Entrevista · Parceria · Top Five With the Writer

[TOP FIVE WITH THE WRITER] Entrevista com a autora Mari Scotti – @_MariScotti

Bom dia!!!

Hoje temos uma entrevista com uma autora brasileira que a cada novo livro lançado é sucesso garantido.

Com vocês: Mari Scotti

 

Mari Scotti nasceu em 1980 e é paulistana. Sempre foi apaixonada pela palavra escrita, mas somente depois de devorar a Saga Crepúsculo que redescobriu sua vocação para contar histórias. É cantora, ex-divergente, apaixonada por romances de época e escritora das séries Neblina e Escuridão, Nefilins e Família Hallinson.

* Como você começou a escrever? Teve algum livro ou autor que te influenciou a isso?

Quando eu tinha uns dez anos de idade, já sabia que gostava muito de ler e a biblioteca da escola não tinha muitos títulos disponíveis, por isso reclamei com a minha mãe. Então, ela me mostrou um livro que estava escrevendo e perguntou se eu queria ler, quando descobri que minha mãe era escritora (e que ela era um ser sobrenatural que contava histórias!), tive certeza de que queria ser como ela um dia. Li tudo o que ela escrevia e comecei a tentar escrever as minhas também. Minha maior influência para começar e acreditar que conseguiria um dia, foi ela, minha mãe: Ignez Scotti.

Um livro que me influenciou a relembrar desse sonho de ser escritora, foi Crepúsculo. Lendo Steph eu descobri como eu queria contar as minhas histórias. Foi amor à primeira linha!

* Conte um pouco sobre Mari Scotti.

Não sei bem o que vocês querem saber, então vou contar um pouco de tudo: sou evangélica, toco teclado e canto na igreja, amo demais ouvir música e compor, quase na mesma proporção que eu amo ler e escrever. Sou fissurada pela literatura nacional, me sinto como se fosse responsável por fazer as pessoas confiarem em nossas histórias e torcerem para ficarmos conhecidos. Amo organizar e participar de eventos e tenho ideia para novas histórias todos os dias, por isso tenho um zilhão de livros iniciados, ainda sem final. E sou noveleira, se é que isso é importante haha.

* Você escreve desde romance contemporâneo, de época e sobrenatural, e gostaria de saber qual desses estilos você gostou mais de escrever.

Eu mudo de ideia o tempo todo sobre isso, no momento, o que eu mais amo escrever é romance de época. Mas, sinto falta da fantasia e do sobrenatural, eles dão maior liberdade de criação e enredo, não fica só nos obstáculos emocionais e reais, sabe? Acho que adoro escrever tudo haha.

* Uma de suas séries é publicada pela Editora Novo Século, mas os demais são publicados de forma independente, e gostaria que você explicasse um pouco de como funciona o processo de autopublicação.

Não tem muito o que explicar, na autopublicação é o autor que faz todas as etapas que uma editora faria: ele contrata um revisor confiável, um capista que seja esplêndido (porque a capa é o que faz a maioria das pessoas comprarem o livro); escreve uma sinopse instigante; contrata um diagramador para preparar o miolo do livro e busca melhores preços em gráficas, caso queira o livro físico. Hoje está mais fácil com a Amazon abrindo tantas portas para nós, então, a grande maioria disponibiliza o livro no Kindle. Só precisam tomar cuidado com a qualidade do livro, porque acho que as pessoas pecam nisso, por ser uma plataforma que facilita a publicação e dá retorno quase imediato. Sejam detalhistas, sejam chatos, disponibilizem uma história bem contada, bem revisada. Essa é a chave para que seu livro ganhe mais espaço a cada dia.

* Além de autora você é blogueira, e queria que contasse como que uma coisa levou a outra.

Me tornei blogueira por ser autora. Em 2009, quando criei o blog, escrevia textos e colocava lá. Eram desabafos, poesias, livros, fanfics, tudo o que me desse vontade. Como eu não divulgava e ninguém lia, o blog era meu diário virtual. Na mesma época as fanfics ficaram mais famosas por causa de Twilight e fui convidada a administrar o site Twilight Brasil Fanfics. Como muitos autores de lá publicaram livros em seguida, senti a necessidade de divulgar que eles se descobriram escritores depois de escreverem para o TBF, então, o blog se tornou literário e tem o formato que vocês conhecem hoje.

* Você tem algum conselho para quem está começando agora a carreira de autor? E para os blogueiros iniciantes?

Acho que tenho muitas dicas, preparem-se para um capítulo gigantesco!

Autores: leiam muito e leiam ainda mais o seu próprio livro. Ouvi da escritora Keila Gon, um conselho que me fez repensar meus próprios livros, ela disse: releia muito, se você não se sentir confortável com o que pretende publicar, é porque o livro não está pronto. Seja crítico! Você evitará muitas reclamações futuras de leitores e/ou blogueiros. Outra dica: entregue seu original para pessoas que você sabe que serão honestas  betarem e não fique chateado se não curtirem, isso mostra que você precisa amadurecer um pouco mais a história antes de libertá-la no mundo. Eu queria ter recebido esse conselho antes de começar.

