Resenha

[RESENHA]”O Jogador”, de Vi Keeland por Editora Charme – @ViKeeland @EditoraCharme

Boa tarde!!!

Um romance quente com uma pitada de drama pra alegrar a nossa tarde 😉

Na primeira vez que encontrei Brody Easton ele estava no vestiário masculino. Foi a minha primeira entrevista como jornalista esportiva profissional. O famoso quarterback decidiu me mostrar tudo. E, por tudo, não quero dizer que ele me disse algum de seus segredos. Não. O idiota arrogante decidiu deixar cair a toalha quando fiz a primeira pergunta. Na frente da câmera. E o famoso ganhador do Super Bowl rapidamente adotou um novo hobby: me provocar. Quando o afastei, ele desistiu de só me provocar e resolveu que queria transar comigo. Mas eu não saio com jogadores. E não é porque sou uma das poucas mulheres que trabalham no mundo do futebol profissional. Eu posso namorar um jogador. É outro tipo de jogador que eu não namoro. Você conhece o tipo: boa aparência, forte, arrogante, sempre querendo ficar com alguém. Brody Easton era um verdadeiro jogador. Toda mulher queria ser a que iria mudá-lo. Mas a verdade era que tudo que ele precisava era de uma garota por quem valesse a pena mudar. De repente, eu era essa garota. Simples, certo? Vamos encarar, nunca é. Há uma história entre o era uma vez e o viveram felizes para sempre… E esta é a nossa.

Ele era uma força tão dominante que era impossível não ser atraída por ele. E não era só comigo. Quase todas as mulheres, na verdade, assobiavam toda vez que ele tirava o capacete quando vinha para fora de campo.

Quem gosta de um protagonista insistente e safado levanta a mão 0/

Em “O Jogador” somos apresentados a estrela do time de futebol americano do Nova York Steel, Brody Easton e a jornalista esportiva em Delilah Maddox (aiii esse sobrenome!).

Delilah cresceu em meio a jogos de futebol americano, pois seu pai foi um grande jogador. E devido a viver cercada por isso, ela se tornou uma profissional dedicada, que conhece cada estatística de cada jogador e de cada time, e mais do que isso, ela busca ser respeitada trabalhando num meio onde o sexo masculino domina.

Brody também leva sua profissão a sério. Um cara conquistador e aparentemente arrogante, capaz de levar qualquer mulher a loucura. Sabe aquele personagem que na hora de ir conquistar uma mulher não joga pra perder? Pois bem, Brody é um deles.

A sinopse já revela o que Brody aprontou para Delilah na primeira vez que se viram, mas o que vocês não imaginam é que surgem vários trocadilhos super engraçados entre eles. Gente, fiquei imaginando a cara de Delilah entrando ao vivo e tendo de entrevistar Brody completamente pelado kkk profissão difícil essa hein 😉

Não havia como negar que eu estava atraída por ele. Que mulher em seu juízo perfeito não estaria?

Tanto Delialh quanto Brody possuem um passado amoroso doloroso, e isso é algo que vai sendo revelado no decorrer da história.

Num certo ponto do livro fiquei em dúvida sobre o que a autora pretendia fazer ao inserir um personagem a história. O problema deste novo personagem é que adoro personagens quebrados que querem se redimir e buscam mudar suas vidas, e por muito pouco, pouco mesmo não mudei meu shiper aí. Não sei se a autora lançou ou pretende lançar um livro para esse personagem, mas acho que daria uma história ótima.

Escrito em primeira pessoa, sob a perspectiva de  Delilah, Brody e mais alguém, pude mergulhar de cabeça nessa história e no mundo do futebol americano.

“O Jogador”pode parecer a primeira vista mais uma história com um cara insistente e uma mocinha pra lá de escorregadia, mas a história me surpreendeu e muito até chegar a última página, com acontecimentos impossíveis mesmo de imaginar. Um new adult com romance, drama, comédia e cenas super eróticas, este foi um livro que me conquistou e me levou a loucura do início ao fim.

Participe do “Comentário Premiado de Julho” clicando aqui

 

Anúncios

16 comentários em “[RESENHA]”O Jogador”, de Vi Keeland por Editora Charme – @ViKeeland @EditoraCharme

  1. Olá!
    Já tinha lido uma resenha desse livro e apesar ser um romance, com drama e tudo mas, sendo relacionando a esse esporte, poder crê não entendo nada de futebol americano mas vi que tem uma premissa maravilhosa, que te envolve bastante.Os personagem são incriveis e maravilhosos com certeza aquele romance que eles tem va fazer suspira em cada pagina, com certeza em minha lista de leitura, já estará!

