Parceria · Resenha

[RESENHA] “O Descompasso Infinito do Coração (Série Batidas Perdidas – Livro 2) , de Bianca Briones por Verus Editora – @Verus_Editora

Boa tarde!!!

Hora de conhecermos mais um casal dessa série que já roubou meu coração 🙂

capa-do-livro-11

o descompasso infinito do coração

sinopse-1

Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente, apesar do desejo de permanecer na zona de conforto.

Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas o que parece tão simples, para ele, é complexo demais para ela.

Enquanto Bernardo é preenchido por certezas, o coração de Clara é inundado de receios, traumas e dúvidas.

Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar?

E o mais importante: como se entregar de corpo e alma quando não se consegue amar nem a si mesma?

Em O descompasso infinito do coração, Bianca Briones mostra que o verdadeiro amor pode resistir ao tempo e a cada obstáculo que a vida lhe impõe. Esta é uma história intensa e comovente de segredos, paixão e amizade. É a última chance de dois corações que cansaram de viver separados.

resenha-1

Para quem acredita e não desiste, basta uma possibilidade para se tornar uma realização.

Em “As Batidas Perdidas do Coração” fomos apresentados a Clara e Bernardo, que eram amigos da protagonista Vivi, e que agora protagonizam esse livro cheio de emoção.

Se ele precisar, eu vou. Se eu precisar, ele vem.

Clara e Bernardo são amigos desde crianças, e enquanto ele sempre teve a certeza que ela é o amor de sua vida, Clara aprendeu a acreditar que não existe amor verdadeiro.

Clara se casou grávida e bem jovem com Maurício. Viveu um casamento infeliz, que só fazia com que sua autoestima despencasse a cada dia. Sua única alegria eram seus filhos gêmeos Pedrinho e David. E após descobrir a traição do marido, ela se vê obrigada a recomeçar sua vida do zero.

Bernardo já provou seu um verdadeiro príncipe em Batidas Perdidas, e aqui ele reafirmou ainda mais isso. Um advogado comprometido, super do bem, que quando descobre a separação de Clara, vê a oportunidade de conquistá-la. O problema é que esse amor todo que ele sente parece não ser o suficiente para ajudar Clara a se reerguer.

Clara está partida em pedaços, e é quase imediato: cismo que posso ser a cola.

Lá no início do livro já notei que os problemas de Clara iam muito além do que a autora escrevia ali, e conforme a história avança, é revelado uma vida toda de abusos sofridos por sua madrasta e um pai machista que jamais enxergou, e o pior, jamais acreditou em tudo que a filha estava sofrendo. Por tudo isso, Clara aprendeu desde cedo a mascarar sua dor, mas neste momento descobre que para conseguir seguir em frente deverá enfrentar cada sofrimento que passou. A forma como ela foi se redescobrindo a tornou uma guerreira aos meus olhos.

Com o tempo, adquiri a capacidade de sorrir mesmo que o caos impere dentro de mim. E, por mais que as pessoas nos amem, não é fácil enxergar além do que mostramos, quando estamos determinados a fingir que está tudo bem.

Sobre os personagens secundários, mais uma vez foram um ARRASO! Rafa e Vivi estão super bem curtindo sua filhinha (houve uma passagem de tempo entre um livro e outro), e ele mais desbocado do que nunca. E Rodrigo e Branca dão um ar bem cômico nos capítulos em que dão as caras, com seus diálogos pra lá de divertidos. E posso afirmar que Eva, a madrasta de Clara, é uma das piores vilãs literárias que já conheci, não só pela crueldade, mas também pela forma em que tenta manipular as pessoas e as situações.

Clara e Bernardo, através da narrativa em primeira pessoa, nos mostram o quanto devemos lutar por tudo que amamos, e acima de tudo, que devemos nos amar em primeiro lugar e que só enfrentando nossos piores medos e dores somos capazes de enfrentar o mundo , e que dentro de cada um há muito mais do que os olhos são capazes de enxergar.

A vida muda sem pedir autorização. Resta a nós desistir ou seguir em frente.

Bianca Briones destruiu meu coração em várias partes, mas no final o reconstruiu, fazendo com que a cada compasso do meus coração me apaixonasse ainda mais por seus personagens e suas histórias. A cada livro me apaixono ainda mais por essa autora.

Participe do “Comentário Premiado de Março” clicando aqui!

renata

Anúncios

4 comentários em “[RESENHA] “O Descompasso Infinito do Coração (Série Batidas Perdidas – Livro 2) , de Bianca Briones por Verus Editora – @Verus_Editora

  1. Renata!
    Nunca li nenhum livro da Bianca, mas já li tantas resenhas de Clara e Bernardo que até parece serem meus conhecidos.
    A luta por manterem o amor e a busca constante da harmonia entre eles, é totalmente fascinante.
    “Ninguém nasce mulher: torna-se mulher.” (Simone de Beauvoir)
    cheirinhos
    Rudy

    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    1. Comecei a ler os livros da Bianca final de 2016, e me apaixonei pela escrita dela.
      Clara e Bernardo são puro amor ❤
      😘

  2. Oi.
    Eu comecei recententemente tentar ler o primeiro novamente, e estou curtindo a leitura.
    Adoro livros de série onde podemos matar a saudade dos nossos queridinho e conhecer os novos personagens, já que a autora partiu se coração já vou me preparar mentalmente para esse livro, por que sou uma manteiga quando o assunto é romance.
    Adorei.
    BJS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s