Once upon a book...

[Once upon a book] Mulheres, de Carol Rossetti – @editoraarqueiro

Olá, tudo bem?

Mais um Once upon a book saindo… 🙂

Bem, na verdade fiquei meio que em dúvida se o colocaria na categoria resenha ou Once upon a book mesmo por se tratar de um livro um pouco diferente…

Nele não há uma história, e sim várias. Mas não são contos em um único livro não, e sim relatos reais, “retratos de respeito, amor-próprio, direitos e dignidade”.


Na minha opinião, esse é aquele livro que todos deveriam ler. Sejam mulheres ou homens. Porque respeito deve vir de todos os lados, independente do gênero.

Sabe quando você quis muito vestir uma roupa, mas ficou encucada com o que os outros iriam pensar? E quando quis cortar o cabelo bem curtinho pelo simples fato de achar lindo e se preocupou com o que os outros pensariam de você? Pois bem, esse livro é sobre isso. Sobre você abrir as algemas da apreensão, parar de se preocupar com o que os outros pensam sobre você e usar o que bem entender, fazer o que bem quiser. Afinal, você só deve satisfação a você mesmo!

Eu tive a oportunidade de participar de um evento para blogueiros que a Arqueiro proporcionou na Bienal e a Carol estava lá. Aliás, ganhamos um exemplar de Mulheres e ela foi extremamente simpática com todos. 🙂

Eu já conhecia o trabalho da autora fazia um tempinho e até curto a página dela no Facebook. Com ilustrações e pequenas frases, Carol exprime sobre preconceitos, tabus e padrões que a nossa sociedade impõe com relação a tudo: como ter o corpo perfeito, a roupa que devemos vestir, o desrespeito para com as mulheres, etc.

Várias vezes recebi mensagens de homens dizendo que aprenderam muito com meu trabalho. Alguns chegaram a dizer que foi através da minha página que perceberam que já tinham sido desrespeitosos com mulheres e que não cometeriam novamente o mesmo erro. – Carol Rossetti

Em 2014, ela, que já era ilustradora, começou a desenhar mulheres para testar seus lápis de cor, e adaptando frases que ouvia, ela espalhou através do Facebook a mensagem de que a mulher é forte e merece respeito acima de tudo. Agora essas mensagens ganharam as páginas de um livro e tiveram seus direitos vendidos para os Estados Unidos, Espanha e México. UAU! 😀

Muitas vezes, acabamos preocupadas com o que vamos “passar” para a sociedade e evitamos fazer certos tipos de coisas, pelo simples medo de parecer diferente da maioria. Mas chega uma hora que acabamos virando um robô e vivendo a vida que nos impõem.

Eu sempre fui louca pra ter cabelos curtos. Sempre achei lindo e feminino. Ficava namorando aquelas revistas de cortes toda vez que ia ao salão de cabeleireiro e a minha vontade era de dizer: corta tudo!

Mas eu sempre ficava com receio do que os outros iriam pensar. Toda vez que eu comentava que queria cortar, sempre tinha um pra dizer: “seu rosto vai ficar muito redondo”, “mas você é gordinha, vai realçar ainda mais seu corpo”, “ixi, com essa calça, camiseta e tênis, vão achar que virou sapatão”, “mas seu cabelo é tão bonito assim”…

Até que um dia, eu soltei um dane-se bem grande, entrei no salão e mandei cortar!
E não é que ficou lindo! Na minha opinião, claro!

Cheguei em casa, rindo à toa, feliz com meu novo corte e fui tão bem recebida pelas pessoas que realmente se importavam comigo, que me senti orgulhosa da decisão, A partir desse dia eu nunca mais deixei crescer. E lá se vão 5 anos de cabelo curto! Resolvi que ninguém mais ia mandar no meu cabelo a não ser eu mesma!

Confesso que ainda me preocupo com a avaliação dos outros, infelizmente, mas após ler o livro, comecei a pensar mais em mim e não neles.

Deixem falar, o que importa é o que VOCÊ pensa!

Um livro lindo, que retrata o que a mulher deve ser de verdade!

Como disse logo acima, todos deveriam ler, para quem sabe assim começarmos a ter mais respeito uns pelos outros. 😉

Para conhecer mais da Carol e suas ilustrações, acesse o site dela ou seu Facebook.

Conheça a capa e sinopse:

Mulheres, Carol RossettiEm 2014, a ilustradora Carol Rossetti começou a desenhar mulheres diversas para testar seus lápis de cor. Nunca poderia imaginar que suas criações despretensiosas ganhariam o mundo e iriam viralizar na internet a ponto de se tornarem matéria na CNN.

Com um traço característico e frases inspiradoras, Carol quebrou tabus e espalhou uma mensagem que ecoou em mulheres do mundo todo: somos fortes, merecedoras de respeito e especiais do jeito que somos, independentemente de opiniões e julgamentos alheios.

Agora, essa mensagem ganha o formato de livro e inclui textos sobre os temas centrais abordados em suas ilustrações, como corpo, estilo, identidade, relacionamentos e superação.

Para adquirir o livro, clique aqui: Amazon e Buscapé

Beijos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s