Uncategorized

[Filme] Orgulho e Preconceito

Prontos para o melhor filme de época que existe?

tumblr_ls01f6Cq4i1r04h4vo1_500

Se você  parou um pouquinho o que estava fazendo para vir aqui apreciar essa resenha, com certeza você é tão fã da Jane Austen como eu. E na minha humilde opinião, nenhum filme feito com base em suas obras foi tão bem adaptado e interpretado como Orgulho & Preconceito.

Orgulho

Elizabeth é a filha mais velha dos Bennet, e consigo leva o peso de ser a primogênita e ainda não ter casado. Com outras cinco irmãs também solteiras, levam uma vida modéstia em Netherfield Park, e naquela época, a possibilidade de ascensão social eram muito limitadas para uma mulher sem dote. Porém, Lizzie conta com um espírito livre e audasioso para uma mulher da sua época.

Untitled-1

Para sua mãe, o único objetivo na vida é ver suas filhas casadas, não importa quem, mas somente ter uma aliança no dedo é tudo. E por aí já vemos como uma época onde a mulher era pouco valorizada, e tinha sorte quando casava com alguém de seu gosto, ou tinha algum vestígio de amor no relacionamento. Coisa que eu gosto muito nos livros e adaptações da Jane Austen: o fato dela tratar o relacionamento como algo sério e com sentimentos reais envolvidos – ou seja, casais que realmente se gostavam.

tumblr_ls0fhdNMMi1qlwlcyo2_500

E Lizzie parece que ver o horizonte brilhando quando o sr. Bingley, um jovem rico, passa a morar em uma mansão vizinha junto com sua irmã e um amigo da família, sr. Darcy. Não só ela se empolga como também suas irmãs, principalmente Jane, que encontra em Bingley uma pessoa carismática e que lhe agrada. Porém, Lizzie não tem tanta sorte com Darcy, pois tão pouco se conhecem as farpas já saem voando.

giphy (3)

 

 

Mesmo uma época tão transitória e que as aparências eram fatores importantes, sempre me surpreendo como a escrita da Jane Austen vem carregada de veracidades e de críticas. Como o mundo real de hoje e de séculos passados se cruzam, tornando aspectos que poderiam ser fora da realidade bem reais.

A linha do tempo proposta no livro também se encontra no filme. Não é um romance que acontece rápido. Os personagens passam por momentos tensos, mudanças de lugares, e fatores na vida de ambos que os afastam por um tempo, no entanto, conseguimos perceber que o sentimento de indecisão e de oportunidades perdidas estão ali o tempo todo.

49

Amo muito esse filme, e sempre gosto de indicá-lo para quem ainda não viu por uma circunstância ou outra. Ver a família Bennet passando por momentos bons e ruins, crescendo como pessoas (outros nem tanto!), e deixando preconceitos e orgulho de lado é fantástico. Super recomendo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s