Resenha

[RESENHA] O Ano Em Que Te Conheci, de @Cecelia_Ahern por @Novo_Conceito

Boa tarde!!!

Hoje vamos saber mais de um dos livros da autora best seller Cecelia Ahern, que teve os filmes “P S Eu Te Amo” e “Simplesmente Acontece” adaptados para as telas de cinema.

Capa do livro 1

o-ano-que-te-conheci-capa

Sinopse 1

Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e estão em uma encruzilhada. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer. Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever.

Resenha 1

Se a primavera é esperançosa, o verão é orgulhoso, o outono é modesto, e o inverno é resiliente.

Neste livro Cecelia Ahern nos conta a improvável e tempestuosa amizade que surge entre Jasmine e Matt, além de todas as mudanças que  ambos enfrentarão ao longo de um ano.

Jasmine quando tinha dezenove anos viu a mãe perder a batalha contra o câncer, e como consequência tomou para si a responsabilidade de proteger a irmã mais velha Heather que tem síndrome de down. O problema é que agora, aos 33 anos, este período que Jasmine está vivendo será bastante agitado para ela, porque ela foi demitida e a empresa lhe pagará seu salário por um ano para que ela não acabe indo trabalhar para a concorrência.

Jasmine não aguenta mais ficar sem fazer nada em casa, e como não pode nem mesmo procurar emprego passa a visitar bastante suas amigas que estão toda hora tendo bebês, e em poucos meses ela já contabiliza pelo menos três futuros afilhados. E é em momentos totalmente ociosos, que Jasmine passa a observar seu vizinho Matt, um locutor de rádio casado e com três filhos, e Jasmine nos contará que  tem sérios motivos para odiar esse homem.

– Todos nós temos momentos marcantes em nossa vida, períodos que influenciaram mudanças pequenas ou profundas dentro de nós.

Com tanto tempo livre e uma mente a mil por hora, Jasmine passa a tomar conta, ou melhor, construir seu jardim, que é algo que ela não se imaginava tendo e fazendo em meio a agitação que era seu dia-a-dia.

Matt está passando por sérios problemas também, não só em relação ao trabalho, mas também com a família e seu vício em bebida, e Jasmine ao mesmo tempo em que lhe odeia quer ajudá-lo a sair dessa crise terrível.

Uma personagem que rouba a cena neste livro é Heather. Não tenho adjetivos para essa personagem, mas quando penso nela só uma palavra me vem a cabeça: “INDEPENDÊNCIA”. Heather tem 34 anos, tem síndrome de down, mora sozinha, trabalha em pelo menos três empregos, faz vários cursos, namora e é apaixonada por música e discos de vinil. Jasmine passou tanto tempo pensando em proteger a irmã que não se deu conta que Heather é tão independente quanto ela. Jasmine e Heather são muito amigas, e o amor que essas irmãs sentem uma pela outra é simplesmente lindo.

Jasmine e Matt passarão por tanta coisa que vocês nem imaginam, e a amizade que começa a surgir entre eles parece que a cada passo pra frente que dá, em seguida dá dois passos para trás.

O livro é todo narrado em primeira pessoa por Jasmine, e é como se ela estivesse contando a Matt cada acontecimento e pensamento que ela tinha, tanto que ela se refere a ele como “você” o tempo todo. Jasmine narrará toda a história de como ela e Matt se conheceram realmente e de como cada um deles conheceu a sim mesmo. O livro é dividido em quatro partes: inverno, outono, primavera e verão.

– No ano em que te conheci, conheci a mim mesma. Você deveria fazer o mesmo, porque acho que vai encontrar um bom homem.

Uma crítica é que a autora descreve alguns acontecimentos do passado de Jasmine que não terão nada a ver com a história do livro, assim como alguns do presente que parecem estar lá apenas para preencher páginas.

“O Ano Que Em Te Conheci” é um livro que conta a história de uma mulher que precisa se libertar de sua antiga vida e seguir em frente, sobre um homem que quando perdeu tudo se deu conta de que não deu a real importância a sua família. Enfim, um livro que fala sobre amizade, amor próprio, amor ao próximo, vícios, família e segunda chance.

Posso pensar em quatro momentos transformadores para mim: o ano em que nasci, o ano em que soube que ia morrer, o ano em que minha mãe morreu e agora tenho um novo, o ano em que te conheci. 

Anúncios

Um comentário em “[RESENHA] O Ano Em Que Te Conheci, de @Cecelia_Ahern por @Novo_Conceito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s