Quotes & Songs

[Quotes & Songs] Amarrado, de Emma Chase por @univdoslivros

Bem galera, hoje vamos relembrar um pouquinho do nosso querido Drew.

Mais uma vez Emma conseguiu me arrancar suspiros e gargalhadas com seus personagens.

Esse livro foi pra finalizar com chave de ouro a série, embora ainda queira mais livros em que Drew apareça 😦

Foi incrível ver o amadurecimento de Drew e como as coisas entre ele e Kate mudaram com o nascimento de James.

Vamos matar um pouquinho da saudade do Drew?

A maioria dos caras não sonha com casamento. Não preciso dizer isso a você. Mas este não é qualquer casamento. Isto é um marco. Revolucionário. Porque passei a maior parte da minha vida sem pensar na mínima possibilidade de estar aqui.

Kate ainda tem aquela beleza que não dá muito trabalho. Ela não tem que se esforçar para estar gostosa. Ela apenas é. 

É isso que ninguém te diz sobre estar apaixonado. É claro que é maravilhoso e incrível e um sentimento fantástico. Mas também há estresse. Obrigação. Responsabilidade. O conhecimento de que a felicidade de outra pessoa, alguém que significa tanto para você, pode ser construída ou destruída pelas escolhas e pelas coisas que você faz.

Kate perdoou minhas cagadas e ela confia em mim, mesmo quando eu não dou motivo para ela fazer isso. A piedade é um presente que vem de amor, não do merecimento. E é isso que a Kate sempre será para mim.

Ela é minha piedade. 

Então aqui estamos todos nós, em cima do palco, com meu braço jogado por cima do ombro de Warren enquanto gritamos a letra de “Making Love OOut of Nothing at All” do Air Supply, enquanto Steven, Matthew e Jack fazem a segunda voz.

 

Quando você está comprometido com um relacionamento, ao ir para bares ou boates de striptease sem o seu companheiro, você estará buscando confusão. Quem começou a tradição de despedidas de solteiro deveria ser enterrado vivo em uma cova conjunta com o cara que inventou o karaokê e… Bem… Eu iria dizer Billy Warren.

É como se o todo mundo, a igreja inteira, desaparecesse. E só houvesse nós dois.

Existem alguns momentos específicos em minha vida que eu considero como os melhores. Aquela primeira noite com Kate. O dia que ela acreditou que eu a amava e me disse que sentia o mesmo. O dia em que James nasceu.

Se isso fosse um conto de fadas, agora seria o momento em que você leria:

E eles viveram felizes para sempre…

Mas isso é muito chato para nós.

Então, em vez disso, direi o seguinte:

Nós vivemos… da mesma maneira que amamos: com paixão, ternura e risadas. e vivemos cada dia, cada bendito dia, ao máximo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s