Resenha

[RESENHA]”Por um amor como dos livros”, de Paula Toyneti Benalia

Boa tarde!!!

Hoje trago um lançamento independente nacional para vocês.

Este livro mexeu muito com minhas emoções, e vocês não imaginam a dificuldade que foi pra mim postar essa resenha.

Espero que curtam ela e que eu consiga passar um pouco do que essa história representou pra mim.

Nicolle é uma daquelas garotas que sempre tem um sorriso no rosto, mesmo sofrendo as crueldades da vida. Filha de um alcoólatra e de uma mãe negligente, ela pouco conheceu do amor. Em um fatídico dia, recebe a noticia de que esta com uma grave doença e com os dias contados. Ela resolve então se jogar em uma busca por seu sonho: ter um amor como dos seus livros de romances preferidos. Ela só não esperava se apaixonar pelo homem mais cheio de defeitos que já tinha conhecido.
Kauã é um delegado frio. Marcado por perdas do passado, jurou nunca mais amar alguém. Ele só não imaginava que seu coração tinha outros planos.
Um romance profundo e envolvente que vai te levar das risos as lágrimas.
“Ela queria tanto as coisas dessem certo. Sonhava com um mundo onde todas as coisas se encaixassem. então começou a colocar amor em tudo e por fim…..encontrou sentido até na dor.”

Amazon

Que sentimento seria esse, que me fazia lamentar não poder viver eternamente?

Já perdi as contas de quantas vezes comecei essa resenha e tive de parar… Tô a horas tentando organizar meus pensamentos e sentimentos, mas tá bem complicado.

Lembro que vi em algum lugar do Facebook o anúncio da pré-venda do e-book de “Por um amor como dos livros”, , e depois de um tempo acabei comprando ele. Não conhecia a autora, não recebi indicação nenhuma de ninguém, apenas quis arriscar, já que o título me chamou a atenção, me encantei pela capa e gamei na sinopse. Enfim, fui com a cara e a coragem, e me deparei com uma das histórias mais lindas que já conheci. E como diria a Thays M. de Lima: chorei tanto que fiquei sem dignidade.

Eu encontraria minha luz e depois a deixaria brilhando aqui no mundo e partiria. Morrer deve ser terrível, mas morrer com um sorriso no rosto pode ser melhor que só morrer.

Algo que achei interessante, é que a autora já revela na sinopse que a protagonista está com seus dias contados, e ela já recebe esta notícia nas primeiras páginas. Ou seja, a autora trabalhou a história da personagem querendo enfim ser feliz, porque queria levar algo bom dessa vida quando morresse.

A protagonista é Nicolle, uma garota que sorri para a vida mesmo sem ter motivos para isso: de uma família muito pobre, ela e a mãe são humilhadas e apanham diariamente de seu pai, e a garota ainda dá todo o salário que recebe para sustentar a casa. Além disso, ela não tem amigos, afinal ela não quer ter de viver explicando seus hematomas e machucados.

Anos antes de descobrir a doença, Nicolle faz uma lista de como deve ser o seu amor como dos livros, e após receber essa notícia fatídica, acaba decidindo encontrar esse amor. Só que as coisas mais improváveis acontecem com ela, e neste mesmo dia seu caminho cruza com o do delegado Kauã.

Tinha encontrado o meu amor como dos livros, cheio de defeitos, mas que me fazia amar cada um deles.

Nicolle desperta em Kauã um forte senso de proteção, e aos poucos a garota estabanada e de sorriso fácil vai abrandando o coração desse homem turrão. O problema, além da doença de Nicolle, é o passado de Kauã que parece atormentá-lo e as vezes o impedi de assumir seu amor por Nicolle.

A autora nos mostra uma linda história, cheia de reviravoltas, com uma personagem que inspira, pois está sempre buscando olhar para o melhor ângulo de tudo, que mesmo sem ter motivos para sorrir, acaba o fazendo sempre.

Você sorri para o mundo quando devia odiá-lo. Ama a vida quando devia culpar o mundo por ter sido tão cruel.

Algo que me deixou um pouco inconformada, foi o fato de Kauã acreditar nas mentiras de Nicolle sempre que a via machucada, pois sendo um delegado já deve estar acostumado a lidar com vítimas de violência doméstica. Mas se querem saber a verdade, no fim isso foi um detalhe tão insignificante, em meio a tudo que senti lendo essa história.

A história de Nicolle e Kauã é cheia de reviravoltas, e a autora me surpreendeu a cada uma delas. Eles me fizeram ter uma reflexão sobre meu tempo, o quanto que as vezes perco tempo me culpando por coisas que não cabia a eu mudar, que o tempo que passo triste ou guardando rancor por alguém é um tempo da minha vida que jamais vou poder recuperar ao lado dessa pessoa.

Não posso pensar no que a vida me tira. Tenho que pensar no que ela me dá.

O livro é escrito em primeira pessoa, sob o ponto de vista de Nicolle, e ao longo das páginas fui me apegando mais e mais a ela, e tinha vontade abraçá-la e confortá-la, assim como tinha vontade de comemorar com ela suas alegrias e conquistas. Quando terminei de ler, tinha vontade de gritar para o mundo que todos deveriam conhecer essa história, a aprender com Nicolle a não se lamentar com as coisas ruins de nossas vidas, a tentar ver sempre um ensinamento em tudo.

