Book Tour · Resenha

[Resenha] Less than perfect de Dylan Scott

To read this post in English, click here.

Oi, gente!

Hoje é dia do lançamento do livro Less than perfect da autora Dylan Scott, nos EUA, e o EBTB está participando da blitz de lançamento! \o/

Vocês devem lembrar que fizemos o lançamento da capa do livro, na semana passada. Agora, vamos conhecer um pouquinho mais sobre o livro intrigante de Dylan Scott e conferir a nossa opinião sobre ele? 🙂

4cc1c-lessthanperfect_releasebanner

capa do livro Less Than Perfect_Cover SinopseJack Grant sabia exatamente o que ele queria. Uma mulher de negócios de sucesso, com pouco tempo ou sem paciência para namorar, que seja membro da Perfect Events que se adeque ao seu estilo de vida.

Trinta e dois critérios são cuidadosamente selecionados para assegurar que suas candidatas fossem páreo para o seu gosto muito particular. A cor do cabelo, altura, peso, educação, todos os detalhes eram levantados sobre cada uma daquelas que são meticulosamente selecionadas. Ele já havia dormido com algumas das mais lindas mulheres do mundo, desde que se tornou membro daquele clube de relacionamento de elite.

Todos os seus desejos foram atendidos.

No entanto, nenhuma das suas necessidades foi realmente satisfeita.

Ele tinha se apaixonado uma vez, há nove anos. E uma vez foi mais que o suficiente. Aderir a um serviço de namoro organizado era a solução perfeita para ele. E funcionou. Até que um dia ele abriu uma porta, uma que ele nunca havia planejado. A que levava ao seu coração.

Esta novela é parte I de uma série de três partes.

resenha

Se eu tivesse que escolher uma palavra para descrever Less than Perfect, com certeza seria intrigante. Peguei o livro achando que seria mais um romance hot, com cenas pra lá de hot e a mesma fórmula mocinho ferido + mocinha irresistível = casal bombástico, mas me enganei redondamente.

Primeiro, preciso dizer que essa é a parte um de três. Ou seja, quando chega no final do livro a gente tem um mini ataque cardíaco, porque o livro acaba NAQUELE momento que jamais poderia acabar! 😀

Bom, mas vamos à história: Jake é um homem “daqueles”. Sexy, bonito, muito competente e bem sucedido, Jake tem o mundo aos seus pés. Um apartamento luxuoso, carro com motorista, usa ternos de mais de três mil dólares e tudo que o dinheiro pode comprar. Ele é o que poderíamos considerar um bom partido, se não fosse uma decepção do passado, em que ele entregou seu coração a uma mulher e se decepcionou profundamente. A autora não conta efetivamente os problemas do passado de Jake, mas vamos, pouco a pouco, encaixando as peças desse quebra cabeça.

Obviamente, apesar de não querer se envolver em um relacionamento de verdade, Jake tem necessidades. Ele quer encontrar uma mulher que atenda a seus requisitos e utiliza os serviços de uma espécie de agência de relacionamentos para encontrá-la. Ele é extremamente exigente e meticuloso e estabelece trinta e dois requisitos, que vão desde a cor do cabelo até o fato de que a mulher tem que ter visitado, pelo menos, 3 continentes para poder se relacionar com ela. :O

Mas Jake não quer amor ou compromisso. Ele quer apenas um relacionamento sexual, alguém que satisfaça os seus desejos. E como ele é extremamente exigente e não consegue ficar satisfeito com nenhuma das candidatas da agência que contratou, ele passa a ser atendido por Liv Daniels, a misteriosa dona da agência.

Ele não a conhece, não sabe como ela é fisicamente, nem como é a sua voz. Eles se comunicam por mensagens de texto e e-mails, o que acaba despertando a curiosidade e uma certa fantasia na cabeça de Jake a respeito da mulher.

Após inúmeras tentativas de encontrar a “mulher ideal”, Liv propõe a ele enviar uma mulher completamente diferente dos seus requisitos e ele acaba entrando com Miranda, um tipo de mulher completamente diferente do que ele está acostumado a ver. Eles passam quatro horas juntos, num restaurante, conversando sobre os mais diversos assuntos e, pela primeira vez, ele não a convida para irem para a cama, mas não resiste a um beijo que o faz perceber que aquela mulher pode balançar suas estruturas e fazê-lo querer algo mais.

A partir daí, Jake se vê numa situação que foge completamente do seu controle. Em pouco tempo ele descobre que baixar a guarda o faz perder o controle de tudo e que no fim das contas, nada é o que parece ser.

Dylan Scott nos faz viajar na história de Jake, nos deixando sedentas por descobrir ainda mais sobre esse personagem sedutor, ainda que se mostre um cafajeste de primeira. O livro não tem cenas descritivas de sexo. Você sabe o que está acontecendo, mas não posso considerá-lo erótico. É sedutor, sensual e muito intrigante. Destaque para o relacionamento de Jake com Alexia, sua melhor amiga de infância, que provoca sentimentos contraditórios nele, que eu acredito que serão mais explorados nos próximos dois livros.

E apesar de desconfiar o papel real de Liv no decorrer da leitura, o final me deixou de boca aberta, não querendo acreditar que aquilo estava acontecendo! :O

Leitura rápida (cerca de 80 paginas no ebook em inglês), fluida e impossível de largar. Li o livro em menos de duas horas e agora estou aqui, com gosto de quero muito mais! Eu já tinha amado o Left Behind, livro que ela escreveu em parceria com a Vi Keeland e que será publicado pela Editora Charme aqui no Brasil,

LessthanPerfect_ReleaseTeaser1

Eu não sonho sobre sexo, Liv. Eu faço sexo. Sempre que eu quero. E você, sonha sobre o que?

Sobre o autor

Dylan Scott é uma advogada nova iorquina, esposa e mãe de quatro filhos. Ela acredita que seu trabalho como advogada é uma subcategoria para o campo do entretenimento mais do que para a justiça, em si.

Com um diploma de bacharel em Literatura Inglesa, ela acreditava que ensinar era a carreira destinada a ela, até perceber que seu talento em “argumentação” poderia realmente ser seu emprego.

Uma recente e muito chata crise de meia-idade trouxe um breve período como professora de colegial, o que confirmou que ela não estava pronta para desistir da lei. Dylan também tem ministrado cursos jurídicos em faculdades e trabalhou como mentora e coaching de menores em situações de risco. Ela é co-autora de Vi Keeland e sua maior fã.

Facebook | Goodreads

Para comprar Less than perfect: Amazon Amazon CA Amazon UK Amazon AU B&N Kobo

A parte dois tem previsão de lançamento em cinco de março, que é o mês de inúmeros lançamentos. Chega o Natal, mas março não chega nunca, viu? :/

Beijoos!

*Esse post foi traduzido pelo Blog Everything But the Books, autorizado pela organizadora do Cover Reveal da autora. Caso deseje compartilhar a notícia em seu blog, por favor, não deixe de dar os devidos créditos ao blog. 

Respeite o direito intelectual dos nossos autores!

Para saber mais sobre o Creative Commons e as permissões da nossa licença clique na imagem.

Licença Creative Commons

Anúncios

Um comentário em “[Resenha] Less than perfect de Dylan Scott

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s