Resenha

[RESENHA] “Abigail” de Nora Roberts, por Harlequin – @harlequinbrasil

Boa tarde!

Como hoje é dia do romance, nada melhor do que comemorar com a escritora que mais vende romances no mundo, além de criar enredos dos mais variados: Nora Roberts.

 

Sexo vende, e mentiras também – especialmente quando a fraude é revelada. O cínico jornalista Dylan Crosby sabia que era só encenação a pose de simples viúva de Abby O’Hurley. Havia uma história por trás. Tudo o que ele precisava fazer era jogar charme, apagar as luzes e deixá-la sussurrar todos os segredos. A menos que Abby descubra o mistério de Dylan primeiro.

 

Nora Roberts é aquela autora que nunca decepciona. Qualquer livro que eu pego para ler é sempre uma surpresa e cheio de reviravoltas que me deixam muito curiosa com tudo o que pensou para o enredo.

Abigail é o primeiro volume da série O’Hurleys, que vai contar a história dos quatro irmãos da família que leva o nome da série. Começamos a leitura logo no prólogo descobrindo como a família surgiu e quem são seus membros. Molly e Francis são os pais de quatro crianças lindas e amam teatro e os holofotes, e cresceram incutindo o mesmo nos filhos.

E nesse livro o foco é em Abby que após a morte do seu marido que foi um famoso piloto de Fórmula 1 se viu à merce com dois filhos para criar sozinha, sem apoio financeiro e com uma fazenda para levar à diante. Ela é o tipo de personagem corajosa que gosto muito, que não se lamenta e que enfrenta as circunstâncias de frente.

“Não sou boa de briga. É por isso que geralmente fujo delas.”

Então, uma oportunidade surge quando um repórter e escritor Dylan Crosby entra em contato com o interesse de fazer uma biografia do falecido marido de Abigail; e ela vê aí um meio de conseguir sair das dificuldades, mas precisa ser honesta com Dylan sobre o que passou enquanto conhecia, namorava e se tornava esposa de Chuck Rockwell. A verdade nem sempre é fácil e não trás boas recordações.

“Ela desejou que tivessem se conhecido antes. Abby desejou desesperadamente que Dylan fosse alguém com quem pudesse conversar, dividir as coisas e com quem pudesse contar.”

Os sentimentos que transbordam nesse livro é algo inexplicável. Amor familiar, amizade, cumplicidade, afeição, cuidado são apenas alguns deles. Dylan é um homem apaixonante, além de ser fervoroso com seu trabalho e já ter uma grande carga de vida que vai proporcionar á Abby momentos maravilhosos, a ajudando a superar o que é necessário e também sendo um braço direito quando preciso.

“Não se envolver? Aquilo já não era possível para Dylan. Ele queria provar a Abigail que um relacionamento podia ser diferente. E talvez pela primeira vez Dylan queria provar aquilo para si mesmo também.”

Adorei acompanhar a vida de Abby e conhecê-la à fundo, sentir sua dor e viver seus momentos de felicidade. Quem merece um destaque especial são os filhos de Abby: Bem e Chris, que apesar de ser crianças, são simplesmente geniais e dão um toque todo especial à leitura, trazendo momentos de tensão e também momentos tão divertidos que ri muito com eles.

Sempre fico feliz de como a Nora pega fatos do cotidiano e acaba os transformando em algo bom e doce, ao invés de ser maçante e sem graça. Ela tem o poder de contar histórias de forma prática e bela, mas sem deixar de fora as fases difíceis da vida de nenhum dos personagens, que de alguma forma poderia ser tão real como a sua vida ou a minha.

Participe do “Comentário Premiado de Junho” clicando aqui

6 comentários em “[RESENHA] “Abigail” de Nora Roberts, por Harlequin – @harlequinbrasil

  1. Olá Clarisse 😉
    Adoro os livros da Nora, e acredito que essa não vai ser diferente!
    Qualquer livro dela é realmente uma surpresa e tem muitas reviravoltas interessantes.
    Gostei dos diferentes sentimentos que você disse que ela aborda no livro, como o amor e a amizade.
    Estou doida pra descobrir esse mistério do Dylan…
    Bjos

  2. Clarisse!
    Como você, sou uma eterna fã da Nora, tudo que ela escreve e que consegui ler até agora, sempre me proporcionou uma boa leitura.
    E pelo visto essa série dela é maravilhosa também.
    Gosto muito quando vem esse conceito de amor familiar e superação e quando a protagonista não é mimizenta e fica chorando pelos cantos, ao contrário, vai a luta… E pelo jeito, ganha um novo amor.
    Desejo uma ótima semana e um feliz dia dos namorados!
    “Onde há estudo – há sabedoria.” (Textos Judaicos)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

  3. Boa noite!
    Nunca li nada da Nora, acredita? Entretanto, tenho muita vontade de iniciar suas obras.
    Não conhecia esta, pois acabo me perdendo na quantidade de livros escritos pela autora, e afirmo que fiquei bem curioso quanto à sua história.
    É sempre bem-vinda aquela dose de exemplos de superação nas nossas vidas, né?
    Gosto muito quando encontro personagens fortes nos livros, então de cara já amei a Abby.
    Abraços.

  4. Oi Clarisse, sempre que leio uma resenha da Nora me vem a mente o quanto eu leio pouco os livros dessa mulher que é tão versátil e nos entrega ótimas histórias. Já tô anotando a dica de mais essa série dela, Abigail parece ter uma história linda e apesar da sinopse chamar o mocinho de cínico você o descreve como apaixonante e vou confiar em ti haha, e assim espero poder começar a ler mais essa série da Nora futuramente 😉

    P.S: De onde é o Gif (filme, série)?

    1. Oie Lili!
      Eu amo os livros da Nora, é bom ver um romance com base e sem muito mimimi
      Adoro as problemáticas dela.
      Sobre a gif não sei de onde é, achei no Google.

      Bjks

Deixe uma resposta para Daniel Igor Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s