Resenha

[Resenha] Os príncipes encantados também viram sapos, de Megan Maxwell – @Suma_Br

Aloha!

Hoje tem resenha sim. Já adianto que durante a leitura estive na ponte aérea entre Havaí e NY (que chato, não?!) 😉

Estou amando o fato de que minhas escolhas pela Suma de Letras sejam tão divertidas.

Lilo abraço

Capa do livro 1

A1Y2UZ22f0L._SL1500_

Sinopse 1

Kate e Sam se conheceram muito jovens, durante férias de verão na Califórnia, e se apaixonaram à primeira vista. O amor entre eles supera o tempo e a distância e, ao terminarem a faculdade, ele a pede em casamento.
Os anos se passam e o casal parece ter construído a vida perfeita: eles têm uma carreira de sucesso, duas filhas lindas e ainda são apaixonados. Sam, que cresceu em um orfanato, conseguiu com Kate tudo o que sempre quis: uma grande família.
Até que um telefonema muda tudo…

Megan Maxwell, autora da série best-seller Peça-me o que quiser, conta uma história sobre amor, infidelidade e segundas chances.
Um conto de fadas moderno e apaixonante que tem como cenário as ilhas paradisíacas do Havaí.

“Megan Maxwell é exatamente como se apresenta para as leitoras: cordial, espontânea e sincera.” — El Periódico de Catalunya

Resenha 1Confesso que comecei a leitura com receio e certa expectativa, afinal em minhas mãos estava um livro da Megan Maxwell, e especificamente esse, que apesar de uma alta pontuação no Goodreads e no Skoob, sua versão em espanhol, classificada como chick lit, Los príncipes azules tambíen destiñen, foi bastante criticada. Sinceramente, não vi motivo pra tanto. A Megan já se mostrou uma boa autora também na escrita contemporânea, já que faz bastante sucesso lá fora com os romances de época.

Os príncipes encantados também viram sapos narra à história do casal Kate e Sam. Ela, norte-americana, ele polinésio, se conheceram durante os anos da faculdade e se apaixonaram.

Hibisco

LiloO início do romance é passado no Havaí. Podemos identificar uma grande pesquisa de campo para descrever detalhes sobre a ilha e suas proximidades. São ricas informações sobre as paisagens, o turismo, as comidas típicas e é claro sobre a cultura. Teve horas em que queria está junto com eles dançando a hula. Mas foi quando eles contemplavam o mar que realmente me deu vontade de mudar de ares. Só de pensar em passar as férias no frio que faz aqui no Brasil. Brrrrrrrr…

Com o término do curso, Kate e sua amiga Shalma têm que voltar aos BluEUA. Será que a relação entre ela e Sam seria apenas um amor de verão? Qual não é a surpresa, após sua volta, se deparar com Sam e Michael (seu amigo/irmão/companheiro de todos os momentos), em Nova York e pra ficar. Eles se casam, têm duas filhas e compartilham a casa com a mãe, Serena e a irmã, Terry. As reuniões desse clã são super divertidas. Em alguns trechos, os personagens secundários querem tomar a história pra si. Como na relação não resolvida entre Michael e Terry, que foi chamada em algum lugar que li como ‘A Terryvel’ (aqui está o devido crédito). Ela faz jus a esse apelido e esse casal também me rendeu algumas gargalhadas; ou como nas aventuras de Ollie, filha mais nova de Sam e Kate, de quem herdou valiosas características em sua personalidade, dando doçura e jovialidade ao livro. Me senti adolescente novamente com suas travessuras. 😀

Em todas as leituras dos contos de fadas que fiz, não lembro de nenhuma que mostre a vida após o The End. Acredito que uma grande parte das críticas foi relacionada ao fato de a trama tanto se aproximar da realidade. A ousadia da autora quanto ao assunto, que “estoura” a bolha em que viviam, nos faz refletir que o amor não é vulnerável, mas os portadores desse sentimento são. Ainda nos levar a questionar se os erros devem ser medidos ao ponto de escolhermos quais, através do seu peso, devem ser perdoados ou não. E que o resultado disso pode atingir proporções que jamais imaginávamos.

Concha

Lembro que lia no ônibus quando descobri o motivo que levou a separação de Sam e Kate, a tal ligação. E que sem perceber expressei em voz alta como me senti. Ainda bem que só ganhei olhares tortos. Nesse momento, realmente me senti no Havaí, mas diante de uma onda de 3 metros. Nesse ponto o livro começa a mexer com as suas emoções. E você reage conforme o sentimento de cada personagem. A situação abalou a todos.

Praia 1

A forma utilizada pela Megan para o desfecho da história também é bastante interessante e traz um novo misto de sensações. Cada personagem tem a sua parcela de participação rumo ao definitivo felizes para sempre. Com destaque para Serena, que além de mostrar ser uma mãezona, ainda é uma vovó super prestativa, que não se nega a participar da aventura de sua neta Ollie, que tem apenas um objetivo: voltarem a ser a grande família que eram, nem que para isso seja necessário mexer ainda mais com os sentimentos, ou até mesmo, agregar novos componentes ao grupo.      

Os príncipes encantados também viram sapos é um livro que fala sobre relações, seja entre o casal, a família, pais e filhos e até com os amigos. Também entre você e si mesmo. Ou ainda entre o seu passado, seu presente e seu futuro. Te leva a querer lutar por aquilo que você quer e  te faz perceber que às vezes, segundas chances realmente são necessárias.

Gostou? 😀

Muitos beijos! ❤ ❤

Clique aqui e adquira já o seu. 😉

Lilo dançando hula

sobre o autor 1

Megan Maxwell

 

 

Megan Maxwell é uma reconhecida escritora do gênero romântico na Espanha. De mãe espanhola e pai americano, publicou vários romances, além de contos e relatos em antologias coletivas. Em 2010 ganhou o Premio Internacional de Novela Romántica Villa de Seseña e em 2010 e 2011 recebeu o Premio Dama de Clubromantica.com. Vive num vilarejo perto de Madri na companhia do marido, de seus filhos, seu cachorro, Drako, e seu gato, Romeo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s