Resenha

[RESENHA] Um Amor Para Lady Johanna, de Julie Garwood por @univdoslivros

Boa tarde!!

Na resenha de hoje uma mocinha marrenta e um  E S C O C Ê S pra lá de ogro ( e sedutor).

Capa do livro 1

um-amor-para-lady-johanna

Sinopse 1

Uma jovem viúva. Um guerreiro escocês fascinante. Duas vidas transformadas pelo amor e por uma paixão avassaladora. Quando Lady Johanna soube que estava viúva, ela prometeu que jamais se casaria novamente. Com apenas dezesseis anos, ela já possuía uma força de vontade que impressionava a todos que enxergavam além de sua beleza avassaladora. Contudo, quando o Rei John ordenou que ela se casasse outra vez – e selecionou um noivo para ela – pareceu que a moça deveria se conformar com esse destino. Seu irmão, no entanto, sugere ao Rei um novo pretendente:o belo guerreiro escocês Gabriel MacBain. No início, Johanna estava tímida, mas, conforme Gabriel revelou com ternura os prazeres magníficos a serem compartilhados, ela começou a suspeitar que estava se apaixonando por seu novo e rude marido. Logo ficou claro para todo o clã das Terras Altas, portanto, que o ríspido e galante lorde rendera completamente seu coração. Porém, a iminência de uma intriga da realeza ameaça separar o casal e destruir o homem que ensinou a Johanna o significado do verdadeiro amor, que a transportou além de seus sonhos mais selvagens.

Resenha 1

Ela se sentia… livre com ele, e também desinibida, pois seu marido parecia gostar de qualquer coisa que ela quisesse fazer.

Acho que estou começando a ficar viciadinha em romances de época com guerreiros escoceses 🙂

 A protagonista do livro é Johanna, uma inglesa que se casou muito jovem (quase uma criança) com o Barão Raulf. O que ninguém sabia era que Johanna sofria maus tratos, incluindo humilhações e surras, de seu marido. E quando recebe a notícia de que Raulf morreu em um acidente, uma das primeiras coisas que Johanna faz é agradecer a Deus por isso.

Gabriel McBain é um lorde escocês (a-do-ro!) que tenta a todo custo governar dois clãs que foram praticamente destruídos pela guerra, os clãs McBain e Mclaurin. Ele é um homem bastante rústico, mas ao mesmo tempo tenta ser justo para com todos que cruzam seu caminho. E estando prestes a perder suas terras, recebe de Nicholas Sanders, irmão de Lady Johanna, a notícia de que se casando com ela ninguém poderá tomar suas terras.

O início do casamento de Johanna e Gabriel não vai nada bem, pois ele quer que ela obedeça cada uma de suas ordens, enquanto que ela quer agir do jeito que bem entender, e isso renderá boas risadas.

Gabriel terá a difícil missão de fazer com que Johanna não tenha medo dele, mas o problema é que além de ser um verdadeiro gigante no tamanho, ele é um verdadeiro ogro.

O olhar dele era tão intenso, devastador, e ela não parcecia conseguir formar uma frase.

A autora nos faz amar Johanna a cada página, pois a personagem consegue aos poucos ir vencendo seus medos, além de ser muito amorosa com todos que lhe rodeiam. E para uma personagem tão maravilhosa não poderíamos deixar de ter um “par” igualmente maravilhoso: Gabriel apesar de demonstrar ser um bárbaro, tenta manter o bem-estar de Johanna.

Meu Deus, estava muito agradecida por ter se casado com Gabriel. Até então, sua vida fora tão vazia e desolada.

Os personagens secundários também me conquistaram: o pequeno Alex, filho de Gabriel, que fará de Johanna feliz por adotá-lo como filho; os chefes de exército dos clãs que Gabriel governa; o velho Anggie, que todos pensam estar louco; Claire, uma mulher capaz de ir até as últimas consequências para evitar um casamento indesejado; Nicholas, o irmão super-protetor de Johanna; e por último e não menos importante, Dumfries, o cão aparentemente monstruoso de Gabriel.

A autora constrói uma maravilhosa história de amor, onde me emocionei quando Gabriel se deu conta de que estava apaixonado por Johanna, mas tinha medo de ser rejeitado. Sem falar na forma como Gabriel luta para ganhar a confiança de sua amada.

Com certeza um romance de época com todos os ingredientes para conquistar o leitor: romance, drama, suspense e ação que se provou uma receita de sucesso para “Um Amor Para Lady Johanna”.

Anúncios

2 comentários em “[RESENHA] Um Amor Para Lady Johanna, de Julie Garwood por @univdoslivros

  1. Um dos meus livros favoritos! Johanna me ganhou com sua esperteza, principalmente na parte dos mantos! haahah Lê os da Julia Quinn, tenho certeza que você vai amar! Parabéns pelo blog!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s