaixonar?

Já quero o livro em mãos para terminar esse linda experiência. E vocês querem ler “Não Me Esqueças”?

Participe do “Comentário Premiado de Julho” clicando aqui

Anúncios

7 comentários em “[PRIMEIRAS IMPRESSÕES] “Não Me Esqueças” de Babi A. Sette – por @Verus_Editora @BabiASette

  1. “A decepção que Lizzie passa é uma das piores que uma mulher pode passar” assim você me mata haha quero muito ler esse livro e pelo visto Babi continua brincando com as emoções do leitor. Eu tenho que dizer que adiei e muito a leitura do primeiro, pois tava prevendo muito sofrimento pra protagonista na época e tava fugindo de sofrimento, cheguei a ler O Despertar do Lírio (peguei muitos spoilers do primeiro e pra quem não gosta de spoiler, eu gosto, tem que ler na sequência) e vi que a escrita dela era excelente e super envolvente, demorei mais um pouquinho e mês passado peguei A Promessa da Rosa pra ler e terminei amando Kathe, querendo bater em Arthur (nem a leitura de A Sombra da Rosa me tirou essa vontade kkkk) e achando que a leitura não poderia ter valido mais a pena ❤ e agora tô super ansiosa pra ler esse livro da Lizzie 😀

    1. Lili, mas o A Promessa da Rosa é muito melodramático mesmo. Me senti vendo uma novela mexicana e por isso não gostei muito do primeiro livro.
      Mas amei O Despertar do Lírio, acho que a Babi encontrou o ponto certo.

      Bjks

  2. Quero muito ler O Despertar do Lírio *-*
    Adorei a Lizzie e o emponderamento dela. Legal inserir a curiosade pela cultura celta.
    Achei essa capa linda e com uma premissa bem interessante.
    Obg pela indicação 😉

  3. Clarisse!
    Sonhando em poder ler mais esse livro da série, pois já li A Promessa da Rosa e O despertar do Lírio, não posso deixar de conferir esse, ainda mais que a hhistória de Lizzie, estuduiosa de mitologia e cúmplice de seu irmão.
    E temos de conferir se o DNA continua fazendo jus e ela sofrerá tanto quanto a mãe.
    Desejo uma ótima semana!
    “Ciência é conhecimento organizado. Sabedoria é vida organizada.” (Immanuel Kant)
    Cheirinhos
    Rudy

    1. Pois é Rudy, esse é a minha suspeita, de que a fruta não caiu muito longe do pé.
      Beijokas e uma ótima leitura

  4. Olá,
    Não sabia que o livro era baseado em uma serie, gostei muito da trama dele, tem uma historia maravilhosa. Já tinha lido resenhas do livro anteriore e me deixou bem encanta e com esse será o mesmo, com certeza. Espero ler essa serie!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s