Resenha

[RESENHA] “Big Rock” de Lauren Blakely por @FaroEditorial @LaurenBlakely3

Boa tarde!

Preparem seus coraçõezinhos e uns petiscos porque hoje a resenha é para deixar qualquer uma desejosa de ir na livraria e adquirir esse livro. Vamos lá!

 

Fabulosamente divertido! Big Rock é uma comédia romântica picante, que narra a história de Spencer e Charlotte, amigos de longa data que um dia se veem envolvidos em uma divertida trama e se transformam em amantes… Romance, diversão e diálogos deliciosos – uma história muito quente e reveladora. Será que Spencer e Charlotte são feitos um para o outro?

 

 

223 páginas de uma leitura excelente, que entretêm, além de ter doses de diversão e um bom romance.

“Big Rock” foi um livro que conheci com o marketing da editora nas redes sociais, e assim que vi foi aquela sensação de ‘preciso ler’, além da sinopse também ser muito instigante. E não poderia ter feito uma escolha melhor.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo Spencer e isso já me deixou novamente empolgada porque é difícil encontrar livros com narrativas masculinas. Ele é um playboy, que adora as noitadas de Nova Iorque, e principalmente as oportunidades que tem em estar com mulheres diferentes. Desde o início da leitura, sabemos que seu maior objetivo na vida é entreter mulheres, pois de acordo com ele mesmo, ele sim é um grande entendedor delas.

“[…] porque queria repetir a dose. Claro que ela queria. Depois que você prova filé-mignon, fica difícil voltar a carne de segunda.”

Além de bonito, encantador e muito egocêntrico, Spencer também tem ótimas características: é educado, inteligente e não é um idiota – e isso foi muito refrescante nessa história -, pois ele não precisa ser grosso com ninguém e nem se fazer de difícil. Ele simplesmente sabe que tem bons atributos físicos e lida bem com isso.

“Tenho 28 anos, sou solteiro, rico e bem bonito. E sou um cavalheiro. Porque será que não me surpreendo quando consigo uma transa?”

Só que Spencer acaba de entrar num dilema, pois seu pai quer vender a joalheria do qual é dono para um senhor muito rígido em assuntos familiares, então o pai dele pede que se comporte e que tente não sair nos tabloides com outra mulher diferente para não passar uma impressão ruim da família. Então, ele tem a brilhante ideia de pedir a Charlotte, sua melhor amiga desde a faculdade, que finjam mais uma vez que são namorados, e essa não será a primeira vez, pois sempre que a amiga está numa situação difícil esse é o código deles para um SOS. Então não será tão difícil né? Veremos…

“O fato é que eu não quero abrir mão do que temos. Com Charlotte eu posso ser simplesmente eu mesmo, e não tenho isso com mais ninguém. Gosto de estar aqui com ela, em uma conversa descontraída.”

Charlotte é além de linda, também uma personagem fantástica. Fazia tempo que não via uma mulher tão bem caracterizada na literatura: que tivesse uma vida própria, dona do nariz e bem sucedida, inteligente, engraçada… tudo num grande pacote bonito de se ver. E a amiga de Spencer aceita a loucura dele e juntos embarcam numa aventura muito louca.

“Ah, meu Pai. E agora, quem é que vai me salvar de mim mesmo?”

“Big Rock” é aquele livro que as páginas fluem que o leitor nem percebe e quando vai ver a leitura já acabou. É um livro em que todos os personagens tem um objetivo que atrai o leitor a continuar fixo ali, que as falas fazem sentido e que todo o contexto é importante e nos leva para um final muito bonito. A autora construiu uma amizade de longa data que tem base, em que ambos realmente se conhecem de verdade, sabem os gostos um do outro e o que é importante para cada um.

“A suavidade em seu tom de voz me delicia. Mas o que me arrebata é sua doçura. Essa doçura parece pessoal e reservada apenas a mim.”

Tem muitas coisas que gostaria de dar um destaque especial para essa história. Primeiro, é um livro sobre cuidar da família e se importar, mesmo que seja de um jeito não convencional (ou louco!). Segundo, em como a amizade sincera é baseada em amor. Terceiro, e com a glória de Deus, não tem mimimi no final. Ficou chocada? Pois é, eu também fiquei. Tudo é muito bem feito e tem um dos finais mais fofos que já li.

Lauren Blakely é uma autora que acabei de conhecer, mas já quero colocá-la na lista de “quero ler outras obras”. Além de um senso muito divertido em contar suas histórias, sabe caracterizar bem seus personagens e traz novos focos e muita realidade na escrita. Amei que a Faro Editorial apostou suas fichas numa autora tão divertida. Já estou ansiosa em ler Mister O, que é o próximo livro que a editora irá lançar da mesma autora.

Quer ler um livro gostosinho? Leia Big Rock.
Quer um romance legal? Leia Big Rock.
Quer um homem narrando? Leia Big Rock.

Anúncios

4 comentários em “[RESENHA] “Big Rock” de Lauren Blakely por @FaroEditorial @LaurenBlakely3

  1. Clarisse!
    Desde o lançamento do livro, já fiquei de olho por causa dessa super capa sensual e imaginei: Spencer deve ser tudo de bom…kkkk
    E ver um enredo baseado em tradições familiares e uma amizade com amor verdadeiro, quem não quer ler?
    Euzinha mesmo quero e é logo.
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy

  2. Não conhecia esse livro, mas achei ele bem interessante. Já gostei de saber que o Spencer não é um idiota. Eu gosto bastante de livros em que os protagonistas começam um relacionamento por algum acordo, ou conveniência. Também gostei muito de saber que a amizade e a família são bem trabalhados no livro. Com certeza é um livro que pretendo ler algum dia, e acho que também vou gostar bastante.

    Beijos!

  3. A capa em nenhum momento me foi atrativo, pois é, julguei o livro pela capa, mas me enganei, gostei bastante do enrendo a falta de mimimi no final me deixou bem empolgada e também pelo final fofo, além de que fala em cuidar da família e amizade sincera. Não lembro de ter lido um livro com o narrador sendo um homem.

  4. Oi Clarisse.
    Eu também quero muito ler esse livro e sentir essa mesma vontade ao ver a divulgação.
    Adorei os personagens e olha que ainda nem li, adorei saber que a narrativa fluí rápido eu adoro quando isso acontece.
    Bjs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s