Resenha

[RESENHA] “Sr Daniels”, de Brittainy C. Cherry por @editorarecord

Boa tarde!!!

Depois de tanto tempo resolvi me render aos encantos de Daniel Daniels!

Serei seu melhor amigo, se me disser quem é. Serei seu sol quando a chuva você não mais quiser.

Capa do livro 1

Sr. Daniels, de Brittainy C. Cherry

Sinopse 1

Um amor proibido no melhor estilo de Romeu e Julieta

Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings é enviada pela mãe descompensada para a casa do pai, com quem mal conviveu até então. Devastada, Ashlyn viaja de trem para Edgewood carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação, Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil. A atração é imediata, e, depois de um encontro romântico, os dois descobrem que compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare, mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. O único problema é que, quando Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor, descobre que Daniel é o Sr. Daniels, seu professor de inglês, com quem não pode de jeito algum ter um relacionamento amoroso. Desorientados, os dois precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, ainda precisam tentar de todas as formas superar problemas do passado e sobreviver a alguns conflitos inesperados e dramáticos que a vida apresenta – e que poderiam separá-los para sempre.

Resenha 1

Havia dois tipos de luto. Aquele em que apessoa abria seu coração para o mundo, sem deixar de dar valor às coisas, e vivia cada dia como se fosse o último. E aquele em que a pessoa se fechava e vivia em seu próprio mundo, incapaz de se conectar com os outro.

Já fazia um bom tempo que este livro estava em minha lista de futuras leituras, e sinceramente não sei como passei tanto tempo sem ler ele.

É uma história bem dramática, com algumas perdas pelo caminho. Bem meu estilo: sofrência pura! O prólogo do livro já me deixou atenta para puxar um lencinho mais pra perto. Mas é claro que não chorei o livro todo, só em algumas passagens dele, e tiveram muitos acontecimentos que me fizeram rir e suspirar.

Este estranho me fazia sentir a eternidade, algo que nunca soube que podia ser sentido.

O livro narra as histórias de Ashlyn e Daniel, que em meio a tantas perdas tentam recomeçar suas vidas e acabam se encontrando.

Não importa o que aconteça, não importa quantas vezes você lide com ela, a morte não fica mais fácil.

Ashlyn se sente sozinha após a morte da irmã gêmea Gabby. Pior que ela nem pôde contar com a própria mãe para superar seu luto, pois foi enviada a casa do pai, no qual a garota ainda se ressente pelos vários anos de abandono. Mas Gabby deixou uma lista de coisas para fazer antes de morrer para Ashlyn, e para cada item da lista que ela completar haverá uma carta de Gabby, que é uma forma dela permanecer jundo da irmã em seus melhores e piores momentos.

Daniel está lidando com a morte dos pais e o irmão mais novo problemático. Ele toca em uma banda que cria músicas inspiradas nas obras de Shakespeare.

Em meio a dor e a paixão de Shakespare, Ashlyn e Daniel se encontram e acabam construindo uma bela história de amor. O problema todo é que eles não podem ficar juntos, uma vez que Ashlyn é aluna de Daniel, e isso torna a relação deles proibida aos olhos de todos.

Ashlyn me fazia querer desobedecer às regras, em encontrar brechas, em segurá-la nos braços em corredores ocultos, e em ler Shakespeare para ela nos cantos abandonados da biblioteca.

A autora nos apresenta belos e fascinantes personagens secundários, como os filhos da madrasta de Ashlyn: Hailey e Ryan. Hailey é uma garota meiga que logo de cara já começa a conquistar o triste e endurecido coração de Ashlyn. Já Ryan é um garoto que parece querer viver cada dia como se fosse o último, mas que também carrega uma grande bagagem emocional.

Fomos feitos para estragar as coisas, destruir as coisas, e aprender coisas novas. Fomos feitos perfeitamente imperfeitos.

Os protagonistas com certeza conquistam a todos que lerem essa história. Daniel, ao mesmo tempo em que se entrega a seus sentimentos por Ashlyn se preocupa com ela, e sofre por não poder abraçá-la em seus piores momentos, Ashlyn é uma garota que apesar de querer voltar a viver ainda sofre com suas feridas, e tenta a todo custo superá-las.

Eu odiava o quão perto estávamos, e quão distante nos sentíamos.

O livro ainda traz temas como bullying, suicídio, uso de drogas e sexualidade, trazendo alguns momentos que me deixaram com o ar preso na garganta.

A narrativa é em primeira pessoa, sendo os capítulos intercalados sob a narração de Ashlyn e Daniel. Cada um deles nos mostrando como tentam superar suas perdas e como encontram um no outro um motivo para continuarem sorrindo.

Ashlyn&Daniel vivem momentos tensos, tristes e liiindoos. O amor que vai nascendo aos poucos entre eles só deixa claro que eles foram feitos um para o outro.

Uma história linda, que trata de perdas, encontros, reencontros, perdão e recomeços, que só me deixa um pergunta: como que demorei tanto tempo pra ler esse livro?

Sempre que estava perto dele, tinha uma profunda sensação de segurança e paz. Daniel Daniels fazia eu me sentir em casa.

renata

Anúncios

6 comentários em “[RESENHA] “Sr Daniels”, de Brittainy C. Cherry por @editorarecord

  1. Eu li esse livro no comecinho desse ano. E fiquei pensando igual a você, porque eu não li esse livro antes?
    Sério, eu não sei porque demorei tanto pra ler, eu já achava que seria bom, mas me surpreendi muito com ele. Achei a história muito bem construída, e me emocionei muito com ela. O livro realmente traz temas bem fortes, e eu achei que a autora tratou muito bem esses temas. Eu também já li O Ar que Ele Respira dessa autora, e também amei o livro. Agora só espero que a Record traga mais livros da autora…
    Bjss ^^

    1. Oi Pamela!
      A Editora Record acabou de lançar mais um livro da autora: “A Chama Dentro de Nós”, que já está em minha lista 😍
      Gostei mesmo da forma sensível em que ela tratou dos temas dentro da história de “Sr Daniels”.
      😘

  2. Renata!
    Já tive oportunidade de ler esse livro e gostei demais, embora como você, chorei muito em algumas partes, principalmente as relacionadas com Ryan, ele foi um dos personagens secundários que mais gostei, apesar do que aconteceu com ele…
    “Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy

  3. Esse livro é perfeito! Eu ja tinha lido ele antes de ser lançado no Brasil, e quando foi lançado aqui, eu li ele de novo de tanto que gostei. Amei a história criada pela autora, amei os personagens principais e os secundários. Achei a escrita da autora muito boa. E também chorei bastante com esse livro. Ele está na minha lista de favoritos, agora estou querendo ler o outro livro dessa autora 🙂

    Beijos!

    1. “Sr Daniels” é de uma delicadeza tão grande que é impossível não gostar e se emocionar com sua leitura.
      Li “O Ar Que Ele Respira” da autora e também achei lindo.
      😘

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s