    1. Boa tarde!!!
      Quando comprei esse livro fiquei com medo de ter muitos termos deste esporte, mas a autora usou poucos termos aqui.
      Gostei bastante mesmo deste livro.
      Bj

  2. Adorei a premissa do livro. Logo de cara dá pra rir bastante rsrs
    Gostei do plot da Delilah e do Brody e do primeiro encontro deles kk Já estou aqui imaginando Brody *-* Acho muito charmoso trocadilhos, porque é uma coisa só do casal e que torna a coisa toda mais descontraída.
    Que capa eim…
    Obrigada pela indicação!
    Abc

    1. Boa tarde!!!
      Ri muito na cena que eles se encontram pela primeira vez, e fiquei imaginando a cara da Delilah tendo de disfarçar para o pessoal de casa que tava vendo a entrevista não notar o que havia de errado kkk
      Livro muito bom, mas assim como ri muito, chorei um pouco em algumas cenas.
      Recomendadíssimo.
      Bj

    1. Boa tarde!!!
      Cara, eu axu que desmaiava kkk sou muito tímida, se não desmaiasse teria que chamar os bombeiros porque meu rosto estaria pegando fogo de vergonha kkk
      Situação super engraçada essa 🙂
      Bj

      1. Eu também queria!!! Sou aquele tipo de pessoa que parece que o rosto pega fogo só de falar com alguém kkk

  3. Renata!
    O livro tem tudo que gosto de ler: “romance, drama, comédia e cenas super eróticas”, só não gostei muito de saber que é no universo do futebol americano, afinal, não entendo nadinha do jogo, mas ainda assim, pode rir um pouco dos trechos mais hilários e acompanhar o romance entre Delilah e o ‘blaster’ Brody, deve ser uma delícia!
    Um maravilhoso final de semana!
    “Não saber é o que torna nossa vida possível.” (Lya Luft)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JULHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    1. Boa tarde!!!
      Também não entendo nada de futebol americano, mas mesmo sendo nesse universo, a autora não fica usando termos do esporte toda hora, axu que por ela saber que o livro poderia ir para outros países, acabou se contendo um pouco.
      O livro é muito bom mesmo, gostei da interação dos protagonistas, assim como a história que cada um tinha, sua bagagem emocional.
      Bj

  4. Tenho muita vontade de ler este livro, e uma primeiro momento por abordar um jogador bem difícil de lidar, e uma mocinha para lidar com esta situação, ainda mais quando os dois começam a se bicar, e fazer piadinhas. Porém não gosto muito de livros com cenas eróticas, ou bem eróticas, e isso de certa forma tem me deixado com um pé atrás. Talvez não leria este livro agora, mas futuramente pretendo dar uma chance.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros “O Casal que mora ao lado” e “Paris para um e outros contos”.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    1. Boa tarde!!
      O conjunto todo do livro é bom, e acredito que as cenas eróticas não sejam um empecilho para você aproveitar tudo que “O Jogador” tem a oferecer.
      Bj

  5. Oi Renata, fui conquistada por essa capa e quando a Charme lançou uma promoção louca corri pra comprar, tenho que dizer que curti muito essa leitura que parecia que ia ser clichê, eu gosto de um clichê de vez em quando, mas que surpreende. Eu tenho que dizer que também gosto de personagens quebrados, mas eu tenho uma característica de que quando gosto defendo com unhas e dentes e gostei de Delilah então quando determinado personagem entrou em cena e meio que protagonizou o livro por algumas páginas eu não gostei haha… mas as coisas se resolvem e a escrita é fluida e divertida, aquelas histórias que valem muito a pena 😀

    1. Boa tarde!!!
      Também comprei esse livro na pré-venda da Charme, que comprando ele e “Deixados para trás” juntos tinha 50% de desconto e ainda ganhava aquele marcador lindo autografado(apaixonada por esse marcador).
      Um livro que te leva do riso as lágrimas, e da alegria a raiva em alguns momentos, e realmente surpreendente.
      Pra ver como leitura é questão de gosto mesmo, porque já vi várias pessoas reclamando deste personagem que apareceu, mas eu como sou do contra gostei kkk e já quero um livro dedicado a ela.
      Espero que tenha curtido minha resenha, mesmo não concordando por eu me ver dividida kkk
      Bj

      1. kkkkkk Leitura é questão de gosto mesmo. Curti sim a resenha, tá ótima 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s