Resenha

[Resenha] Duas Vezes Amor, Katie Cotugno

Livro: Duas Vezes Amor

Autora: Katie Cotugno

Editora: Rocco

Goodreads: 3.8 de 5.0

DUAS_VEZES_AMOR_1399901960P

Sinopse:

É possível se apaixonar duas vezes pela mesma pessoa? Em Duas Vezes Amor, elogiado romance de estreia da norte-americana Katie Cotugno, a jovem Reena descobre que sim. Aos 16 anos, ela vê seus sonhos interrompidos por uma inesperada gravidez, ao mesmo tempo em que enfrenta a ausência da mãe, que morreu quando Reena era criança, a indiferença do pai e o sumiço do namorado, Sawyer. Mas quando ele retorna à cidade, dois anos depois, e fica sabendo que é pai de uma menina, Reena tem a chance de tentar entender o que levou o garoto a desaparecer. E desse reencontro, os dois descobrem o amor pela segunda vez.

Essa resenha contém drama, conflitos, amizade, perdão e as idas e vindas do amor, se você não gosta, por que não dá uma segunda chance?

Apesar do título esse não é um daqueles livros que se cogita a comprá-lo pela capa. E com uma sinopse dessa… não sabia o que esperar dele. Ou melhor, pode me chamar de sua romântica, mas amo livros que falam sobre a construção do amor no relacionamento.

A trama foi muito bem abordada pela Katie. Fiz muitos questionamentos ao longo do mesmo. Podemos enxergar os conflitos que podem influenciar toda uma vida. Só não gostei de algumas músicas da playlist.

A narrativa é feita pela Reena Montero, que conta a trajetória do antes e do depois que o amor chegou em sua vida. Depois? Quer dizer, não sei se uma vez que o amor chega na vida de alguém ele é capaz de ir embora. Mas, o caminho que ele percorre pode ser num terreno íngreme.

10407330_527941357327687_861623116943908624_n

Mesmo sendo bem jovem, se vê muitas vezes nas voltas que a vida dá, e a forma como consegue passar por isso, demonstra o quanto amadureceu. É uma garota, que alguns considerariam tímida, mas ela mesmo responderia que simplesmente não sabe ser social.

Sabe aquele carinha que você gostou desde sempre? Isso também aconteceu com a Reena. Ela conhece o Sawyer LeGrande desde pequenos, e não teve sentimentos por outro desde então. Ao crescer eles não acompanharam aquela velha historia dos amigos de infância, e não por ele ser um pouco mais velho, segundo ela, ele mal a notava, mas isso nunca influenciou a sua paixão. Ao ponto de ser sempre o alvo de suas conversas com sua melhor amiga Allie, e gravar todos os atributos do rapaz com memória fotográfica.

Mas a Reena não é só suspiros. Também é bastante estudiosa e organizada. Seus planos para o futuro são bem sólidos. E ela começa a receber os louros quando recebe a oportunidade de adiantar todo o processo. Quantas vezes recebemos essa mão de cartas da vida? Precisaríamos pensar duas vezes para agarrá-la?

Sawyer LeGrande é o seu oposto, mas não o consideraria um bad boy, ele só não tem o mesmo pulso para lidar com o acontece como Reena. No início, você até perde um pouco da simpatia por ele, a forma como ele é retratado no antes, te fará querer bater nele no decorrer dos capítulos. A paixão dela pode até tentar adoçar um pouco nossos sentimentos, mas só no depois, vamos compreender, quando finalmente ele decide tomar uma decisão, deixa um rastro de dor que atinge a muitos e demorará a ser curado.

“Não sabia o que havia de errado comigo, mas se continuasse olhando para ele, temia perder a calma por completo diante daquele garoto que eu queria tanto havia tanto tempo que querê-lo estava embutido em mim, fazia parte do meu corpo, parte de meus ossos, de forma que agora,mesmo quando o tinha, não conseguia parar de esperar que desse errado”.

tumblr_mt2ua1O5Ti1sygaxwo1_500

E sabe aquelas cartas recebidas anteriormente? É melhor não mostrá-las agora, sabe como é a vida, né? Apesar de ter conhecimento no assunto, já que Reena e Allie tem uma forma peculiar de jogar. Então algo acontece para mudar a dinâmica do jogo da vida de Reena.

A trama se desenvolve e vocês tomará conhecimento dos outros personagens, e com certeza não passarão despercebidos como: Sol, a madrasta boazinha, Lydia, a madrinha bruxa, Shelby, uma nova melhor amiga e Aaron (gêmeo de Shelby), uma chance? e finalmente Hannah, seu mais novo amor. Reena se verá só em meio a multidão, mas é a amizade e o companheirismo que a ajudará a seguir a vida.

Hannah é o motivo para a vida de Reena voltar aos trilhos, é o remédio para aliviar a dor e para Sawyer é o resgate, é o novo é a oportunidade de ser amado mais uma vez.

Essa é uma história de amor, mas não é um amor suave, é de amor avassalador. Você se verá prendendo a respiração sem perceber. Mas acima de tudo, verá o outro lado do perdão e saberá que o amor continua derrubando barreiras.

tumblr_ls0eckHgrv1qjeka4o1_500

Confira um trecho.

Saraiva 

 

Anúncios

Um comentário em “[Resenha] Duas Vezes Amor, Katie Cotugno

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s