Resenha

[Resenha] Janeiro Proibido, de Aline Sant’ana – @EditoraCharme

Capas lindas, romance, paixão e amor atemporal é o que encontramos nesse romance linda da autora nacional Aline Sant’ana. Estou muito animada com toda essa leitura.

tumblr_m3il9q6eyK1qhsjkho2_500

Capa 

Janeiro-Proibido-Aline-Santana

Sinopse

Para Gabriela, Janeiro é sempre um mês complicado. Ao mesmo tempo que deveria ser um mês de diversão, pelas férias, mergulhos na piscina e tudo que se espera desse período, ela precisa enfrentar a presença do homem por quem está perdidamente apaixonada. Mas, o que ela não sabe ainda, é que esse sentimento é recíproco.

Seria tudo muito simples, se esse não fosse um amor proibido.

Após sucumbirem ao desejo impossível de controlar, Gabriela e Raphael precisarão tomar a decisão que poderá mudar o curso de suas vidas. Será que seu amor é forte o suficiente para lidar com as críticas e o preconceito da sua família? Ou será que é mais fácil desistir?

 

Resenha

Estou muito feliz de ter dado uma chance para a autora Aline Sant’ana, porque foi uma surpresa incrível. Ela tem uma narrativa tão fluida e parece que o leitor conhece sua escrita há muito tempo, onde os personagens são fáceis de se identificar e que dá vontade de abraçar.

Amo romances, e por ser nacional tornou-se mais perto do coração. Janeiro Proibido é o primeiro conto de série De Janeiro a Janeiro. Como o nome já diz, são 12 contos, referente a cada mês do ano, com personagens diferentes a cada livro.

Janeiro traz como protagonistas Raphael & Gabriela que mesmo sendo criados juntos não puderam negar a atração e paixão intensa que sentem um pelo outro. E por obra do destino fazem parte da mesma família. E como faz quando a gente se apaixona por quem não deve?

Janeiro a Janeiro

Eu tinha uma visão negativa sobre esse assunto, e já tinha lido algo desse gênero que não foi nada atrativo e me fez odiar. No entanto, o livro da Aline era um conto, o que seria breve e foi ótimo não ter deixado o preconceito me pegar, pois o jeito que a autora resolveu contar foi muito boa, e especial.

Gabriela é uma jovem que ao mesmo tempo em que tem suas ressalvas sobre querer se envolver com Raphael, também vive se questionando de porque não deveriam dar uma chance para eles. Já Raphael é um homem sete anos mais velho com uma vida estabilizada, que da mesma forma também ama Gabriela e a viu dar seus passos na adolescência, a viu crescer e se tornar a universitária que é hoje.

janeiro a janeiro 2

E o romance acontece muito naturalmente quando toda a família faz sua reunião anual. Amei esses dois, e fiquei tensa com eles, consegui senti o que sentem um pelo outro. O carinho e amor entre o casal é bem palpável, e não é aquele sentimento arrebatador que faz ambos serem inconsequentes. De muitas formas pensam na família e no que será bom para eles mesmo.

Recomendo a leitura por muitos motivos. Principalmente por ser leve, fácil e apaixonante; e em poucas páginas você verá como é fácil se apaixonar pela escrita da autora e torcer pelos personagens. E deixa um misto de saudades no final, querendo mais.

No entanto, já estou ansiosa por Fevereiro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s