Resenha

[Resenha] Entre o amor e a vingança, de Sarah MacLean – @gutenberg_ed

Já fazia um tempo que queria trazer essa série para você. E agora chegou!!

tumblr_n97g1jFwar1qcu3vno1_500

Capa

Capa

Sinopse

O que um canalha quer, um canalha consegue… Uma década atrás, o marquês de Bourne perdeu tudo o que possuía em uma mesa de jogo e foi expulso do lugar onde vivia com nada além de seu título. Agora, sócio da mais exclusiva casa de jogos de Londres, o frio e cruel Bourne quer vingança e vai fazer o que for preciso para recuperar sua herança, mesmo que para isso tenha que se casar com a perfeita e respeitável, Lady Penélope Marbury. Após um noivado rompido e vários pretendentes decepcionantes, Penélope ficou com pouco interesse em um casamento tranquilo e confortável, e passou a desejar algo mais em sua vida. Sua sorte é que seu novo marido, o Marquês de Bourne, pode proporcionar a ela o acesso à um mundo inexplorado de prazeres. Apesar de Bourne ser um príncipe do submundo de Londres, sua intenção é manter Penélope intocada por sua sede de vingança. Mas isso parece ser um desafio cada vez maior, pois a esposa começa a mostrar seus próprios desejos e está disposta a apostar qualquer coisa por eles… Até mesmo seu coração.

Resenha

Mais uma autora para o meu hall de romances históricos, e gostei muito do que encontrei. A série Clube dos Canalhas é uma daquelas que focam no mocinho e que nos deixam saber bem mais da sua vida e conquistas. E em muito não me decepcionou.

Lady Penelope Marbury é a solteirona da cidade mesmo após 6 anos desde que foi abandonada pelo noivo que amava outra. E a preocupação maior de Penelope é a mancha que pode afetar suas irmãs mais novas.

Michael, o marquês de Bourne perdeu tudo o que seria seu 8 anos atrás e jurou vingança. Hoje, um homem com poses, pode se dar ao luxo de completar seu tão sonhado propósito.

Penelope como uma sonhadora sempre quis algo a mais; como uma aventura, emoção, paixão, amor e não um simples casamento de conveniência. Quer ser amada. Mas agora seu dote contém terras de grande proporções e isso pode atrair pessoas que apenas querem seu dinheiro.

 “Ela viu que poderia ter algo mais de um casamento, se ao menos tivesse tempo para encontrá-lo.”

E logo no primeiro capítulo esse livro me fisgou, por já encontrar uma reviravolta com os personagens principais. Primeiro o fato que ambos se conhecem desde a infância, mas foram separados devido a como a vida de Michael muda quando jovem vendo o pai perder os meios de vida. E em seguida um encontro os une, mas pode virar um escândalo e acabar com as chances de Penelope atingir seus objetivos.

“Não eram todas as relações baseadas justamente nessa premissa – do benefício mútuo? Ela teria acesso ao dinheiro dele, à sua liberdade e a qualquer outra coisa que desejasse, e ele ganharia Falconwell. Simples assim!”

Mas um plano fará com que ambos unam-se para atingir seus desejos. No entanto, isso os convencerá de que o destino tem mais para eles. E como a história deles se desenrola foi algo bem satisfatório. Michael mostrando a Penny que é um homem merecedor de uma vida e de uma mulher que o fará feliz. E a Penny também ser merecedora do seu tão sonhado mais. E isso foi um fator que me fez amar essa história, e em como eles são mais iguais do que pensavam ser.

“Pode reivindicar direito sobre minha vida, meu dote e minha pessoa, milorde. Mas ainda sou dona dos meus pensamentos, não?”

A escrita da Sarah MacLean é muito autêntica e perspicaz. A criação dos seus personagens são de uma profundidade que me fez conhecê-los tão intensamente como possível – algo que eu gosto muito.

No entanto, a única coisa que me fez desgostar um pouco do livro é a Penny ter muita autonomia dentro da história. Pois acho que às vezes as autoras tentam criar mocinhas fortes mas que distorcem a cultura da época; pois quando eu me transporto para esse mundo realmente quero ver como as pessoas daquela época viviam. Não quero ver mocinhas que são além do seu tempo. Quero ver mocinhas que enfrentam as dificuldades da sua época e que me passam a confiança de que estão fazendo seu melhor para viver sua vidas. E em “Entre o amor e a vingança” eu vi uma mocinha que se destaca muito mais do que o mocinho, sendo que preciso destacar que o nome da série faz referência ao mocinho. Então talvez uma mudança de nome para a série viria a fazer mais sentido.

Anúncios

Um comentário em “[Resenha] Entre o amor e a vingança, de Sarah MacLean – @gutenberg_ed

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s