Uncategorized

[RESENHA] “Louca pelo Homem Errado” de Virna DePaul – @virnadepaul

Boa tarde pessoal!

Como vocês estão hoje? Eu estou bem e muito feliz com as leituras. E a de hoje não é diferente.

Temos um romance fofo, uma autora que para mim foi pura novidade e me deixou muito feliz! Vamos lá?

Uma promotora com um coração sensível, mas um passado negro, e um advogado de defesa sulista e tranquilo que acredita em segundas chances e em viver a vida ao máximo poderiam encontrar o amor, apesar das suas crenças opostas?

Ela está determinada a se manter distante. Ele quer se aproximar dela. Juntos, eles encontrarão o seu lugar no coração um do outro.

Este conto inclui uma paixão que queima no tribunal e no quarto, uma dança romântica que envolve cortejo e uma rendição inesperada, e uma amiga que faz o papel de cupido para duas pessoas destinadas a ficarem juntas nos bons e maus momentos.

AMAZON

 

Esse foi meu primeiro contato com a autora Virna DePaul, e não poderia ter feito a melhor escolha. “Louca pelo homem errado” é um conto em terceira pessoa que passa muito bem a impressão dos dois lado da história e com apenas 66 páginas todos os elementos necessários para agradar o leitor estão lá.

Nessa história conhecemos a promotora Bryn Donovan que tem a fama de incriminar jovens infratores sem piedade e do outro lado temos o advogado de defesa, Daniel Mays. Apesar de sempre se encontrarem nos tribunais casualmente ou por se enfrentarem em alguns casos, essa é toda a afinidade que possuem.

“Ele realmente a distraía do que era mais importante – trazer justiça para as vítimas de crimes.”

Bryn e Daniel claramente não tem um bom relacionamento, mas isso muda no dia em que Daniel ouve atrás das portas uma conversa que Bryn revela os verdadeiros pensamentos sobre ele à Tam, sua melhor amiga. E a partir desse dia, Daniel passa a vê-la com outros olhos.

“A coragem era interessante. E Bryn era corajosa. Definitivamente corajosa. De repente, ele não conseguia tirar a ideia de beijá-la da cabeça.”

E isso é tudo que posso falar da história, por ser um conto talvez se me delongar muito em falar do enredo posso soltar algum spoiler. Mas com certeza, posso falar bastante sobre as minhas impressões. E uma delas é que foi curto, mas não me deixou sentir falta de nada.

A autora foi concisa, mas também nos permitiu conhecer bem os personagens. Daniel para todos os efeitos é um homem bem sucedido, bonito e que adora se entreter com as mulheres; mas em momento nenhum vi em sua natureza ser mal caráter. Vi nele mais do que isso, vi gentileza, afeição e sentimentos puros por alguém muito diferente da sua personalidade, mas que o atraiu profundamente.

“Até quando ela o ameaçou, ele pôde notar a delicadeza do seu pulso, o fogo em seus olhos e a maciez dos seus lábios.”

Já Bryn foi uma personagem muito diferente. Ela me fez ter compaixão apesar de querer passar uma impressão de mulher forte e fria. Não lembro de ter me sentido tão afeiçoada a uma personagem que não fosse em um livro jovem adulto, pois geralmente as mocinhas em novo adulto tendem a ser um pouco chatas. Porém, com Bryn foi o oposto. Apesar de Daniel a ver como uma mulher sem atrativos, é por ela que ele se interessa.

“Mas, de vez em quando, quando ela queria compartilhar os detalhes do seu dia ou esquecê-los durante uma caminhada no parque, ela percebia que não havia ninguém lá para escutar ou para acompanhá-la.”

Tam e Vance são outros personagens interessantes como casal. Tam como amiga passa algumas dificuldades tentando atrair a atenção e amizade de Bryn. Sabe o tipo de amizade que em poucas páginas você sente que ali há realmente algo verdadeiro? Tam é uma pessoa muito divertida e a ver não desistir da amiga por esta ser resistente quanto a deixar outros se aproximarem é muito bonito. Meu coração ficou tão encolhido. Realmente foi bonito de se ver.

“[Eu me importo com ela] porque ela é especial. Ela se importa com as pessoas. Realmente se importa. Se eu precisasse dela, ela estaria á para me ajudar.”

Virna DePaul conseguiu ganhar minha atenção por trazer uma temática bonita, forte e interessante. E o fato da autora já ter sido promotora deu a história um peso à mais, pois eu realmente me senti sentada em um tribunal assistindo os julgamentos. Além da narrativa em terceira pessoa ter possibilitado conhecer personagens simples, diretos e cativantes, também ajudou a leitura em ficar ampla e por vezes poética.

Participe do “Comentário Premiado de Junho” clicando aqui

Anúncios

4 comentários em “[RESENHA] “Louca pelo Homem Errado” de Virna DePaul – @virnadepaul

  1. Adorei sobre essa historia…Bryn e Daniel são personagens diferentes….e me cativei para ler esse conto❤

    1. Oie Bianca!
      São mesmo, eles fogem do padrão.

      Espero que você tire um tempinho para conferir essa linda leitura. Bjks

  2. Oi Clarisse, romances fofos é comigo mesmo ❤ pena que é só um conto, curto muito histórias de advogados e promotores, acho legal esse ambiente nas tramas e fico feliz que mesmo sendo curto o livro não deixa nada a desejar. Também não conheço a autora e já anotei a dica 😉

    1. Oie Lili!
      Vá conferir se puder. É uma história redondinha e que não deixa nada a desejar com outros livros maiores.

      Bjks e boas leituras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s