Parceria · Resenha

[RESENHA] “A Noiva Devota (Família Hallinson Livro 2)”, de Mari Scotti – @_MariScotti

Boa tarde!!!

Hoje vamos conhecer um dos filhos de Mical e Octávio, e começarmos a nos aprofundar ainda mais na fascinante família Hallinson.

Embarca comigo nessa e descubra o que achei de “A Noiva Devota” 😉

Capa do livro 1

a-noiva-devota

Sinopse 1

Nascer um Hallinson jamais foi tão promissor como em sua geração, no entanto, carregar esse sobrenome era ao mesmo tempo uma dádiva e uma maldição para os herdeiros do amor lendário de Mical e Octávio. Tudo porque Madascocia tornou-se a cidade do casal que venceu uma maldição. Muitos curiosos passaram a visitá-la em busca de felicidade, amor eterno, casamentos duradouros e a solução para seus dilemas. Além das inúmeras superstições como passar pela sombra de um Hallinson; lançar cartas ao rio Llyin que corta a Mansão de Bousquet; as donzelas e matriarcas almejavam matrimônio com um dos jovens herdeiros.
Tentando adiar ao máximo esse desfecho, Samuel prolongou os estudos, mas, a saudade de uma donzela o faz retornar para casa antes do previsto.
É em um baile que todos os seus planos de a cortejar ruem. Flagrado em uma situação comprometedora, vê-se obrigado a se casar.

Ela sempre soube como se esconder da sociedade, como passar desapercebida entre as pessoas e não chamar atenção. Não que fosse complicado, ela era a mais nova das filhas, a menos formosa de sua casa. A que nasceu com uma ofensiva deficiência. Por acreditar que jamais seria notada, Rosalina guardou um grande segredo: seu amor por Samuel Hallinson. O que ela não esperava era cruzar o caminho do rapaz em um dos momentos mais constrangedores de sua vida e mudar seus destinos bruscamente.

Resenha 1

Só tenho uma coisa a afirmar: Mari Scotti escreveu mais um romance de época que é um verdadeiro ARRASO!

Dessa vez conheceremos Samuel Hallinson, filho de Octávio e Mical que foram protagonistas de “Montanha da Lua” (resenha aqui). Samuel, assim como seus irmãos, foi orientado pelos pais desde criança a se casar por amor. Hoje, formado em Direito, e cursando Engenharia, decide viajar para a casa dos pais em Madascócia, para declarar seu amor a Isabel Acker.

Rosalina Acker é a irmã mais nova de Isabel. Ela se acha fora dos padrões da época por estar acima do peso e por sua deficiência, a qual aprendeu a usar de artifícios para escondê-la. Por isso se mantém discreta. Apaixonada por Samuel Hallinson desde os seis anos de idade, sonha em poder viver seu grande amor.

Em um baile, uma situação que deixou tanto Rosalina, quanto Samuel tristes, faz com que ambos fiquem sozinhos em uma varanda, e acontece algo que foi inocente para eles, mas faz com que uma grande e constrangedora situação seja vista por vários convidados. Após isso, eles são obrigados a marcarem a data do casamento, e enquanto Rosalina se sente mau por ele ter de ficar com ela por obrigação, Samuel bola uma estratégia para se casar com Isabel.

E eu ignorava o fato de que ele só estava ao meu lado por uma intromissão do destino. O pensamento me entristeceu, pois nosso acordo o liberaria de seu compromisso caso não se sentisse apaixonado por mim.

A convivência, seguida de algumas situações constrangedoras (e engraçadas!), faz com que Rosalina e Samuel fiquem cada vez mais próximos, e ele passa a não entender seus reais sentimentos.

Samuel é um verdadeiro príncipe: educado e apaixonante. Impossível não suspirar e morrer de amores por ele. E Rosalina é a verdadeira donzela dos contos de fadas, mas dona de uma personalidade marcante e que aos poucos vai conquistando o coração se seu grande amor.

E o que falar de Mical e Octávio? Tão lindos e tão apaixonados! Criaram uma linda família, cercada de carinho, amor e atenção.

Por se tratar de um romance de época, a linguagem é um tantinho rebuscada, mas de fácil entendimento, que nos faz criar uma sintonia com a época em que a história é contada, sem tornar a leitura cansativa. A narrativa é em primeira pessoa, com os capítulos intercalados entre Rosalina e Samuel, e você já saber que eu a-do-ro quando os livros são escritos dessa forma, pois assim consigo entrar na cabeça dos personagens e descobrir cada um de seus sentimentos.

A autora também nos apresenta Gregorio Hallinson, filho primogênito de Mical e Octávio, futuro Duque e cobiçadíssimo entre as donzelas. O personagem, assim como Samuel é super carismático. Há também Isabel, e confesso que no início da leitura pensei que a personagem fosse uma mimada, mas no decorrer da história, ela acabou me conquistando.

A história é tão envolvente que quando vi já estava chegando no final. É impossível parar de ler.

“A Noiva Devota” é o tipo de história que te ganha na capa, te encanta na sinopse, mas que rouba de vez seu coração com sua história cativante e seus personagens fascinantes. Uma história com muito romance e uma pitada de comédia e sensualidade, que te faz suspirar do início ao fim e te conquista com a escrita de Mari Scotti, além é claro de aguçar (e muito) sua curiosidade para conhecer cada membro da família Hallinson.

Adquira já “A Noiva Devota” clicando aqui.

renata

Anúncios

8 comentários em “[RESENHA] “A Noiva Devota (Família Hallinson Livro 2)”, de Mari Scotti – @_MariScotti

  1. Eu gosto bastante de romances de época. Fiquei com muita vontade de ler esse livro, a história dele parece ser bem diferente e muito bem construída! E gostei de saber que a história é envolvente. Mas um livro que vai entrar para minha listinha kkkk
    Bjss ^^

  2. Não conhecia o livro, mas já fiquei muito interessada na série. Eu amo romances de época, e esse parece ser realmente muito bom. Achei muito legal esse livro ser com o filho dos protagonistas do primeiro livro. E eu acho que vou gostar bastante de todos os personagens!
    Já entrou pra minha listinha 😀

    BEijos!

    1. Leia e depois me conte o que achou 😉
      A Mari não deixa nada a desejar a autoras internacionais, a história é bem construída.
      😘

  3. Renata!
    Adoro romance de época, são tão singelos.
    E gostei muito de toda trama desenvolvida pela Mari, fazendo com que a grande paixão de Rosalinda por Samuel se tornasse real e possível.
    Gosto muito quando podemos ver o ponto de vista dos dois personagens.
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy

    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

  4. Renata! Que resenha linda! Me deu até saudade deles e do Gregório! Ainda bem que logo logo me jogo na cabeça do Gregório e passeio por Madascócia por mais alguns meses.
    Obrigada pelo carinho e simplicidade! Espero que mais pessoas sintam o livro como vc.
    Beijão, Mari Scotti

    1. Mari tá tão gostoso de acompanhar as aventuras dessa família que estou até pensando em ver se eles não querem me adotar 😁 ou ver se arranjo um lugar lá em Madascócia pra morar kkk
      E vou ficar aguardando mais novidades sobre o Gregório ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s