Não há palavras pra descreverem meus sentimentos neste momento, acabei de ler esse livro com os olhos inchados, e agora estou aqui chorando novamente ao fazer essa resenha.

Descobri que quando se ama, realmente somos um só. A dor de um é a dor do outro. Você não chora sozinho, não fica doente só. O que afeta um, afeta o outro em dobro.

Essa é mais uma autora nacional que me conquistou, que me fez ter vontade de conhecer mais livros seus, além de me fazer querer me arriscar pela Amazon em busca de autoras que ainda não conheço. E gente, não tenham preconceito com nossas autoras brasileiras, porque muitas delas escrevem muito melhor que algumas gringas badaladas e sucesso.

Porque há amores que em uma vida não te ensinam nem o que é amar e existem amores que te fazem amar por uma vida, em poucos dias, horas ou até segundos.

Não é sobre tempo, é sobre sentimento.

Participe do “Comentário Premiado de Julho” clicando aqui

 

 

 

Anúncios

13 comentários em “[RESENHA]”Por um amor como dos livros”, de Paula Toyneti Benalia

  1. Gosto muito da literatura nacional, o problema e que muitas autoras como esta não tem a chance de publicar em físico, eu por exemplo tenho certo problema em ler em e-book, parece que a leitura não e acaba se tornando cansativa. Amei sua resenha, e fiquei com empatia pela personagem, me pareceu um garota forte, que não se abaixa nem nos momentos ruins, a premissa da estória me cativou, e por isso quero muito ter a oportunidade de ler esta obra.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros “O Casal que mora ao lado” e “Paris para um e outros contos”.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    1. Boa tarde!!!
      Me parece que este livro será lançado em formato físico em novembro pela Editora Pandorga 😉 Vi isso nas redes sociais da autora.
      Mas a história não é daquelas longas, a autora conta tudo muito bem, mas não fica se enrolando, então tenta ler em e-book pra ver se vai gostar 😉
      BJ

  2. Olá!
    É tão bom conhecer autoras nacionais e suas obras, eu no momento só li um e me encantei pela forma de como foi escrita.
    Sua resenha me fez querer ler esse livro, a história me encantou bem profundamente. Já está indo pra minha lista de leitura!
    Parece haver um pequeno romance nesse livro né?

    1. Boa tarde!!!
      Esse livro é lindo de várias formas. Não consigo falar dele sem me emocionar.
      O romance, o drama, as partes engraçadas, tudo formou um conjunto lindo que é essa história.
      BJ

  3. Oi Renata!
    Adoro essa sensação que o livro traz. Que as palavras trazem. Simplesmente amo s2
    Eu também tenho ótimas surpresas com os livros que eu arrisco, sem olhar indicações e avaliações antes.
    Adorei a história da Nicolle. Essas protagonistas sofridas fazem a gente sofrer junto. É punk mesmo. Adorei o título pq sempre falo que quero um amor igual dos livros e me dizem que eu tenho a expectativa alta demais rsrs
    Obrigada pela indicação e já marquei na minha lista *-*
    abc

    1. Boa tarde!!!
      Esse livro me deixou com as emoções a flor da pele. Já faz mais de uma semana que terminei de ler, e mesmo assim essa história não me sai da cabeça.
      Espero que quando o leia, ele te toque assim como me tocou.
      Bj

  4. Renata!
    Tão bom quando um livro nos atinge tão profundamente que ficamos sem conseguir exprressar em palavras o que sentimos, mas você conseguiu de forma brilhante.
    O livro parece bem profundo e emotivo mesmo. Tanto sofrimento que a protagonista passa, tanta dor e sem poder dividir com ninguém, por sua vez, Kauã tem lá seus traumas do passado e passa desapercebido pelo hematomas de Nicolle.
    Deve mesmo ser um livro carregado de emoção e que nos faz repensar algumas atitudes pessoais.
    “Bendito seja eu por tudo o que não sei, gozo tudo isso como quem sabe que há o sol” (Fernando Pessoa)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    1. Boa tarde!!!
      Essa personagem é uma que vou levar sempre em meu coração! Parecia que eu tava sentindo cada uma de suas dores e alegrias.
      Embora tenha chorado muito, recomendo de coração esse livro.
      BJ

  5. Oi Renata, fiquei com vontade de conhecer essa história também, mas toda essa carga dramática me fez pensar que tem ser no momento certo, pois pelo que li na resenha acho que vou me acabar em lágrimas também 🙂 Já tô aqui pensando que vida injusta pra essa protagonista e como ela sabe que vai morrer desde o começo, torcendo pra doença dela ser uma com cura, porque, por favor o final feliz é necessário haha ❤

    1. Boa tarde!!!
      Tem que estar preparado pra ler esse livro, e além disso tenha alguns lenços e alguém pra te abraçar por perto.
      A história tem grandes reviravoltas.
      Espero que um dia leia ela e se apaixone por Nicolle e Kauã assim como eu me apaixonei.
      Bj

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s