Capas

[Capa] Um romance grego, de Yvette Manessis Corporon – @editorarocco

O selo Fábrica 231, lança Um romance grego, de Yvette Manessis Corporon. O livro já está disponível para compra.

Um romance grego conduz os leitores por diversas histórias simultaneamente, mesclando as lembranças dos verões passados por Daphne na Grécia, a vida da protagonista na América, a volta à ilha para o casamento e as memórias de Yia-yia da época da Segunda Guerra Mundial.

Capa do livro 1

Um romance grego, de Yvette Manessis Corporon

Sinopse 1A encantadora ilha grega de Erikousa é o cenário de Um romance grego. Era no lugarejo que Daphne costumava passar todas as férias na infância e na adolescência. Agora, adulta, viúva e prestes a se casar novamente, a renomada chef retorna à ilha. Ela reencontra Yia-yia, a avó com quem dividiu os melhores verões de sua vida. Acompanhada da filha Evie e da prima Popi, que mora na ilha vizinha, Daphne aos poucos deixa para trás a atribulada rotina de Nova York e entrega-se à vida tranquila de Erikousa e às velhas histórias de família.

Daphne nasceu e cresceu nos Estados Unidos, para onde os pais mudaram-se para tentar uma vida melhor. Mesmo morando na América, eram gregos os hábitos e costumes mantidos tanto em casa quanto na lanchonete dos pais. Quando se envolveu com o americano Alex, Daphne sentiu como se os pais tivessem reunido toda a ira dos deuses da terra de seus ancestrais. Apesar das ameaças, ela não abriu mão do relacionamento e ganhou os pais pelo cansaço – e pela dedicação de Alex, que aprendeu o idioma e tudo que conseguiu sobre a cultura grega.

Isto tudo, porém, fazia parte do passado. Tanto os pais quanto Alex estavam mortos. Daphne estava em Erikousa para se casar novamente, desta vez com Stephen. Ele havia insistido para que o casamento fosse realizado em Nova York, com tudo que tinham direito, mas Daphne quis que a avó estivesse presente e isso só seria possível se o casamento fosse realizado na ilha. Como se tivesse se livrado da vida sonâmbula que leva em Nova York, Daphne volta a sentir graça nas coisas simples da vida, como os almoços preparados pela avó e servidos sob a oliveira no pátio de casa.

A leveza da rotina de férias só é interrompida quando a protagonista encontra o novo morador de Erikousa, Yianni, um pescador quarentão, cheio de mistérios e que demonstra ter sua avó como melhor amiga e conselheira. Em segundos ele consegue deixar Daphne furiosa com seus comentários. Ela não consegue entender por que a avó gosta tanto de um sujeito tão grosseiro. Ironicamente, é justamente Yianni que vai revelar a Daphne o único segredo que a avó nunca lhe contou.

Adoro esse estilo de capas. ♥

Para comprar o livro: Amazon / Saraiva

Beijos!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s