Uncategorized

[Resenha] Ser feliz é assim, de Jennifer E. Smith – @galerarecord

Romance levinho nesse #EspecialDiadosNamoradosEBTB porque todo mundo merece…

tumblr_mvw758Eppf1sgbtl8o1_500

Capa

Ser-feliz-e-assim

Sinopse

Após Graham enviar, por engano, um e-mail para Ellie falando sobre seu porco de estimação Wilbur, nasce uma inesperada amizade virtual. Ele é um astro de cinema, e ela, uma menina simples que faz o possível para passar despercebida, tentando esconder um escândalo do passado. Sem nem saber o nome um do outro, eles começam uma correspondência virtual, compartilhando segredos, esperanças e medos. Quando surge a oportunidade de Graham filmar seu próximo filme na pequena cidade de Ellie, o relacionamento ganha contornos reais. Duas pessoas de mundos tão diferentes conseguirão ficar juntas?

Resenha

Jennifer E. Smith é aquele tipo de autora que deixa você com um sorriso bobo no rosto por criar uma história cativante e cheia de romance do começo ao fim.

Após ter ficado muito impressionada com a leveza de escrita da Jennifer em A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista, estava encantada em ler logo esse novo romance. E essa capa colocou minha expectativa lá em cima, porque o que a americana deixa a desejar e parece meio triste, a nossa passou a mensagem do que esperar dessa leitura.

Graham Larkin e Ellie O’Neil se conhecem da forma mais inusitada possível: através de um email por engano falando sobre um porco. Como? Pois é… diferente né. E um diferente muito legal, que fez dois estranhos que nunca se cruzariam na rua por acaso, criarem laços que seria difícil desfazer depois do primeiro contato.

Ser feliz é…
Ver o sol nascendo no porto. Tomar sorvete num dia de calor. Ouvir o barulho das ondas ali no fim da rua. O jeito como meu cachorro se enrosca perto de mim no sofá. Dar um passeio a pé de noitinha. Filmes legais. Tempestades. Um belo cheeseburger. Sextas-feiras. Sábados. Quartas-feiras, até. Mergulhar a ponta dos dedos do pé na água. Calça de pijama. Chinelo de dedo. Nadar. Poesia. A ausência de emoticons num e-mail. E pra você, como é ser feliz?”

Ellie é uma jovem que vive numa cidade interiorana, que a única coisa que deseja é passar despercebida pois tem um segredo que quer guardar de qualquer jeito. E conhecer Graham talvez não seja uma boa ideia se deseja manter seu passado à sete chaves. No entanto, Graham não a deixará fugir tão facilmente, pois mesmo com a sua timidez, Ellie é aquele tipo de pessoa que pensa bastante e tem coisas lindas a transmitir. Uma protagonista cativante, mesmo com pouca idade.

“De repente, ele percebeu ter perdido um milhão de oportunidades para beijá-la, mesmo sem nenhum marcação no roteiro, mesmo sem as ordens de qualquer diretor”

E entre um email e outro a amizade cresce. E porque de uma hora para outro Graham está na pequena cidade de Ellie? Esse foi um dos aspectos que eu mais gostei, a autora criou uma trama muito boa mesmo para o universo jovem adulto. Ellie tem coisas na sua personalidade que Graham necessita, e vice-versa. Sempre acho um erro quando as autoras não usam de simbiose (um relação sem perdas) e acabam escolhendo uma parasitagem (onde só há ganha para uma das partes). E nesse livro vemos bem o equilíbrio entre ambas as partes e me deixou muito satisfeita.

E também pude perceber o crescimento profissional da Jennifer. Sua escrita ganhou sustância, tornando fácil ser acariciada por um tema que traz à tona o melhor de cada pessoa.

Anúncios

Um comentário em “[Resenha] Ser feliz é assim, de Jennifer E. Smith – @galerarecord

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s