Resenha

[Resenha] Mar de Rosas, Nora Roberts

Livro: Mar de Rosas

Autora: Nora Roberts

Editora: Arqueiro

Skoob: 4.4 de 5.0

 

capa de livro

 

mar de rosas

Ei pessoal, pausa para contemplar a linda capa.

Gif Merida

 

Merece destaque na prateleira. Parabéns à galera da Arqueiro! 😉

Voltando…

Quem acompanha o blog sabe que minha primeira resenha foi sobre essa série, Quarteto de Noivas, com o primeiro livro, Álbum de Casamento, que você pode conferir aqui. Esse foi o primeiro que li de Nora e, como disse no texto, estava um pouco receosa quanto a não gostar, já que achava que não se encaixava em meu perfil literário. O que estava completamente enganada. Nora Roberts virou minha Diva e essa série, meu xodozinho.

Odeio puxa-saco, mas tenho que admitir que quando se trata dessa autora é quase impossível não ser. A mulher é um arraso, vamos combinar, né? Não é a toa que é uma das mais famosas no meio literário. Ela te faz querer devorar os livros e a leitura é tão gostosa, com uma pitada de humor, que quando você percebe, já acabou.

E em Mar de rosas não é diferente. O livro é super delicado. É, eu sei, já disse isso quanto ao primeiro, mas não é falta de criatividade não, quem já leu pode confirmar isso.

Ele é o segundo livro da série e conta a história de Emmaline, amiga de infância de Mac, que se juntou a mais 3 e fundou a Votos, agência de matrimônio, lembram?
Apaixonada por flores, Emma se tornou a responsável pelos arranjos das festas de casamento produzidas pelo quarteto, além do tão sonhado buquê, seguindo características próprias para cada noiva. Seus arranjos mostram um pouco de sua personalidade romântica, que sonha em um dia se casar e ser feliz para sempre.
Emma é uma mulher atraente, que sempre soube agir com naturalidade quanto a seus relacionamentos. Ela tem uma quedinha por Jack, amigo de Del, (irmão de Park, uma das sócias) mas nunca deixou que isso a influenciasse de alguma forma.
Jack é um arquiteto popular e charmoso, e é o “quebra-galho” das meninas quando precisam de ajuda nos eventos. Ele tem um carinho muito grande por todas, mas principalmente por Emma. Cresceu em um ambiente diferente, com pais separados e aprendeu a ser avesso a relacionamentos.
Jack e Emma se conhecem há 10 nos e, embora sentissem que algo diferente surgira entre os dois, nunca permitiram que isso interferisse na relação de amizade deles. Após um encontro inesperado e um beijo trocado, os dois não conseguem mais segurar a atração que sentem um pelo outro e resolvem ceder à tentação e ficar juntos, depois de jurarem que isso nunca interferiria na amizade dos dois e dos demais amigos.

Emma é a primeira a descobrir que a convivência entre dois tornou impossível esconder a paixão avassaladora que sente por Jack, que ainda não consegue entender o verdadeiro significado disso. Mas como qualquer relacionamento, existe a dúvida se realmente vale a pena levá-lo adiante e deixar de lado somente a amizade.

O que é mais gostoso nos livros de Nora é que você acompanha os conflitos e incertezas dos personagens e o ponto de vista de cada um, não somente do casal, mas dos amigos também. A interação entre eles, o carinho, a preocupação…

Uma outra coisa muito interessante é a continuação da história de Mac e Carter, que estão a todo o vapor com os preparativos do casamento e estão mais apaixonados do que nunca. Em algumas partes, parece que voltamos no tempo e estamos lendo o primeiro livro. E claro, Carter continua… sendo fofo. Own! ❤

 

Mac a viu e ergueu a xícara com a maior naturalidade.

– Olá!

– Desculpe.

– Está sem café novamente?

– Não, é que eu…

– Tem de sobra aqui – disse Carter. – Fiz uma garrafa cheia.

Emma lançou-lhe um olhar tristonho.

– Não sei por que vai se casar com ela e não comigo.

Carter deu de ombros, embora tenha ficado com as pontas das orelhas rosadas.

– Bom, talvez se as coisas não derem certo…

– Ele se acha um fofo – interrompeu Mac, secamente. – E a desgraça é que é mesmo. – Inclinou-se para a frente e o puxou pela gravata.

O beijo foi leve e doce aos olhos de Emma. O tipo de beijo matinal entre amantes que sabem que têm todo o tempo de mundo para beijos mais intensos, mais quentes.

Sentiu uma inveja horrível daquela leveza e doçura.

– Vá para a escola, professor. Vá iluminar as mentes jovens.

– Essa é a ideia – retrucou ele, pegando sua pasta e passando a mão no reluzente cabelo de Mac. – Vejo você mais tarde. Tchau, Emma.

– Tchau.

Ele abriu a porta, virou-se e deu com o ombro no batente.

– Merda – murmurou ele, fechando a porta atrás de si.

 

Ah, e o que dizer da governanta, Sra. G? Ela é um caso à parte. Não apareceu no livro 1, pois estava de férias, mas vem com tudo nesse, interagindo bastante e arrancando algumas risadas com seu jeito.

 

– Ele beija excepcionalmente bem.

– É mesmo. Ele… Como é que você sabe?

Parker se limitou a dar um sorriso, e Emma ficou boquiaberta.

– Você? Você e Jack? Quando? Como?

– Que coisa mais desagradável – murmurou Mac –, essa história de outra das minhas melhores amigas se envolver com meu ex imaginário…

– Foram dois beijos, no meu primeiro ano em Yale, depois que nos encontramos por acaso numa festa (…)

– Tenho certeza disso. E você, Laurel? Teve alguma coisa com Jack que queira nos contar?

– Sinto-me muito aborrecida e rejeitada por ter que confessar que não. Não tivemos nem mesmo algo imaginário. Ele podia ao menos ter me paquerado uma vezinha só nesses anos todos. Que safado! E você, Sra. G?

– Deu-me beijos muito bons sob o visgo em alguns Natais. Mas como não sou dessas que deixam o sujeito se apaixonar e o abandonam, eu o liberei logo para não partir seu coração.

 

Além do mais, as meninas estão mais unidas do que nunca. Ah, e os homens de Nora? Que que essa mulher tem com homens fofos? Não consigo me decidir qual é o melhor. No primeiro, caí de amores por Carter e agora estou em lua-de-mel com Jack. Perfeito! ❤

 

gif rapunzel

Se você já é uma Noraholic, não há motivo nenhum para que ainda não tenha lido o livro. Largue tudo que esteja fazendo e corra para ler (tá, tudo bem, espera acabar o horário do expediente). E se você ainda não leu nada de Nora, convido você a dar uma chance a essa autora e se encantar pelos livros tanto quanto eu.

 

Até porque…

Nora - Poser

Ainda bem que eu já não me encaixo nesse perfil, hihihihi

Onde comprar: Saraiva

 

Aguardando ansiosamente pela história de Laurel e Del. ❤

Beijos!

 

 

Anúncios

Um comentário em “[Resenha] Mar de Rosas, Nora Roberts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s