Blogueiros: ser blogueiro não significa que você ganhou imunidade para o seu lado malvado. Criticar a obra de alguém não é o mesmo que destilar veneno e denegrir a trama, é embasar sua crítica com argumentos significativos e que irão ajudar o autor a ver a história pelo olhar do leitor, talvez até mexer na trama futuramente. Se não encontrar nada de bom para falar sobre uma leitura, prefira resumir, detalhar superficialmente os pontos negativos e positivos e falar privativamente com o autor o que você não curtiu e seus motivos (motivos bem embasados). Isso evita conflitos desnecessários e críticas maldosas. Ser blogueiro é comunicar a sua opinião pessoal sobre algo, seja livro, filme ou série. Gosto pessoal é pessoal, como o nome diz, e por esse motivo é importante possuirmos o pensamento de que o que eu não gostei outra pessoa pode gostar e tentar ser imparcial ao resenhar, sendo honesto quanto a leitura sem atacar a obra ou o autor. Isso serve para literatura estrangeira também. Nem sempre o que você odiou será odiado por outros.

Não saia pedindo livro no inbox das editoras e autores. Leia os livros que você tem, coloque sua opinião, conquiste seus leitores e quando abrirem para parceria, se inscreva, é certeza que se o seu trabalho for bem feito e com dedicação, as portas se abrirão para o seu blog.

* O que 2017 irá trazer de novidades na sua carreira de autora?

Tenho três certezas para esse ano:

Livro 3 da série Família Hallinson “Enganando o futuro Duque”, será publicado esse ano na Amazon. Livro 3 da série Neblina e Escuridão “Rainha”, será publicado esse ano pela Novo Século e vamos lançar o livro “Blogueiras.com”, uma antologia escrita por blogueiras que também são escritoras e idealizada pelo blog Nem te conto.

* Um recado ao seus leitores.

Obrigada por acreditarem nas minhas histórias! Vocês são o maior incentivo da minha vida! Amo vocês.

Foi um prazer imenso para todos nós podermos conhecer um pouco mais dessa autora. E só de saber que o terceiro livro da série Família Hallinson  já está a caminho fico super feliz, afinal não vejo a hora de conhecer o filho mais velho de Mical e Octávio.

Um beijo enorme pra você Mari! Muito sucesso!

Conheça os livros de Mari Scotti

Sonho e Pesadelo

Momentos: Amor e consciência não deveriam seguir o mesmo caminho. (Neblina e Escuridão Livro 1)

Montanha da Lua: A Maldição dos Hallinson (Família Hallinson Livro 1) com resenha aqui

A noiva devota (Família Hallinson Livro 2) com resenha aqui

Insônia (Nefilins Livro 1)

Sonhos (Nefilins Livro 2)

Despertar (Nefilins Livro 3)

Híbrida

Guardião

O Cobiçado: Rohan Sen

A autora nas reses sociais:

Skoob

Twitter

Facebook

Instagram

Youtube

Participe do “Comentário Premiado de Abril” clicando aqui!

renata

Anúncios

8 comentários em “[TOP FIVE WITH THE WRITER] Entrevista com a autora Mari Scotti – @_MariScotti

  1. Eu ainda não li nada da autora, mas sou doida pra ler Híbrida, o livro parece ser ótimo! Nossa, eu não sabia que ela já tinha tantos livros escritos! Eu só conhecia Sonhos e Híbrida, mas já fiquei com vontade de conhecer todos os livros dela. Gostei muito da entrevista, adorei conhecer um pouco mais da autora *u*

    Beijos!

    1. Obrigada!
      Feliz que tenha gostado da entrevista e se interessado ainda mais em ler os livros da Mari.
      😘

  2. Oi Renata.
    Como já comentei aqui, eu sou uma grande fã de entrevistas com autores, justamente por conhecer um pouquinho mais sobre eles e tudo mais.
    Eu ainda não li nada da autora, mas tenho um livor seu que está na minha lista e eu não vejo a hora de ler, adorei que tem novidade par esse ano, sou apaixonada por romances de época.
    Bjs.

    1. Boa noite!!!
      A Mari é maravilhosa mesmo!
      Os romances de época dela são ótimos! Super recomendo!
      Bj!

  3. Renata!
    Prazer foi para nós podermos conhecer um pouco mais sobre a Mari que é uma querida, sobre sua vida, suas influências, seus gostos, seus escritos…
    Gosto demais de conhecer a vida dos nossos autores, porque com certeza suas experiências de vida serão refletidas na escrita de seus livros.
    Sucesso Mari!
    “A sabedoria começa na reflexão.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy

    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s